Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

13 Estrelas que tinham tudo para dar certo, mas se tornaram reféns de um único personagem

4-55
83k

Todos os anos, apenas em Hollywood, são gravados mais de 500 filmes dos mais variados gêneros. Enquanto alguns deles geram milhões em lucros para seus produtores, outros não conseguem chegar nem às telonas. E algo parecido pode acontecer com os atores: enquanto alguns atingem o estrelato e recebem papéis importantes, outros apenas recebem personagens secundários e completamente inexpressivos. Pode acontecer ainda de um ator ou atriz ficar fortemente atrelado a um papel, e não importa quantos trabalhos tenha antes ou depois, na mente dos telespectadores sua aparência sempre será relacionada à imagem dessa determinada atuação. Atores que tinham tudo para dar certo, mas acabaram ficando presos à imagem de apenas um personagem são o tema deste post.

Incrível.club encontrou alguns artistas talentosos que, infelizmente, acabaram se tornando reféns de uma só imagem. Confira!

Jennifer Coolidge

Seu papel em American Pie — A Primeira Vez é Inesquecível de1999, em que atuou como a mãe do personagem Stifler, foi o responsável pela fama mundial. No entanto, ela já trabalhava tanto para os cinemas como para a televisão desde os anos 80 e continua gravando até hoje — embora não para os papéis principais.

A própria atriz acredita que deveria ter parado de atuar após as gravações de American Pie e não ter performado “como todas essas mulheres corpulentas”. E ela continua: “90% das ofertas que me fazem são para atuar como mulheres que passaram por muitas cirurgias plásticas e se casaram com homens ricos”.

Jennifer Grey

No ano de 1987 foi lançado o filme Dirty Dancing: Ritmo Quente. Jennifer Grey, que na época tinha 27 anos, atuou como a personagem Frances Houseman, de 17 anos, apelidada de Baby. Sua atuação lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro, mas foi o único trabalho de sucesso de toda sua carreira. Depois dessa atuação, a atriz não recebeu ofertas para papéis principais.

No início dos anos 90, Jennifer fez duas cirurgias de rinoplastia que mudaram sua aparência radicalmente. “Entrei na sala de cirurgia como uma celebridade e saí como um Zé-ninguém. É como se eu estivesse sendo protegida por um daqueles serviços de proteção de testemunhas ou se estivesse realmente ficado invisível”, comentou a atriz. Apesar disso, Jennifer continua a gravar até hoje, apesar de atuar apenas em papéis esporádicos para algumas séries.

Elizabeth Berkley

O filme Showgirls (1995), do diretor Paul Verhoeven, no qual Elizabeth Berkeley desempenhou seu papel mais famoso, foi imediatamente detonado pela crítica após o lançamento. Os ataques da crítica acabaram sendo confirmados na época pelo fato de a atriz receber o prêmio Framboesa de Ouro (uma espécie de “Oscar” ao contrário, para os piores filmes e atores) pelo seu desempenho. Contudo, com o passar do tempo, o longa acabou ganhando um status de cult e a crítica do século XXI reconheceu não apenas os seus méritos artísticos, mas também o bom trabalho dos atores.

No entanto, Elizabeth nunca conseguiu alcançar e consolidar sua fama. Hoje em dia ela grava, na maioria das vezes, para alguns episódios de séries e dedica muito tempo a atividades de caridade.

Sigourney Weaver

O primeiro filme da trilogia Alien chegou às telonas no ano de 1979 e depois de sua estreia, o sucesso veio rápido para Sigourney Weaver. Seu papel como Ellen Ripley lhe rendeu alguns prêmios e indicações, incluindo para o Oscar.

Apesar de o último filme da trilogia Alien ter sido lançado apenas em 1997, a atriz já havia filmado pelo menos uns 10 filmes antes dele. Mas para a maioria dos telespectadores da época ela continuava sendo (e ainda continua) a tenente Ripley. Fora isso, a atriz é considerada uma veterana dos papéis de heroínas e de muita ação. A propósito, em 2021 e 2023 serão lançadas as continuações do legendário filme Avatar, nos quais ela também irá atuar.

Rowan Atkinson

Rowan Atkinson ou Mr. Bean é certamente conhecido por todos, até por aqueles que não gostam de cinema e televisão. A primeira temporada do seriado, que conta as aventuras de um inglês atrapalhado e muito engraçado, foi lançada nas telinhas britânicas no ano de 1990, tendo sua última temporada ido ao ar 5 anos depois. A série acabou se tornando incrivelmente popular — cada episódio reuniu, em média, 20 milhões de pessoas na frente das televisões.

No entanto, ao contrário dos outros protagonistas deste post, Rowan Atkinson raramente deixou a imagem do icônico Mr. Bean, até mesmo enquanto estava dando vida a outros personagens, como, por exemplo, ao agente Johnny English.

