Incrível
Incrível

20+ Imagens que mostram como nosso Planeta mudou nas últimas décadas

Nosso Planeta está constantemente mudando, muitas vezes em consequência de acontecimentos naturais (como terremotos, vulcões, tsunamis e tempestades), outras, por culpa do próprio ser humano. Hoje, te convidamos a fazer uma viagem no espaço e no tempo, para ver como alguns cantos da nossa amada Terra se transformaram nas últimas décadas.

Incrível.club preparou uma coleção de imagens, capturadas por satélite via Google Earth, para te mostrar as mudanças mais impressionantes sofridas pelo nosso Planeta nos últimos 40 anos.

1. Novas ilhas no mapa: as Palm Islands, em Dubai

Essa cidade se desenvolveu muito nos últimos anos e passou de 500.000 habitantes (1990) para mais de 3,3 milhões (2020). A metrópole, conhecida como centro de negócios, cresceu consideravelmente, estendendo-se por mais de 300 quilômetros da costa e também para o interior, tanto terrestre como marítimo. Essa expansão levou à criação de um grupo de ilhas artificiais, as Palm Islands, e do arquipélago The World.

2. Águas que mudam de cor: o lago Natron, na Tanzânia

O que vemos na primeira imagem e olhando rapidamente parece ser terra, mas é, nada mais nada menos, que um lago cor-de-rosa. Por sua salinidade e temperatura de mais de 60°C, é um dos mais letais e perigosos da Terra. Dependendo da época do ano, há uma proliferação de algas e bactérias que fazem sua tonalidade mudar e apresentar uma cor rosada relativamente intensa.

3. Derrubada indiscriminada de florestas: cultivo de soja em San Julián, Bolívia

A Amazônia foi uma das regiões mais afetadas pelas mudanças nos últimos anos, não apenas pelos devastadores incêndios, mas também pelo desmatamento massivo para converter o que era floresta em área agrícola. A maioria dessas novas fazendas se dedica ao cultivo da soja.

4. Lutando contra o aquecimento global: central solar fotovoltaica da China

As energias renováveis são recursos energéticos obtidos da natureza, de forma limpa e respeitosa com o Meio Ambiente. Elas não produzem agentes poluentes e ajudam a frear o aquecimento global. O número de países que apostam no uso dessas energias e criam parques solares em seus territórios só aumenta: China, Estados Unidos, Japão e Alemanha encabeçam a lista e esperamos que, em breve, muitos mais venham se somar.

5. O derretimento do gelo: a geleira Colúmbia, no Alasca

Essa geleira, localizada na costa sul do Alasca, é uma das mais afetadas pelas mudanças de temperatura que nosso Planeta vem experimentando nas últimas décadas, sobretudo em consequência do aquecimento global.

6. Um novo inimigo do Meio Ambiente: os campos de areia betuminosa no Canadá

Essa é uma das mudanças altamente prejudiciais para o nosso Planeta, visto que extrair petróleo dessas areias requer o uso de muita energia, muita água e ainda libera uma grande quantidade de agentes tóxicos e poluentes na atmosfera. As areias betuminosas são uma fonte não convencional de obtenção de petróleo e sua exploração começa a adquirir cada vez mais força pelo fato de o petróleo convencional estar cada vez mais escasso.

7. Indústrias cujo crescimento seca os lagos: o Mar de Aral, entre o Cazaquistão e o Uzbequistão

Esse é outro claro exemplo de como a cobiça humana pode ser destrutiva. Em 1960, as autoridades executaram um projeto visando a desviar e canalizar a água do Mar de Aral para o cultivo, no meio do deserto, de algodão, entre outras culturas, o que acabou secando o lago quase completamente.

8. Novos pulmões para o planeta: a Grande Muralha Verde da China

Tomara que nas próximas quatro décadas possamos ver mais mudanças como essa. O que se observa nas imagens acima é a restauração de uma reserva ecológica que havia praticamente desaparecido, devido à seca, durante o século passado. Essa iniciativa, chamada “Grande Muralha Verde”, pretende desacelerar e mesmo reverter a desertificação do terreno, através do plantio de bilhões de árvores por toda a região.

9. O que acontece em Vegas nem sempre fica em Vegas: cidades em crescimento em Nevada, Estados Unidos

Durante as últimas quatro décadas, a população da cidade de Las Vegas quintuplicou. O lago Mead é o seu maior fornecedor de água potável; sua condição de fornecedor de água, somada a outros fatores como a agricultura e o aumento da temperatura global, fizeram com que o lago diminuísse de tamanho com o passar do tempo.

10. A Antártica descongelando pouco a pouco: a geleira Ilha Pine

Essa ilha glacial localizada no continente antártico também tem sido extremamente afetada pelo aquecimento global. A Fundação Nacional de Ciências dos Estados Unidos calcula que o seu degelo elevaria o nível do mar em 61 metros.

11. Quando a natureza destrói e depois reconstrói: a recuperação natural do monte Pinatubo, nas Filipinas

Em 1991, o vulcão Pinatubo, após 500 anos de inatividade, voltou a expelir lavas, produzindo uma das erupções vulcânicas mais violentas do século passado. Seus efeitos foram sentidos em todo o mundo: uma camada de ácido sulfúrico envolveu o globo inteiro, as temperaturas caíram e a camada de ozônio sofreu danos significativos. Atualmente, podemos ver como a área foi gradual e naturalmente reconstruída após a destruição causada pela erupção do vulcão.

12. Lavouras abandonadas que se transformam em frondosos e verdes bosques na Rússia

Após a dissolução da União Soviética, grandes áreas agrícolas foram abandonadas e deixadas novamente nas mãos da Mãe Natureza. Ela, por conta própria, se encarregou de restaurar e recuperar todo o verde que esses espaços tinham originalmente, surpreendendo até os cientistas, que esperavam uma recuperação muito mais lenta.

De onde você está lendo este post? Que maravilhas da natureza existem na sua cidade ou na sua região? Compartilhe conosco nos comentários!

Imagem de capa Google Earth
Compartilhar este artigo