Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

Por que os britânicos dirigem do lado esquerdo da estrada e mais 9 coisas normais em outros países que confundem os estrangeiros

As diferenças culturais, às vezes, podem levar a situações embaraçosas ou confusas. Imagine nascer no Reino Unido, na Índia ou na Austrália e viajar para qualquer outro lugar; você pode se perguntar por que as pessoas dirigem do lado esquerdo do carro. Inversamente, se você não for italiano, pode saborear um bom cappuccino depois do almoço, algo que na Itália pode ser tão ultrajante quanto comer uma tigela de cereal depois de um bife.

Hoje, no Incrível.club, compilamos algumas das coisas mais peculiares que podem surpreendê-lo ao visitar outro país.

1. Os britânicos dirigem à esquerda

A verdadeira pergunta é por que as pessoas pararam de dirigir do lado esquerdo? Na verdade, quando andar a cavalo ainda era uma atividade comum, as pessoas levavam a espada à sua esquerda, o que significa que era mais fácil ter um tráfego à esquerda. Somente depois da Revolução Francesa e com a invenção dos vagões de carga, dirigir do lado direito se tornou cada vez mais popular.

2. Em vez de dizer “queijo”, os Países Baixos dizem “ria do passarinho”

Cada país possui uma expressão diferente para pedir para alguém sorrir diante das câmeras. Enquanto a maioria dos países de língua espanhola dizem “uísque”, por exemplo, nos Países Baixos “ria do passarinho” é uma expressão comum, porque os antigos fotógrafos costumavam colocar um pássaro em cima das suas câmeras. No Brasil, além de dizer “xis”, em referência à palavra “cheese” (queijo, em inglês), também há a expressão “olha o passarinho”.

3. O Japão usa semáforos azuis

No Japão antigo, as cores tradicionais básicas eram preta, branca, vermelha e azul. Qualquer coisa verde era descrita usando-se a palavra designada para “azul” ou “aoi”. Em tempos recentes, a palavra “midori”, que expressa a ideia de “broto”, começou a ser usada para descrever o verde, que ainda é considerado pelos japoneses como um “tom” do azul.

4. Ao atender o telefone nos Países Baixos, você não diz olá

Embora a maioria dos idiomas use alguma variação de “olá” para atender o telefone, nos Países Baixos, ao atender o telefone, você deve dizer “com + seu nome” para que as pessoas possam identificá-lo imediatamente. No Brasil há o costume de dizer “alô”, “pronto”, entre outras expressões.

5. No Equador, os caminhões de lixo tocam música semelhante aos caminhões de sorvete da América

Como você pode ouvir neste vídeo, os caminhões de lixo do Equador têm um som muito particular. Algumas pessoas os compararam ao som do caminhão de sorvete de outros países.

6. O transporte público é gratuito em Luxemburgo

Apesar de Luxemburgo ser um país bastante pequeno, sofre de um terrível problema de tráfego. Isso ocorre porque aproximadamente 210 mil trabalhadores que vivem fora do país cruzam fronteiras para trabalhar lá todos os dias. O transporte público gratuito é uma tentativa de resolver esse problema e, ao mesmo tempo, oferecer uma alternativa mais ecológica.

7. Você pode caminhar por todo o país de Mônaco, de norte a sul, em cerca de 50 minutos

Mônaco, o segundo menor país independente do mundo, pode ser cruzado em cerca de 50 minutos de norte a sul. É quase do mesmo tamanho do Central Park de Nova York, nos EUA, com uma área de 1,95 km².

8. Muitas ruas na Costa Rica não têm nomes

A maior parte das ruas da Costa Rica não têm nome, o que significa que, quando você precisar enviar alguma coisa para lá, terá de saber quais monumentos famosos ou outros pontos de referência conhecidos ficam próximos do lugar em questão. Detalhe: pode acontecer de tais pontos de referência não existirem mais, mas continuarem a ser usados! Hoje em dia, é normal que as pessoas apelem para coordenadas de GPS para garantirem que suas encomendas e correspondências chegarão ao destino certo.

9. Na Itália, o cappuccino deve ser tomado apenas no café da manhã

Na Itália, o leite raramente é consumido como bebida a não ser no café da manhã, por ser considerado muito pesado. Essa regra não escrita afeta claramente os hábitos de quem toma café. O cappuccino com uma massa folhada conta como um café da manhã completo. O leite no café após o almoço ou o jantar não é consumido.

10. Se você é solteiro quando faz 25 anos na Dinamarca, toma banho de canela

Antigamente, os vendedores de especiarias viajantes eram conhecidos por serem notórios solteiros. Eles eram chamados de “pebersvend” (e “pebermø” para as mulheres) e, hoje em dia, são homenageados cobrindo os solteiros de 25 anos com canela, um tempero popular na culinária dinamarquesa. Já aos 30 anos o ataque de canela é substituído por pimenta.

O que as pessoas fazem em seu país que outras podem achar estranho? O que você acha das particularidades que listamos? Você está disposto a adotá-las?

Compartilhar este artigo