Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Como sua vida pode mudar, se você se casar com um príncipe ou com uma princesa

6231
485

Casamentos glamourosos, coroas cintilantes e a honra de se tornar um membro da família real — essas são as coisas que podem nos fazer sonhar em contrair matrimônio com um príncipe ou uma princesa. Entretanto, amarrar-se a um integrante da família real significa seguir determinadas regras que podem certamente testar qualquer relacionamento — especialmente aquele que está constantemente sob os olhos do público.

Aqui, no Incrível.club, ficamos curiosos para ver como seria ser um membro de uma família real fora do glamour e das páginas das revistas. E encontramos algumas mudanças inesperadas na vida dos cônjuges reais, que podem fazer você olhar para essa vida de conto de fadas de um ângulo diferente.

1. Você precisará esquecer o título “príncipe” ou “princesa”

Casar-se com alguém da família real não significa que você será rei, rainha ou mesmo princesa. O marido da rainha Elizabeth, o príncipe Phillip, na verdade, não pode obter o título de rei. Ele nem é um rei consorte, já que tal título não existe, então, é um príncipe consorte. Se o príncipe William se tornar rei, sua esposa, a duquesa Catherine será uma rainha consorte.

Quando o príncipe Harry caminhou pela igreja com Meghan, ela também se tornou uma duquesa. Tanto Meghan quanto Kate não têm sangue real, então, elas podem ser tratadas como “princesas” somente na presença dos seus maridos. Mas se não estiverem acompanhadas das suas melhores metades, Meghan e Kate sempre serão chamadas de “duquesas”.

2. Você precisará escolher entre um título real e o verdadeiro amor

A monarquia inglesa é, de fato, uma das mais liberais entre as famílias reais. Em alguns países, quando um membro real se casa com um plebeu, deve desistir da sua coroa imediatamente. Quando a princesa Mako se casar com seu o amor da faculdade, terá de desistir da coroa, do status de nobreza e do seu lugar na família real. A lei japonesa obriga as mulheres a abandonarem sua coroa, quando se casam com alguém que não pertence à realeza. Surpreendentemente, essa regra não se aplica aos homens.

3. Seus filhos não podem ter status real

Sofia Hellqvist era modelo e estrela de um reality show, antes de se tornar a princesa da Suécia, ao se casar com o príncipe Carl Phillip, em 13 de junho de 2015. Seus filhos, os príncipes Alexander e Gabriel, não têm status real. O sogro de Sofia, o rei, cancelou seu status ao emitir uma declaração especial, em outubro de 2019. Sofia e Carl Philip, no entanto, dizem que seus filhos agora terão mais liberdade para escolher o que fazer das suas vidas no futuro.

4. Uma nova vida como um nobre revelará seu passado

Provavelmente, muitos de nós já fizemos coisas no passado das quais não gostaríamos de nos lembrar e não nos orgulhamos. Quando uma pessoa comum se casa com um membro da realeza, tudo o que já aconteceu em seu passado será colocado sob os holofotes. Na época da faculdade, a agora Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, usou um vestido transparente que a princípio era uma saia, mas foi puxada para cima como um vestido, com o qual ela caminhou pela passarela em um desfile de moda, e algumas pessoas ainda não aceitam esse dia. Esse acontecimento foi recriado para o filme William and Kate, com a atriz Camilla Luddington interpretando a duquesa.

5. A política não é mais seu privilégio

Antes de se casar com um membro da realeza, você pode ser politicamente ativo. Tudo isso chega ao fim após dizer “sim” no altar e se tornar um integrante da família real britânica.

Na verdade, embora a rainha Elizabeth II tenha permissão para votar, ela deve manter-se o mais neutra possível. Se ela votasse em um candidato, em vez de outro, poderia influenciar injustamente as escolhas das pessoas.

6. Você precisará comer rapidamente

Como pessoas comuns, podemos estar acostumados a comer o quanto quisermos, sempre que desejarmos. Mas uma refeição com a família real britânica colocará um fim nisso. Se a rainha estiver presente, a refeição começa e termina com de acordo com o tempo de Sua Majestade. Quando ela pousa o garfo e a colher, espera-se que os demais façam o mesmo. Você provavelmente precisará fazer um lanche, antes do jantar.

7. Você pode demonstrar afeto apenas aos amigos íntimos e familiares

Por regra, os membros da realeza não podem ser tocados por pessoas comuns. Mas essa regulamento é quebrado o tempo todo, especialmente quando a família real britânica encontra celebridades ou outras personalidades importantes. Se você se tornar um membro da realeza e não gostar de ser tocado, simplesmente terá de aceitar, porque ser da realeza significa que você não deve fazer alarde.

