Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

5 Descobrimentos que trouxeram mais perguntas do que respostas

O ser humano acha que sabe tudo, mas alguns descobrimentos vêm para mostrar justamente o contrário, que não sabemos quase nada e os mistérios do passado quase nunca serão completamente desvendados.

Hoje, vamos mostrar alguns descobrimentos que ao invés de ajudar a entender a história, causaram ainda mais perguntas e questionamentos.

Embrião mumificado

No começo do século XX, cientistas descobriram um pequeno sarcófago. Inicialmente, o descobrimento não surpreendeu ninguém, mas estudos posteriores indicaram que dentro dele não havia nenhum órgão, mas um embrião mumificado, que estava em uma etapa de desenvolvimento de 16-18 semanas.

O sarcófago é do período entre 664 e 525 a.C. Os cientistas o catalogaram como um descobrimento único, já que a múmia poderia ser considerada a mais jovem de todas as já conhecidas na História.

Manuscritos no Mar Morto

Os manuscritos do Mar Morto são um dos descobrimentos mais importantes da História. Durante vários anos os cientistas estudaram as covas no mar e o resultado das pesquisas levou ao descobrimento de milhares de fragmentos de pergaminhos. O conteúdo desses achados está relacionado com os cânones bíblicos judeus.

Atualmente, os cientistas afirmam que podem encontrar mais documentos do tipo. Os achados se encontram no museu israelense de Jerusalém.

As pirâmides em Chichén-Itzá

Na península de Yucatán, no México, fica a pirâmide 'El Castillo'. Sua construção realmente surpreende. Dentro dela, segundo os arqueólogos, existem outras duas pirâmides. O mais interessante é que elas foram construídas depois do 'El Castillo'.

Hoje em dia, os cientistas tentam encontrar um método para chegar nelas sem danificar as paredes. Se você for a Cancún, não deixe de visitar.

Apaixonados da Idade Neolítica

Próximo a Mantua, cidade italiana, há poucos anos foi descoberto um casal de esqueletos. Eram dois jovens, um homem e uma mulher, enterrados há aproximadamente 6 mil anos. Os arqueólogos explicaram que as tumbas duplas da idade neolítica são raras de encontrar e a posição das ossadas foi vista assim apenas uma vez.

O casal é chamado de Romeu e Julieta. Isso porque não muito longe do local fica a cidade de Verona, onde se passa a obra de Shakespeare.

Anfípolis e a tumba desconhecida

Em Anfípolis, na Grécia, foi encontrada uma tumba. Dentro dela foram achadas duas grandes estátuas de mármore que supostamente vigiavam a entrada da sala principal. Essas duas estátuas são chamadas de cariátides.

O achado permitiu aos arqueólogos e historiadores supor a quem pertencera a tumba. A primeira versão diz que no local foi enterrada Olimpia; a segunda diz que trata-se de Roxana, esposa de Alexandre da Macedônia, ou Alexandre, o Grande, um rei grego. Não há, enfim, um consenso sobre o caso.

Imagem de capa nbcnews