Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Palmirinha, a apresentadora que dá dicas de empreendedorismo e de como superar as adversidades da vida

Uma das pessoas mais carismáticas da TV brasileira, a apresentadora Palmirinha, de 86 anos, teve uma infância e juventude difícil, mas a determinação fez dela uma mulher poderosa e uma das cozinheiras mais talentosas e conhecidas do nosso País.

Você vai conhecer a trajetória dessa vencedora que, apesar de sempre aparecer sorrindo na telinha da sua TV, já sofreu com os maus-tratos da mãe e violência doméstica no casamento. Ela é hoje um exemplo de mulher e empreendedora que venceu os desafios da vida, sem nunca desistir.

No Incrível.club vamos contar a história de luta e superação dessa senhorinha guerreira de sorriso fácil e com muitas lições de vida para ensinar a todos nós.

Nascida em 1931 na cidade interiorana de Bauru, em São Paulo, Palmira Nery da Silva Onofre enfrentou uma infância sofrida com uma mãe muito rígida. Aos 6 anos, ela foi dada como dama de companhia a uma senhora francesa na capital paulista e foi devolvida aos 14. Aos 16, foi vendida pela mãe a um fazendeiro por 5 mil réis, mas não guardou mágoa: “Não reclamo, tudo que passei me ensinou”.

Palmirinha voltou a morar com a mãe e conta que na adolescência trabalhava duro para sustentar os irmãos. Aos 19 anos se casou para sair de casa, mas a vida de casada não foi tudo aquilo que sonhou. A apresentadora conta que o marido era agressivo e bebia muito, e ela só não se divorciou por causa das filhas e pelo medo de ficar mal falada. “Naquela época era mais ou menos assim”, lembra ela.

A vida financeira do casal também era difícil. Palmirinha conta que as filhas revezavam o uniforme da escola. Foi então que aos 33 anos ela decidiu vender docinhos (sonhos) na rua e os oferecia em salões de beleza. As clientes começaram a gostar e a fazer encomendas. A ideia, que a princípio tinha o objetivo de conseguir um dinheiro extra, virou a principal renda da família, uma oportunidade que a cozinheira agarrou com unhas e dentes.

Uma de suas muitas clientes era a produtora do programa da Silvia Poppovic, da Rede Bandeirantes, que convidou a culinarista para contar sua história de vida. Sílvia ganhou uma cesta de salgadinhos e gostou tanto que divulgou o telefone de Palmirinha no ar. Ela conta que choveram encomendas e logo depois foi convidada para um quadro semanal fixo no programa da Ana Maria Braga, na Rede Record.

A partir daí a cozinheira se encantou pelo mundo da TV e seu programa começou a fazer muito sucesso, com uma ótima avaliação do Ibope. Em 2009 ela só cresceu: estava fazendo sucesso nas mídias sociais, revistas e comerciais, escreveu um livro e construiu o seu próprio site. Em 2015, seu programa na Fox foi cancelado, mas no ano passado (2018) foi contratada pela Globo para uma atração na GNT.

No canal pago, Palmirinha dá dicas de como preparar pratos aos participantes do programa e de segurança na manipulação dos alimentos e utensílios. O Chef ao Pé do Ouvido é uma competição semanal apresentada por Thaynara OG com 2 cozinheiros inexperientes, enquanto outros 2 chefs profissionais orientam remotamente os competidores.

A culinarista mais amada do País conta, nas entrevistas, que passou por muita coisa difícil nesses mais de 80 anos de vida. Palmirinha explica que tudo isso a ajudou a crescer e ser a pessoa que é hoje, uma mulher lutadora e feliz. Sua experiência de vida e de trabalho inspira as pessoas a buscarem seus sonhos: “Se é pra fazer, faça com amor! Isso não lhe garantirá sucesso, mas é essencial para alcançá-lo”.

Se inspirou na força da Palimirinha? Gostou de saber mais um pouco da vida dela? Conte para nós.