Para algumas outras monarquias, essa regra não é tão rígida e se torna mais uma questão de escolha, como é o caso da rainha Rania da Jordânia, que não evita entrar em contato com plebeus, como podemos comprovar no seu Instagram.

8. Você terá de dizer adeus às suas ambições profissionais

Seus sonhos profissionais podem não significar nada assim que você se tornar um membro da monarquia. Uma das integrantes da realeza mais famosas a abandonar sua carreira foi a atriz Grace Kelly, que se tornou a princesa de Mônaco. Depois do seu casamento com o príncipe Rainer, Kelly nunca mais participou de nenhum filme. Parece que ser princesa é um trabalho em tempo integral!

9. Seu casamento só pode se tornar possível após o voto da família ou da permissão especial

Se pessoas comuns querem se casar, elas podem simplesmente ir ao cartório local e assinar os papéis. No entanto, não é tão fácil se casar com alguém da família real. No Reino Unido, a rainha deve dar permissão por escrito para que membros da sua família se casem. Isso é feito para proteger a família de casamentos que possam “pôr em risco o status da casa real”.

Quando a rainha Sonja da Noruega namorou o então príncipe herdeiro Harald da Noruega, ele precisou dizer ao seu pai, o rei Olav V, que nunca se casaria com alguém além dela. Isso colocaria o trono em perigo, pois Harald era o único herdeiro. A permissão para o casamento só foi concedida após o rei Olaf consultar o governo.

10. Você não será mais chamado por um apelido

Embora provavelmente todos gostemos de chamar Kate Middleton por seu primeiro nome, ela legalmente só pode ser chamada de Duquesa de Cambridge ou “senhora”. É mais correto ainda chamá-la de “Sua Alteza Real, a princesa William de Gales.” Se você já não gostava muito do seu nome formal, antes de se casar com um membro da realeza, isso poderá lhe causar um estresse adicional.

11. Os frutos-do-mar ficarão no oceano e fora do seu prato

Os membros da realeza evitam comer frutos-do-mar quando podem, para prevenir intoxicações alimentares, ou uma possível reação alérgica, que podem afastá-los de suas obrigações importantes. Embora essa regra já exista há bastante tempo, o príncipe Charles às vezes não a segue.

12. Você precisará seguir regras rígidas ao aceitar presentes

Ser cortês é provavelmente a principal regra a ser seguida, se quiser ser aceito em qualquer família real. Quando você recebe um presente, deve pensar nos motivos do doador e se ele pode querer algo em troca. Caso exista alguma chance de haver esse interesse da parte de quem o presenteia, você não deverá aceitar o presente, mas a realeza deve avaliar cuidadosamente os riscos de provocar uma ofensa, por recusá-lo. Além disso, você não pode aceitar nada que custe mais do que 150 dólares (cerca de 800 reais), se for membro da família real britânica.

13. Você não poderá mais jogar Monopoly

A realeza não se envolve em certas atividades, como jogar Monopoly — especialmente na família real britânica. Em 2008, o príncipe Andrew, Duque de York, teve de recusar o jogo que lhe foi presenteado durante uma reunião, por ser muito “viciante”.

14. Você terá de ficar em pé e se sentar adequadamente o tempo todo

A realeza tem uma ordem muito rígida que determina quando devem ficar em pé, sentar-se e andar. Basicamente, você precisará permanecer na ordem de classificação. A ordem correta é a rainha Elizabeth II e Phillip, Charles e Camilla, William e Kate e, finalmente, Harry e Meghan. Eles devem sempre estar nessa ordem e nenhuma outra é permitida.

15. Você precisará sorrir em público, mesmo que se sinta péssimo

A publicidade torna-se o seu estilo de vida não apenas quando você cumpre seus deveres reais, mas também quando se trata da sua saúde. Quando a princesa Diana desmaiou em uma exposição no Canadá, seu então marido, Charles, se enfureceu com ela, dizendo: “Ela poderia ter desmaiado em silêncio, em outro lugar, atrás da porta.” Ser princesa significa estar atenta à opinião pública e sempre agir de acordo.

16. Seus pais podem não ser autorizados a comparecer ao seu casamento

A rainha Máxima da Holanda casou-se com Willem-Alexander, o então príncipe de Orange, em 2002. Os pais de Máxima não assistiram ao casamento; seu pai foi informado que não poderia comparecer, devido ao seu papel como ministro de gabinete durante o Processo de Reorganização Nacional na Argentina, e sua mãe optou por não comparecer sem o marido.

Qual é a regra seguida pela realeza que pode fazer você pensar duas vezes antes de se casar com um príncipe ou uma princesa?

6231
485
Compartilhar este artigo