Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

26 Mudanças no organismo humano que acontecem com todos nós

1-14
17k

A cada dia, ocorrem em nosso organismo mudanças que não são perceptíveis rapidamente: só percebemos com o passar dos anos ou até de décadas.

Mesmo que nos sintamos jovens e bem dispostos e não tenhamos qualquer tipo de dor, elas, as mudanças, vão ocorrendo silenciosamente.

Incrível.club incentiva seus leitores a cuidarem da saúde e acredita que é melhor prevenir antes que qualquer problema ocorra. Por isso, selecionamos uma lista de mudanças que ocorrem com nosso corpo a cada 10 anos e também alguns conselhos que o ajudarão a amenizar seus impactos.

1. Dos 20 aos 30 anos

Durante esse período, a maioria das pessoas sente mais energia e força, e não pensa no envelhecimento. No entanto, nessa idade, começam as mudanças imperceptíveis no organismo. Se você não presta atenção a elas aos 20 (ou aos 25), próximo dos 30, pode acabar se deparando com surpresas não muito agradáveis. Estas são as mudanças do corpo durante esse período:

  • os ossos deixam de crescer
  • o metabolismo fica mais lento
  • a produção de colágeno diminui
  • os sisos aparecem.

É claro que cada um sentirá as mudanças de cada uma maneira. Por exemplo, existem pessoas que têm os sisos desde os 16 anos e outras que nunca tiveram qualquer problema com eles. Porém, a maioria dos processos no organismo acontece em um mesmo período para muitos, e isso é o que é preciso considerar.

Conselho: mesmo que nos seus 20 anos o sobrepeso não seja uma preocupação, acostume-se a cuidar de sua alimentação; do contrário, aos 30 anos, os hábitos pouco saudáveis sobrarão seu preço em forma de uns quilos a mais. Mesmo que os produtos d colágeno nessa época não sejam necessários, tente consumir alimentos ricos nessa substância.

2. Dos 30 aos 40 anos

Aos 30 anos, algumas pessoas são confundidas com jovens de 25, e isso é bastante positivo. Porém, durante esse período, as mudanças no organismo se aceleram e se você não toma medidas necessárias, cada vez serão mais visíveis:

  • piora o tônus muscular
  • o volume do tecido muscular se reduz e começa a ser substituído por gordura
  • devido a uma menor atividade dos melanóticos, aparecem os famosos fios brancos;
  • diminui a quantidade de colágeno e elastina;

Conselho: para as pessoas que sempre foram magras sem esforço, é melhor que, nessa idade, comecem a praticar algum esporte. Os músculos rapidamente ficam flácidos e a forma física pode ganhar um aspecto frágil, devido à pouca atividade física. É muito importante cuidar da pele do rosto e evitar tomar sol de forma ativa, já que isso destrói as proteínas de colágeno e elastina.

3. Dos 40 aos 50 anos

Alguns cientistas acreditam que o pico do desenvolvimento do corpo humano acontece aos 38 anos. Depois dessa idade, começa o envelhecimento do organismo. As mudanças no organismo que surgem mais rápido são:

  • começa a dimminuir a quantidade de células nervosas
  • o organismo acumula mais ativamente o tecido gorduroso
  • a vista piora
  • os ossos e as articulações ficam mais frágeis
  • o nível de estrogênio das mulheres diminui e, muitas vezes, a pressão sanguínea sobe.

Conselho: é importante que, nessa idade, as pessoas realizem atividades físicas. Isso pode ajudar em um bom funcionamento do coração e a desacelerar a perda do tecido muscular. Se você não é acostumado a fazer esportes, é melhor começar com exercícios moderados: por exemplo, caminhada ou natação. Além disso, vale a pena começar a cuidar de sua pressão, já que, nesse período, aumenta significativamente o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

4. Dos 50 aos 60 anos

Aos 60 anos, o aspecto físico das pessoas muda consideravelmente. Nessa idade, nossa aparência não está influenciada pelos genes, mas principalmente pelo estilo de vida que levamos: hábitos de alimentação, atividades físicas, entre outros. Também é uma época em que todas as pessoas têm as mesmas mudanças, mas elas ocorrem em diferentes velocidades:

  • as células do cérebro e de outros órgãos são destruídas
  • aumenta o risco de desenvolvimento de doenças dos órgãos digestivos
  • as capacidades cognitivas diminuem
  • piora a memória;

Conselho: nessa idade, a maioria das mudanças está relacionada com o funcionamento do cérebro e, em primeiro lugar, é preciso prestar atenção nesse ponto. Aprenda novas técnicas, obtenha novas experiências, realize tarefas criativas e leia livros. Para essa época, muitas pessoa destacam dificuldades na concentração, aprendizagem e outras funções do cérebro; por isso, é preciso ingerir produtos e tomar medicamentos que melhorem o funcionamento.

5. Dos 60 aos 70 anos

A maioria das pessoas nota mais as mudanças físicas; no entanto, também há mudanças internas das quais poucos se dão conta:

  • piora o funcionamento dos neuroreceptores e as papilas gustativas. A percepção de odores começa a piorar, assim como a da temperatura
  • muda a voz (devido ao alongamento do tecido na laringe
  • piora o funcionamento do coração;
  • os ossos e os discos invertebrais ficam mais finos, de tal maneira que uma pessoa pode perder centímetros em sua estatura.

Conselho: nessa idade, é muito importante cuidar do estado de seu coração e dos vasos sanguíneos, manter uma dieta e ir com frequência ao médico. Para manter o tônus muscular e a resistência nos ossos, são necessárias as atividades físicas regulares, mas moderadas.

6. A partir dos 70

A partir dos 70 anos, as pessoas são consideradas idosas, mesmo que, na verdade, se sintam mais jovens apesar da idade que têm. Durante esse período, os processos de envelhecimento no corpo que ocorrem mais rapidamente são:

  • a massa muscular diminui bastante — uma pessoa se cansa mais rápido e tem mais dificuldades em realizar atividades físicas que anteriormente eram habituais
  • baixa a porcentagem do tecido adiposo subcutâneo
  • baixa a velocidade da regeneração dos tecidos — feridas na pele se curam de forma mais lenta
  • funções internas do organismo (respiração, digestão, entre outras) ficam mais lentas e ineficientes
  • piora a memória a curto prazo — as pessoas não lembram dos acontecimentos a curto prazo, em comparação com aqueles que ocorreram há vários dias ou anos

Conselho: a essa idade, uma pessoa deve se esforçar mais para manter-se em uma boa forma, trabalhando o cérebro (com leitura de livros, charadas e palavras cruzadas, por exemplo) e o corpo. É importante visitar o médico com frequência e tomar todos os medicamentos prescritos.

As mudanças no organismo são processos que não se pode ignorar, mas sim amenizar. A prova disso são alguns aposentados modernos capazes de correr uma maratona aos 70 anos ou aprender uma nova profissão aos 80. Fazer coisas incríveis como essas depende, em grande medida, de manter o corpo e a mente ativos.

E você, tem conhecidos que estão em forma, apesar da idade avançada?

1-14
17k