Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

18 Famosos que atuaram em mais de 100 produções como atores

3-23
80k

Os meios audiovisuais nos conquistam com suas histórias e a experiência única de conhecê-las e apreciá-las. Sem dúvida, alguns dos responsáveis mais importantes dos grandes sucessos são os atores, que com cada interpretação passam a ser muito queridos, e alguns de seus personagens ganham um lugar em nossa memória. Os protagonistas deste post não apenas realizaram seu sonho de participar de um filme, como conseguiram que seus nomes figurassem em uma grande quantidade de créditos em produções do mundo audiovisual.

Incrível.club preparou uma lista com alguns atores que, ao longo de sua carreira, participaram de mais de 100 produções, segundo o banco de dados de filmes da Internet, o IMDB, e que indubitavelmente serão lembrados por mais de uma delas.

18. Bette Davis / 123 papéis

Lembrada como uma heroína da telona por se destacar em uma indústria até então liderada por homens, Bette Davis, nascida em 5 de abril de 1908, em Massachusetts, iniciou sua trajetória na Broadway aos 22 anos. Foi em 1932 que consolidou sua carreira de atriz ao assinar um contrato com a Warner Bros. para atuar em O Homem Deus. Suas interpretações em Perigosa Jezebel lhe valeram seus primeiros Oscars como Melhor Atriz. Com um total de 123 atuações, Davis chegou a ser não apenas uma atriz muito cotada, como a mulher “mais bem paga da América”, segundo sua biografia. Toda essa fama acabou em 1989, quando ela perdeu a batalha contra o câncer de mama.

17. Judi Dench / 128 papéis

A atriz e escritora britânica Judith Olivia Dench nasceu dia 9 de dezembro de 1934. Sua aproximação ao mundo artístico se deu no teatro fazendo personagens como Ofélia e Julieta, nas peças de Shakespeare, Hamlet Romeu e Julieta, respectivamente. Sua estreia no cinema foi com o filme O Terceiro Segredo, em 1964. Nos anos seguintes, também levou seu talento à televisão fazendo comédias, o que lhe possibilitou mais participações em filmes como Uma Janela Para o Amor. A fama mundial veio com a saga James Bond. Judi não só está nos créditos de 128 produções, como recebeu vários prêmios de Melhor Atriz no Oscar, BAFTA, Oliver, Sindicado dos Atores, Globo de Ouro e no Tony, considerado o Oscar do teatro.

16. Anthony Hopkins / 137 papéis

Nascido em 31 de dezembro de 1937, em Gales, Inglaterra, Anthony Hopkins tornou-se um dos astros mais cotados e dinâmicos dentro da indústria do cinema. Em sua estreia nos anos 60, uniu-se ao Teatro Nacional Britânico, para posteriormente lançar-se nas telonas, em 1967, com The White Bus O Leão no Inverno. Dez anos e vários papéis secundários depois, conseguiu seus primeiros protagonistas em As Duas Vidas de Audrey Rose, Magia Negra O Homem Elefante. A fama mundial chegou para o ator ao interpretar Hannibal Lecter, personagem que lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator. Com participação em quase 140 créditos, Anthony mantém seu desejo de atuar em todos os gêneros.

15. Jackie Chan / 142 papéis

Chan Kong-sang, nascido em 1954, em Hong Kong, é reconhecido não só como ator. Suas habilidades em artes marciais, como dublê, diretor, produtor e roteirista o consagraram como um dos grandes no mundo do cinema. Nos anos 70 foi familiarizando-se com a indústria cinematográfica interpretando personagens secundários em filmes com Bruce Lee.

Quando acrescentou a comédia aos seus conhecimentos de luta, Jackie Chan alcançou fama internacional. Alguns de seus filmes mais destacados do final da década de 1970, entre suas 142 produções como ator, são O Mestre Invencível Punhos de Serpente. Nessa época, também começou a assumir trabalhos como diretor. Nos Estados Unidos posicionou-se entre os melhores de Hollywood com Duro de MatarKaratê Kid, e em 2016 foi reconhecido com um Oscar pelo conjunto da obra.

14. Robert Wagner / 151 papéis

Ator e produtor de cinema americano, Robert Wagner nasceu em 10 de fevereiro de 1930, e sua trajetória nas telonas iniciou apenas 20 anos depois, com o filme The Happy Years. Anos mais tarde, conseguiu que a companhia 20th Century Fox apostasse nele como um futuro astro juvenil com o filme Meu Coração Canta, e depois participou de produções como Titanic, na versão de 1953, Rochedos da Morte Entre o Céu e o Inferno, somando 151 títulos em sua lista de atuações. Após sua estagnação no cinema, decidiu concentrar-se na televisão tanto como ator quanto como produtor, protagonizando diversas séries e planejando novos projetos televisivos.

