Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Personagens da Disney que foram inspirados em pessoas reais

5-16
76k

Ao longo de sua história, a Disney exibiu tramas de muito sucesso, incluindo aquelas que nos acompanham desde a infância. Muitos de seus personagens conquistaram legiões de fãs, sendo sempre relembrados com muito carinho pelo público. Isso ninguém nega. Talvez o que você não saiba é que muitas das figuras retratadas em animações da Disney foram inspiradas em pessoas de carne e osso, entre elas até algumas celebridades.

Neste post, o Incrível.club compartilha com você uma seleção de icônicos personagens da Disney que foram inspirados em gente de verdade, comparando-os com os humanos que serviram de base para a criação deles.

1. Os quatro abutres — Os Beatles

Em 1967, durante a produção de Mogli — O Menino Lobo, versão animada adaptada de O Livro da Selva, Disney e os responsáveis pelo filme criaram um cameo muito criativo dos Beatles, que já era uma das bandas mais importantes do momento à época.

John Lennon, Paul McCartney, George HarrisonRingo Starr ficariam responsáveis por dublar os quatro abutres, que exibiriam penteados curiosos e cantariam a música That’s What Friends Are For. Porém, apesar de os animais terem sido inspirados na banda, isso não foi suficiente para que os planos saíssem conforme o combinado.

Em tese, Lennon preferiu não aparecer no filme, dizendo ao agente da banda, Brian Epstein, que ele deveria sugerir à Disney a contratação de Elvis Presley. Por conta da decisão, a versão final do longa mostra os abutres com um sotaque bem parecido com o das pessoas de Liverpool, mas com as vozes de J. Pat O’Malley, Digby Wolfe, Lord Tim HudsonChad Stuart.

2. Malévola — Eleanor Audley

Eleanor Audley não apenas emprestou sua voz para a personagem Malévola em A Bela Adormecida, mas também foi escolhida pela Disney para interpretar e filmar as cenas que ajudariam os animadores a desenvolver o personagem fictício. Isso quer dizer que os movimentos e as expressões faciais de Malévola foram inspirados nos da atriz.

Como se fosse pouco, Eleanor serviu ainda de inspiração para criar a animação da Lady Tremaine, a famosa e malvada madrastra de Cinderela.

3. Jessica Rabbit — Rita Hayworth

O personagem fictício de Uma Cilada para Roger Rabbit virou um ícone após aparecer no filme, em boa parte graças ao seu ar extremamente sensual. E ela não foi criada assim por acaso, já que foi inspirada na belíssima Rita Hayworth.

Na hora de desenvolver Jessica, o escritor Gary K. Wolf se baseou no personagem do curta-metragem animado Red Hot Riding Hood, criado por Tex Avery. Para o filme, contudo, Jessica Rabbit foi inspirada em várias atrizes, principalmente em Rita. Richard Williams, diretor da obra, contou que o objetivo era fazer o personagem muito parecido com Rita Hayworth, mas com o cabelo de Veronica Lake.

4. Chapeleiro Maluco — Ed Wynn

Chapeleiro Maluco é um dos personagens mais importantes de Alice no País das Maravilhas. Na animação, os produtores se inspiraram nos gestos, na aparência e personalidade de Ed Wynn, ator que ficou encarregado ainda de dar voz ao personagem. Assim, ele serviu de modelo para que os animadores conseguissem desenvolver o Chapeleiro.

5. Edna Moda — Linda Hunt

Há fortes indícios de que a história de Edna, personagem de Os Incríveis, foi baseada principalmente na estilista Edith Head. Contudo, Edna Moda é fisicamente muito parecida com a atriz Linda Hunt.

6. Gato Pilantra — Louis Armstrong

O Scat Cat (Gato Pilantra), de Aristogatos, foi originalmente escrito para Louis Armstrong, o renomado cantor e instrumentista de jazz. No começo, a ideia era que o artista dublasse o famoso felino, que iria se chamar Satchmo The Cat, na versão em inglês.

Porém, em decorrência de problemas de saúde, Armstrong não foi capaz de participar do projeto, o que levou os produtores a substituí-lo por Scatman Crothers. Assim, o personagem foi rebatizado como “Scat Cat”, ganhando uma nova canção para ser interpretada pelo ator escolhido.

7. Dr. Facilier — Michael Jackson

O Dr. Facilier, vilão da animação A Princesa e o Sapo, foi inspirado em Michael Jackson. A semelhança entre os dois não fica evidente apenas na silhueta esbelta e no figurino, mas também nas coreografias que o personagem executa durante o longa. As poses e os movimentos são os mesmos imortalizados pelo “rei do pop”.

8. Ariel — Alyssa Milano

Quando a equipe de criação da Disney estava criando o personagem de Ariel para A Pequena Sereia, eles pensaram em representar uma jovem bonita, doce e de mente moderna. Por isso, escolheram Alyssa Milano como inspiração.

Em uma entrevista, a atriz revelou que não tinha conhecimento da situação, ao menos não quando o personagem estava saindo do papel. Porém, algum tempo depois ela foi convidada para apresentar um documentário que mostrava bastidores da animação. Foi quando Alyssa descobriu a verdade. Os produtores do longa tinham usado fotos de sua adolescência para recriar a famosa sereia.

9. Úrsula — Divine

Harris Glenn Milstead, mais conhecido como Divine, foi um grande ator e drag queen dos EUA. Foi ele, ou melhor, seu alter ego Divine, quem serviu de inspiração para a criação da malvada Úrsula, de A Pequena Sereia. Suas performances foram a fonte principal para os animadores na hora de traçar as características e o estilo extravagante da grande vilã.

10. Alice — Kathryn Beaumont

A protagonista de Alice no País das Maravilhas foi inspirada em Kathryn Beaumont, atriz que também deu voz à personagem. A menina, que tinha apenas 10 anos à época, serviu de modelo para que a Disney desenvolvesse a Alice da animação. Existem várias fotografias que mostram o trabalho da jovem, além de um vídeo em que é possível vê-la atuando e entrando na pele da protagonista da história.

11. Cruella de Vil — Tallulah Bankhead

A versão animada de Cruella de Vil apareceu pela primeira vez no filme 101 Dálmatas, de 1961. No longa, Betty Lou Gerson dublou a icônica personagem, enquanto Marc Davis ficou responsável pela animação. Porém, para criar Cruella do zero, a empresa e o animador se basearam na personalidade e nos trejeitos de Tallulah Bankhead.

12. Branca de Neve — Marge Champion

Marge Champion foi uma das bailarinas mais emblemáticas do século XX. Quando tinha apenas 14 anos, a jovem fez testes para o papel de Branca de Neve. Seu trabalho era recriar as cenas do personagem diante dos animadores, sem deixar de lado os movimentos delicados que se tornaram símbolo daquela princesa da ficção.

Um dos motivos pelos quais Marge conseguiu o papel foi a dedicação de seu pai. A jovem não apenas tinha grande talento para dançar e atuar, mas também se comportava como alguém da realeza. Ernest Belcher, o pai da garota, ensinou-a desde cedo a fazer reverências e a se comportar com muita delicadeza. Isso foi crucial para que ela fosse escolhida para o papel, pois seu gestual era exatamente o que os produtores procuravam para a Branca de Neve.

Qual dos personagens acima é seu predileto? Conhece outra história de ficção com figuras inspiradas em gente de carne e osso? Comente!

5-16
76k