Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20 Objetos antigos com designs e funções impressionantes

5-41
12k

Quantas vezes já aconteceu de você ver um objeto de design marcante e funcional, e que desejou comprá-lo imediatamente? O conceito de design surgiu no século XVI. Na Itália, a expressão “disegno intero” era popular, e significava a ideia nascida de um artista e inspirada por Deus — em outras palavras, o conceito de uma obra de arte. Objetos antigos com designs peculiares são o tema deste post.

Nós, do Incrível.club, não temos dúvidas de que os artesãos do passado conseguiram criar coisas tão impressionantes quanto os contemporâneos, e a nossa seleção de hoje nos traz mais certeza disso. Confira!

1.

Alguma vez você já fez chá colocando as ervas direto na xícara com água quente, e alguns pedacinhos delas acabaram indo parar na sua boca? Então, essa invenção de 1881 definitivamente lhe cairia muito bem, como uma boa alternativa para infusionar as ervas. E ela ainda pode desempenhar uma função dupla: você pode adicionar açúcar junto às ervas que serão infusionadas.

2.

“Esta coisa está aqui em casa há anos”, compartilhou um usuário do Reddit. Depois de pesquisar o número de patente no Google, ele descobriu que o objeto em questão servia para fazer rosquinhas. Talvez, agora o proprietário possa usá-lo para fazer algumas dessas guloseimas, não é mesmo?

3.

Em casas muito antigas era possível encontrar essas caixas estranhas, que, muitas vezes, os proprietários não faziam ideia do que se tratavam. Esse objeto é um varal retrátil para pendurar roupas dentro de casa. Antigamente, muitas casas não tinham espaço externo suficiente para montar um varal, então, esse dispositivo era bastante popular entre as décadas de 40 e 70 do século passado.

4.

Essa antiguidade é conhecida como caixa “Chao Zhu” da época do Imperador Qianlong (1711-1799). O design em formato de rosquinha não é acidental: essa caixa foi projetada para guardar os colares da realeza, e, mais especificamente, evitar que eles embaraçassem.

5.

Essa estatueta de metal era usada para acender a luz. Para fazer isso, era necessário apenas dar um toque no pato. O principal objetivo dele era servir como um interruptor e como peça de decoração.

6.

O Yatate é um kit portátil de papelaria muito usado no Japão Medieval. O compartimento era composto por uma tinta, um refil para pincel, além de um abridor de cartas. Ele era fácil de transportar e possibilitava ao proprietário escrever informações em qualquer lugar.

7.

Esse objeto é chamado em inglês de “Silent Butler”, e é usado para recolher as migalhas da mesa depois de uma refeição.

8.

Esse recipiente romano é datado entre os séculos I e II, e tem o formato de uma bota. No entanto, foi muito usado como frasco de perfume. Talvez ele pudesse competir pelo título de frasco de perfume mais criativo de todos os tempos, não acha?

9.

Esse anel foi projetado por volta de 1570, e ele possui uma estrutura interna que abriga um relógio de Sol.

10.

O design dessa colher foi desenvolvido na década de 1870, especialmente para homens de bigode, que frequentemente o molhavam ou sujavam durante as refeições.

11.

Essa tigela com duas alças era usada para pegar uma brasa para que os fumantes pudessem acender seus cachimbos ou charutos sem se queimar.

12.

Esse acessório especial era particularmente popular entre as jovens: as garotas o usavam em eventos sociais preso em uma pulseira, e se um cavalheiro lhes desse um buquê de flores, elas podiam colocá-lo nesse suporte especial e dançar tranquilamente.

13.

Um antigo frasco de uma perfumaria francesa de 1880 feito de madrepérola e bronze. O objeto funcionava da seguinte forma: ao pressionar a concha superior, o recipiente se abria e mostrava 4 frascos de perfume.

14.

Esse par de meias de lã não foi costurado para um homem com apenas 2 dedos em cada pé. Entre os séculos IV e V, durante a ocupação romana no Egito, as sandálias eram feitas nesse design, por isso as meias tinham esse formato inusitado.

15.

Quem inventou essa máquina aparentemente sabia bem como fazer várias coisas ao mesmo tempo. Esse dispositivo tornava possível visualizar vários livros simultaneamente, para isso, bastava girar a manivela.

16.

Esse copo do século IV a.C. é capaz de mudar de cor dependendo do ângulo de incidência da luz. Tal efeito é explicado pela presença de partículas coloidais de ouro e prata no vidro. Existe uma teoria de que o autor queria retratar os estágios do amadurecimento da uva. O design é bem bacana, não é mesmo?

17.

Esse anel do século XVI se transforma em uma esfera armilar — uma ferramenta astronômica usada para determinar as coordenadas dos corpos celestes.

18.

Em Pompeia, havia blocos de pedras nas estradas por toda a cidade. Portanto, os arqueólogos não conseguiam encontrar uma resposta para a seguinte pergunta: “Como as carroças passavam?” Após muitos estudos, verificou-se que a pedras foram alocadas de modo que as rodas dos veículos passassem entre elas. Ao mesmo tempo, essas pedras serviam como obstáculo no caminho de ladrões que possuíam carroças com uma medida diferente. Além de outras funções, os blocos eram necessários para que os moradores atravessassem as ruas sem sujar suas roupas, porque em Pompeia não havia sistema de esgoto, então os dejetos corriam pelas ruas da cidade.

19.

Essas facas do século XVI são adornadas com partituras e letras de orações que eram comumente recitadas na hora das refeições. Por exemplo, em uma das facas há a inscrição: “A bênção da mesa: que a Santíssima Trindade abençoe o que estamos prestes a comer”.

20.

Esse pequeno abajur foi projetado especificamente para crianças que tinham medo do escuro. Quando se colocava uma vela dentro, a luz saia pelos olhos do gato. Além disso, esse objeto era usado para espantar os ratos. As pessoas acreditavam que ver um gato de olhos brilhantes no escuro definitivamente assustaria os roedores.

Qual desses artefatos antigos você mais gostaria de ter? Conte para a gente na seção de comentários.

Imagem de capa Dserved83 / Reddit
5-41
12k