13. Susan Sarandon / 161 papéis

Atriz ainda na ativa aos 73 anos, conseguiu seu primeiro papel em Joe, de 1970, que lhe abriu as portas de Hollywood. Dez anos depois obteve sua primeira indicação ao Oscar por Atlantic City. Susan Sarandon seguiu no cinema com títulos como O Acordo, A IntrometidaAritmética Emocional, que lhe valeu um Genie canadense como Melhor Atriz. Destaque também para sua atuação em Thelma & Louise, dirigido por Ridley Scott. Ao longo de sua trajetória artística foram 161 atuações em produções cinematográficas.

12. Anthony Quinn / 169 papéis

Esse ator mexicano nascido em 21 de abril de 1915, no estado de Chihuahua, utilizou sua aparência “exótica” para abrir caminho na indústria cinematográfica. Participou de filmes como Buffalo Bill, O Intrépido General Custer Sangue Sobre a Neve. Seu papel como irmão de Zapata, vivido por Marlon Brando em Viva Zapata!, deu ao ator o seu primeiro Oscar, e o segundo veio com Sede de Viver. Embora sua especialidade fosse o cinema de aventura, também deu vida a personagens como Barrabás, Mahoma, Zeus, o papa e o Corcunda de Notre Dame, somando assim 169 aparições como ator. Sem dúvida, experimentou papéis de todos os tipos antes de falecer em 2001, aos 86 anos.

11. Eli Wallach / 174 papéis

Foi um ator americano de origem judia nascido em 7 de dezembro de 1915. Teve 174 participações, principalmente em filmes de faroeste como Boneca de Carne e Sete Homens e Um Destino. Décadas depois atuou em títulos como Nova York, Eu Te Amo Wall Street — O Dinheiro Nunca Dorme. Entretanto, só alcançou a glória cinematográfica quando interpretou “O feio” em Três Homens em Conflito, e Don Altobello, de O Poderoso Chefão III. Em 2010 ganhou um Oscar pelo conjunto da obra, e quatro anos mais tarde faleceu aos 98 anos, deixando um vazio no mundo da sétima arte.

10. Michael Caine / 176 papéis

Michael Caine nasceu em 14 de março de 1933, em Londres. No início de sua carreira de ator, seu nome era Michael Scott, posteriormente mudado para Caine, como é conhecido hoje em dia. Antes de começar sua trajetória no cinema, trabalhou no teatro e na televisão. Seu sucesso chegou com sua participação em The Ipcress File e suas duas sequências. Entre seus filmes mais famosos estão Jogo Mortal, California Suite, Hannah e Suas Irmãs (que lhe valeu um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante), Laura, A Voz de Uma Estrela (com o qual ganhou um Globo de Ouro), e Batman — O Início, interpretando Alfred em todas as sequências de Christopher Nolan. Todos os seus trabalhos somam 176 participações como ator.

9. Samuel L. Jackson / 191 papéis

Esse ator americano, com quase 50 anos de carreira, fez sua primeira aparição nas telonas em 1972, com Together for Days, mas só atingiu o estrelato ao interpretar um assassino em Pulp Fiction — Tempo de Violência, de Tarantino. Seus filmes seguintes o consolidaram no mundo do cinema, permitindo-lhe participar de 191 produções ao longo de sua trajetória. Algumas delas: Despertar de Um Pesadelo, A Negociação, Guerra nas Estrelas, 1408 e Homem de Ferro, no qual interpretou Nick Fury, imortalizando o personagem da Marvel.

8. Donald Sutherland / 194 papéis

Nascido em 17 de julho de 1935, Donald se destacou por seus papéis em filmes de terror e de guerra nas décadas de 1960 e 1970. Estreou como ator no início de 1960 interpretando papéis pequenos no cinema e na televisão, para mais tarde conseguir outros mais importantes ao lado de Christopher Lee. O filme que o levou ao grande sucesso foi Os Doze Condenados e, três anos depois, conseguiu com M.A.S.H. a primeira de suas várias indicações ao Globo de Ouro. Nos últimos anos se afastou dos holofotes, mas lembramos de suas atuações em Jogos Vorazes, Ella e John Ad Astra — Rumo às Estrelas. Donald Sutherland acumulou 194 créditos ao longo de sua carreira, que lhe renderam um Oscar pelo conjunto da obra.

7. Louis Gossett Jr. / 202 papéis

Com pouco mais de 200 participações em filmes, esse ator americano nascido em 27 de maio de 1936, não foi apenas reconhecido no mundo do cinema, como também por seu trabalho em séries de televisão desde a década de 1950. Sua primeira premiação foi em 1977, ao receber um Emmy de Melhor Ator Convidado de Série Dramática, e, cinco anos depois, o filme A Força do Destino o coroou como Melhor Ator Coadjuvante no Oscar e no Globo de Ouro.

