17 Pessoas que parecem ser faixa preta de insolência

Pessoas desaforadas frequentemente provam como a felicidade é insolente. Elas são capazes de dar um jeito para conseguir o melhor, nem que seja desrespeitando os outros. Os personagens deste post contam histórias sobre esse tipo de indivíduo, que beiram o inacreditável.

A equipe do Incrível.club deseja que você evite se envolver com gente descarada e espera que os relatos a seguir o ajudem a identificar alguém assim em um piscar de olhos.

Quando você quer ajudar, mas não dá certo

Tenho apenas colegas de trabalho mulheres. Certa vez, uma delas pediu para eu parar e ajudá-la e também trabalhar sem almoço e outros intervalos a fim de terminarmos o mais cedo possível todas as atividades planejadas. “Hoje é o meu aniversário!” — exclamou ela. Bem, concordei e propus retornar ao trabalho para concluir tudo sem fazer horas extras. “Ué? Como assim? Eu vou comer agora! É meu horário de almoço!” — respondeu a mulher. Então, eu simplesmente virei as costas e voltei a mexer no meu computador. Já a minha colega passou a falar mal de mim pelas costas, dizendo que nunca precisou de mim para nada, e eu simplesmente comecei a agir com ela de forma rude. É isso aí.
© Gribinogos / Pikabu

“Hoje, me deparei com este anúncio. Será que o método realmente funciona?”

“Arrecadando dinheiro para uma vida melhor.

Obrigado, irmão!”

Obviamente, esta avó foi longe demais na tentativa de “dar tudo” à sua neta

Eles sabem como tornar o aniversário de seus colegas um dia “feliz”

Trabalho como professor assistente em uma universidade. Ontem foi meu aniversário, mas infelizmente isso não foi motivo para tirar folga, então tive de ir ao trabalho às 11h, como sempre. A caminho, recebi uma ligação dos meus colegas: “Você virá para as comemorações de ano novo?” Respondi que não, pois estava muito ocupado. “Mas não é seu aniversário?” Eu estava prestes a dizer que eles não precisavam se preocupar tanto com a festa, presentes, etc. Porém, ouvi o seguinte: “Então, passe no mercado e compre bolos alemães. Quem faz uma compra no dia do aniversário consegue um desconto!” Nem tive tempo de responder. O cara encerrou a chamada. © kosyag / Pikabu

“Adoro os meus vizinhos. Primeiro, eles abriram um envelope com a minha conta de energia. Hoje, mais um envelope. Amanhã vou comprar uma nova caixa de correio e um cadeado grande para valer”

Que prestativo...

Eis uma câmera de segurança que está bem acima do provador

Conforto acima de tudo

Isto aconteceu cinco anos atrás, quando eu ainda trabalhava em uma livraria. Minha colega levou uma caixa recém-entregue de livros até uma estante e começou a colocar cada um no seu lugar. Quando ela se abaixou mais uma vez para pôr os livros na parte de baixo da estante, sentiu uma coisa nas costas. Virou a cabeça para ver o que era e se deparou com uma cliente escolhendo livros. Ao mesmo tempo, a desconhecida pegou, deu uma olhada e o deixou em cima das costas da minha colega. “Senhora, o que está fazendo!?” — exclamou ela. “Por que está tão brava? Aproveitei o momento enquanto você estava inclinada aqui” — resmungou a cliente, que pegou alguns livros e foi até o caixa. © Valetas / Pikabu

Provavelmente, este médico vai pensar duas vezes antes de examinar uma paciente destas na próxima vez

“Eu estava mexendo no computador. Meu irmão estava dormindo do meu lado. De repente, recebi uma mensagem dele”

Nem sempre ter filhos é um mar de rosas

Eu e meus colegas fizemos uma vaquinha para dar uma mão para um dos operários da empresa que teve o sexto filho. Arrecadamos o equivalente a R$ 1,2 mil e a empresa lhe deu mais R$ 2,4 mil. Depois, no vestiário, ouvi esse mesmo cara conversando com a faxineira e reclamando de que somos gananciosos e poderíamos ter contribuído mais, já que ele e sua esposa são heróis — quem mais daria à luz o sexto filho? Eu entrei e disse que iriamos dar um presente mais útil na próxima vez — vamos presenteá-lo com uma caixa de preservativos. © Daria Kim / Facebook

A curiosidade que foi levada a outro nível

O cinema também proíbe a entrada com comida comprada fora, ficar na sala de espera sem ingresso e, pelo jeito, o espectador deve apagar o filme da sua memória logo depois de a sessão acabar e não contar nada para os outros

“Os administradores do cinema têm direito de escolher o cliente.”

A família é mais importante do que os segredos

Minha namorada me contou sobre um casal que mora junto há um tempo e tem um filho. Acontece que o marido começou um romance que rendeu mais um filho. Ele escondia isso até que a esposa descobriu a traição e fez um escândalo. Como? É que o homem levou o filho para conhecer o “irmãozinho”. © MaxRyder / Pikabu

Derrubando todos para atingir o objetivo

O fruto da mistura da insolência com a criatividade

“Aqui EU estaciono!”

Pense bem antes de ajudar um desconhecido

Certa vez, um desconhecido no mercado se aproximou pedindo esmola. Respondi que não tinha dinheiro, apenas um cartão de crédito. Então ele pediu para que eu pagasse suas compras — um pão e uns tomates. Aceitei e lhe disse para me esperar ao lado dos caixas. Fiz minhas compras, fui até lá e o vi me esperando pacientemente. Ele estava com um carrinho cheio de produtos: algumas garrafas de óleo, pacotes de arroz, macarrão, legumes, frutas, carne, peixe, queijos, mortadela, enlatados... E estava me encarando com toda a ingenuidade do mundo. Eu imediatamente disse que não tínhamos combinado uma compra daquelas. Ele queria que eu gastasse um quarto do meu salário. Desculpe, mas isso não existe. O que o homem esperava de mim? © Helena Acodus / Facebook

Quais exemplos de insolência você já presenciou? Conte-nos na seção de comentários.

Imagem de capa MaxRyder / Pikabu
Compartilhar este artigo