Como estão agora 14 supermodelos, que no final do século XX conquistaram o mundo inteiro

Modelos que ganharam fama mundial são chamadas de supermodelos. Essas mulheres recebem salários milionários e seus rostos são conhecidos por qualquer pessoa interessada na indústria da moda.

Nós, do Incrível.club, ficamos curiosos para descobrir como estão agora as mulheres que conquistaram o mundo da moda no final do século XX. A propósito, algumas delas continuam a brilhar até hoje.

1. Stephanie Michelle Seymour

O auge de popularidade de Stephanie foi nas décadas de 1980 e 1990. Ela ficou em 91º lugar na lista das 100 mulheres mais atraentes em 2000. E alguns anos atrás, a modelo lançou sua própria linha de lingerie.

2. Nadja Auermann

Nadja Auermann foi fotografada pelos maiores fotógrafos de sua época. Ela trabalhou com quase todas as marcas conhecidas: Prada, Giorgio Armani, Christian Dior, Versace. A modelo até entrou no Guinness World Records como a modelo com as pernas mais longas. Nadja lançou seu próprio perfume e tentou a carreira de atriz, estrelando alguns filmes alemães.

3. Angela Lindvall

Aos 14 anos, o talento de Angela foi notado pela IMG Models — uma das maiores agências de modelos do mundo. A modelo era o rosto das revistas de moda mais populares no final dos anos 1990 e início dos anos 2000. E o século XXI para ela foi marcado por um contrato com a Victoria’s Secret, da qual participou de desfiles até o ano 2008.

Em 2019

4. Tatjana Patitz

A editora da Vogue, Anna Wintour, mencionou que Tatjana era uma de suas modelos favoritas. Nas décadas de 1980 e 1990, ela foi bastante requisitada tanto nas passarelas quanto como modelo fotográfica. Suas fotos apareciam com frequência nas capas de revistas de moda mais famosas do mundo como Harper’s Bazaar, Elle, Vogue.

Atualmente, a modelo milita na defesa dos direitos dos animais, bem como a favor de causas ambientais.

5. Kelly LeBrock

Kelly começou sua carreira de modelo aos 16 anos. Ela tinha apenas 19 anos quando sua foto apareceu nas páginas da Vogue. Muitos conhecem a modelo pelo comercial de shampoo dos anos 1980 e a frase que se tornou o lema de uma geração: “Não me odeie porque sou bonita”. Apareceu no filme A Dama de Vermelho, lançado em 1984. Em 2017, a modelo e sua filha participaram do reality show Growing Up Supermodel. Se trata de uma série documentária sobre filhos de pais famosos que estão tentando construir uma carreira de modelo, mas enfrentam várias dificuldades devido à popularidade dos pais.

6. Kathy Ireland

Kathy apareceu nas capas da edição especial da Sports Illustrated por 13 anos seguidos. Em 1993 ela fundou sua própria empresa. O negócio acabou tendo tanto sucesso que ela passou de uma “modelo de moda praia” para a ex-supermodelo mais rica do mundo.

7. Cheryl Tiegs

Cheryl é frequentemente considerada a primeira supermodelo americana. O auge de sua fama foi na década de 1970. Seu pôster “Pink Bikini” se tornou uma imagem icônica da cultura pop daquela época. Cheryl também desenvolveu sua própria linha de roupas que teve muito sucesso: em menos de dez anos, ela ganhou cerca de um bilhão de dólares.

8. Paulina Porizkova

Paulina se tornou modelo aos 13 anos e, em 1988, assinou o maior contrato da história na indústria de modelos (na época) com a Estée Lauder no valor de 6 milhões de dólares. A modelo também estrelou filmes, séries e vários programas de televisão — por exemplo, ela foi jurada da 10ª à 12ª temporadas do programa America’s Next Top Model.

9. Carol Alt

Carol cresceu em uma família numerosa. Seguiu os passos de sua mãe, que trabalhou como modelo antes do nascimento de seus filhos. Na década de 1980, apareceu nas capas de mais de 500 revistas e se tornou uma das modelos mais conhecidas e requisitadas do mundo.

De 2013 a 2015, Carol estrelou seu próprio programa de televisão sobre saúde.

Foto tirada em julho de 2020

10. Kristen McMenamy

Uma das modelos mais brilhantes do final do século XX, que se destacava entre outras garotas por um sentido de estilo único. No início dos anos 1990, a modelo raspou as sobrancelhas e fez um corte de cabelo curto no estilo da década de 1920. O visual novo deu um forte impulso na sua carreira. Atualmente, Kristen segue participando de desfiles de moda.

Em uma exposição do renomado fotógrafo Tim Walker em 2019

11. Kimora Lee Simmons

Kimora assinou seu primeiro contrato aos 13 anos — e foi logo com a casa de moda Chanel. Ela se tornou a musa de Karl Lagerfeld, e ganhou fama especial em 1989, quando no desfile da Chanel, subiu na passarela de vestido de noiva. Karl Lagerfeld a chamou de “o rosto do século XXI”.

Agora, a modelo tem sua própria marca de roupas e está envolvida em trabalhos de caridade.

Foto tirada em 2020

12. Shalom Harlow

Nos anos 1990, a modelo apareceu em seis capas da Vogue. Apesar de sua fama, Shalom era considerada “antisupermodelo”, porque o seu estilo era exatamente o oposto da ousadia glamorosa dos anos 1990.

No desfile da Versace em 2018

13. Molly Sims

Em 1991, Molly Sims foi para a faculdade e começou estudar Ciências Políticas, porém, dois anos depois, abandonou os estudos e enviou suas fotos para uma agência de modelos. Ela tinha 19 anos. Além de modelo de sucesso, Molly também se tornou atriz. O primeiro filme com sua participação foi lançado em 2002 (As Aventuras de Frank McKlusky), e o último — em 2021 (Dia do Sim).

Molly Sims em 2020

14. Daniela Peštová

Como Molly Sims, Daniela planejava se formar na universidade, porém, ganhou um concurso de beleza e recebeu uma oferta de emprego. Da Tchéquia, a modelo se mudou primeiro para a França e depois para os EUA, onde sua carreira decolou. Daniela apareceu nas capas das revistas mais famosas, incluindo GQ, Elle, Glamour.

Daniela Peštová em 2021

Você admira a beleza das mulheres do final do século XX? Acha que os padrões de beleza mudaram muito desde aquela época?

Compartilhar este artigo