Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Como os japoneses produzem madeira sem derrubar árvores

4-44
373

No Japão, as árvores têm um papel fundamental na preservação da atmosfera solene e do entorno natural. Algumas espécies conseguem crescer até atingir grandes alturas e são preservadas como monumentos naturais; é possível achar por lá exemplares com mais de dois mil anos. Além disso, após eventuais desflorestamentos e incêndios florestais, os japoneses aguardam a recuperação das áreas de pinheiros, especialmente em locais ensolarados onde eles geralmente crescem. Diante de tudo isso, não é exatamente uma surpresa saber que os japoneses criaram uma técnica com o intuito de produzir madeira sem precisar derrubar árvores.

O Incrível.club resolveu pesquisar sobre como os japoneses conseguem produzir madeira sem cortar árvores, trazendo alguns dados interessantes para satisfazer sua curiosidade, leitor.

Com esta técnica, não é preciso cortar totalmente as árvores

Daisugi é o nome da técnica japonesa que permite a retirada de troncos retos sem precisar cortar a árvore inteira. Para tanto, eles usam o sugi, também conhecido como cedro-japonês, amplamente plantado em volta de templos.

A partir de uma única árvore, é possível criar um bosque

daisugi pode criar uma aparência de bonsai gigante, dando a impressão de que árvores pequenas estão sendo cultivadas sobre outras maiores. E como se isso fosse pouco, a mesma técnica permite que, a partir de uma única árvore, sejam retiradas mudas para replantar e criar ou renovar um bosque inteiro.

A poda correta é que permite obter madeira e preservar a árvore

Apesar de ser originalmente uma técnica de gestão florestal, o daisugi também tem encontrado espaço nos jardins japoneses. Graças à ele, mudas são produzidas por meio da poda de árvores, como se fossem bonsais gigantes. Tais mudas crescem de forma vertical, sem nós e perfeitamente uniformes. Isso permite que a madeira seja aproveitada sem que haja a necessidade do corte da árvore inteira.

Graças a isso, é possível ter madeira à disposição por longos períodos

Uma única árvore pode render até 100 mudas de uma só vez, garantindo madeira durante 200 anos, pelo menos. É um sistema sustentável valorizado pela arquitetura japonesa tradicional, que costuma usar esse material pela resistência, pela aparência sem nós e pela superfície lisa e brilhante que possui.

Além disso, é uma técnica sustentável

A técnica não impressiona apenas pelos resultados, mas também por todo o processo, incluindo a plantação da árvore sugi, que é muito especial. Ela representa aproximadamente 44% de todas as plantações de coníferas no Japão, o que permitiu que a espécie voltasse a ser vista em áreas onde sua presença havia se reduzido.

Valorizado no país asiático, um exemplar milenar, o Jōmon Sugi existe até hoje. Sua idade é estimada em mais de dois mil anos.

Em sua opinião, qual a árvore mais bonita que existe? E quanto ao Japão, gostaria de visitar esse país? Comente!

4-44
373
Compartilhar este artigo