Tobey Maguire

A carreira cinematográfica de Tobey Maguire começou no ano de 1993 com o filme O Despertar de um Homem, no qual contracenou com Robert De Niro. Mas a verdadeira fama mundial só veio para o ator após as gravações para a trilogia do Homem-Aranha, em que o ator deu vida ao protagonista e super-herói Peter Parker. O último filme da trilogia foi lançado em 2007. Desde então, Maguire praticamente não tem mais gravado para as telonas, apesar de não ter deixado a indústria do cinema. Hoje em dia ele está do outro lado das câmeras — dedica-se à produção de filmes.

Hugh Laurie

Até as gravações de Dr. House, o ator britânico Hugh Laurie não era muito conhecido fora da Grã-Bretanha, apesar de já ter atuado para os seriados The Black Adder (sem versão para o português, 1982-1983) e Jeeves and Wooster (sem versão para o português, 1990-1993), em que contracenou com Stephen Fry. Em 2004, Laurie aceitou o convite para estrelar a série de televisão sobre o médico Gregory House. Esse trabalho o deixou famoso primeiramente nos EUA e depois no mundo inteiro. Fora isso, lhe rendeu também dois Globos de Ouro. Além de atuar, Laurie é músico profissional e escritor — seu romance O Vendedor de Armas, lançado em 2006, tornou-se bestseller.

Jodie Foster

Jodie Foster começou a gravar para o cinema ainda durante sua infância e recebeu sua primeira indicação ao Oscar aos 14 anos pelo filme do diretor Martin Scorsese Taxi Driver: Motorista de Táxi (1976), quando não levou o prêmio. A conquista só veio anos depois com o filme Acusados, lançado em 1988. Apesar disso, a verdadeira fama mundial só chegou para atriz após sua atuação no filme O Silêncio dos Inocentes (1991), que lhe rendeu uma segunda estatueta da principal premiação do cinema. No longa, Foster deu vida à personagem Clarice Starling.

E apesar de a atriz ter gravado bastante após esse filme, o papel de Clarice se tornou a imagem pela qual todos os fãs do cinema reconhecem Foster. Hoje em dia, a famosa trabalha como diretora e produtora de cinema.

Jim Parsons

Jim Parsons só começou a gravar para o cinema na vida adulta: ele atuou pela primeira vez em um filme no ano de 2004, quando tinha 30 anos. No entanto, sua carreira nos teatros havia começado 10 anos antes. A fama mundial chegou com sua atuação no seriado The Big Bang Theory (2007-2019), em que deu vida ao gênio Sheldon Cooper. Ele desempenhou esse papel tão brilhantemente que até aqueles que nunca assistiram a um episódio da série são capazes de reconhecê-lo pelo personagem, que ganhou grande fama e até virou meme na Internet.

A temporada final do seriado foi ao ar em 2019, e, segundo boatos, o motivo do seu encerramento seria o próprio Jim, que supostamente estava cansado desse papel, apesar do seu enorme sucesso.

Kim Cattrall

Samantha Jones, uma atuação de Kim Cattrall, foi provavelmente a personagem mais marcante do famoso seriado Sex and the City (1998-2004). Apesar das dificuldades em suas relações com a atriz Sarah Jessica Parker, Kim atuou brilhantemente no papel de melhor amiga dela na série. E, para muitos telespectadores, a personagem acabou sendo mais interessante que a da protagonista principal Carrie Bradshaw, interpretada por Sarah. No entanto, a atriz se recusou a gravar para o 3º longa da franquia. “Quando me telefonaram e me ofereceram o papel, eu disse: ‘Obrigada, mas não. Já basta para mim’”, contou.

Além de Sex and the City, a carreira de Kim conta com mais de 90 outros trabalhos para o cinema e televisão. Fora isso, ela ainda atua no teatro, trabalhando tanto nos EUA como na Grã-Bretanha.

Dominique Swain

Um dos filmes mais chocantes da década de 90, Lolita (1997), trouxe a fama mundial para Dominique Swain, apesar de ter tido uma exibição limitada. No entanto, mesmo após sua atuação nesse filme, que foi uma adaptação cinematográfica da obra do escritor russo Vladimir Nabokov, Dominique nunca mais conseguiu repetir tal sucesso, mesmo tendo atuado em diversos outros filmes depois.

Bryan Cranston

Bryan Cranston é um daqueles atores cuja fama só chegou em idade mais avançada. Ele começou a gravar ainda na primeira metade dos anos 80. No entanto, o papel mais famoso — o Walter White, do seriado Breaking Bad (2008-2013) -, só lhe foi oferecido quando já tinha 52 anos. A imagem do professor de Química que sofria de um câncer e se tornou em um criminoso rendeu para Bryan 4 prêmios Emmy e 1 estatueta do Globo de Ouro de melhor ator em série dramática.

Você conhece outros atores que também se tornaram reféns da imagem de um único personagem? Conte para a gente na seção de comentários.

4-55
83k
Compartilhar este artigo