6. Christopher Plummer / 216 papéis

Esse ator nascido em Toronto já cumpriu sete décadas nos sets com 216 atuações creditadas em sua trajetória e, segundo afirmou em uma entrevista, está apenas em aquecimento para novos papéis: “Talvez nos meus 90 anos me torne uma mulher e interprete de novo todos os grandes personagens”. É reconhecido por seu trabalho na televisão, no teatro e no cinema, sendo os dois últimos os âmbitos em que recebeu prêmios como o Tony e o Oscar. Podemos ver suas grandes interpretações em filmes como Uma Mente Brilhante, Todo o Dinheiro do Mundo O Homem que Inventou o Natal.

5. Robert Loggia / 234 papéis

Robert Loggia é o exemplo perfeito do trabalho incansável no cinema e foi assim que acumulou mais de 200 aparições em produções, interpretando os mais diferentes personagens sob a batuta de vários diretores. Nascido nos Estados Unidos em 1930, sempre teve certeza de sua vocação, cuja carreira teve início nos anos 50, na Broadway. No final de sua vida, quis se afastar dos holofotes devido ao Alzheimer, mas suas participações em filmes como A Honra do Poderoso Prizzi, Scarface O Fio da Suspeita, lhe garantiram um lugar na história do cinema.

4. Christopher Lee / 282 papéis

ator inglês, falecido em 2015, aos 93 anos, acumulou quase 300 atuações ao longo de sua legendária trajetória. Começou sua carreira no final dos anos 40, quando participou como ator secundário no filme Escravo do Passado, de Terence Young, e na famosa adaptação do clássico de Shakespeare, Hamlet, em 1948. Ao longo do tempo, seus trabalhos variaram entre filmes interpretando personagens como Drácula, durante as décadas de 1950 e 1960, Frankesntein, em 1957, Sherlock Holmes, em 1970, além, é claro, do seu inesquecível papel em O Senhor dos Anéis.

3. Danny Trejo / 404 papéis

Esse americano de origem mexicana fez história na indústria do cinema de Hollywood, não apenas por seus mais de 400 créditos como ator, mas por sua vida antes de chegar às telonas. Durante sua juventude cometeu vários delitos em sua cidade natal, que o levaram a cumprir uma longa sentença na prisão. Nesse período tornou-se membro de um programa para ajudar jovens viciados.

Sua carreira no cinema começou em 1985, quando lhe deram um papel de um condenado no filme Expresso Para o Inferno. Anos depois, participou das produções Fábrica de Animais, Era Uma Vez no México Rejeitados Pelo Diabo. Seus personagens têm por característica sempre ter nomes de armas brancas, daí o famoso pseudônimo “Machete”, personagem que interpretou em Pequenos Espiões, apelido que o consagrou.

2. James Hong / 439 papéis

Embora esse ator americano de origem chinesa de 91 anos não seja lembrado por todos os seus trabalhos, que atualmente somam mais de 400, ele é dono de uma carreira que se estende ao longo de sete décadas. Começou nos anos 50 como dublador e, posteriormente, participou de séries de Kung-Fu. Nos anos 70 começou a se destacar em filmes como The Carey Treatment Chinatown. No entanto, foi com Blade Runner: O Caçador de Androides que estabeleceu as bases para ser um astro cult. Desde então, foi possível vê-lo em séries como Friends, Seinfeld, Hartsfield’s Landing, Arquivo X e Agents of S.H.I.E.L.D., além de ouvi-lo em seus trabalhos de dublagem.

1. Eric Roberts / 577 papéis

64 anos parecem pouco para o ator americano Eric Roberts, que nesse período conseguiu atuar em mais de 500 produções. Começou a representar ainda garoto em peças teatrais, na cidade de Atlanta, onde cresceu. No final de 1978, Roberts estreou no cinema em Rei dos Ciganos, filme pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro como Melhor Ator Revelação. Um dos grandes momentos de sua carreira foi quando interpretou o protagonista do filme Star 80, em 1983, pelo qual voltou a ser indicado ao Globo de Ouro, e, dois anos depois com Expresso Para o Inferno, que lhe valeu a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante. Em uma entrevista, o ator, que é irmão de Julia Roberts e pai de Emma Roberts, afirmou que, apesar de fazer 74 filmes por ano e não recusar nenhuma oferta de trabalho, ainda mantém sua paixão pelo ofício intacta.

Qual é o seu artista favorito dessa lista? Qual dos personagens que ele interpretou que você mais gostou? Conhece outros atores que tenham feito uma grande quantidade de filmes ao longo de sua carreira? Conte-nos na seção de comentários.

3-23
80k