Incrível
Incrível

16 Lugares de tirar o fôlego que se parecem com mundos fictícios de filmes e séries

Quando estamos assistindo às nossas séries e filmes favoritos, muitas vezes nos pegamos imaginando como seria viver naqueles mundos fantásticos. Castelos de princesas, escolas de magia e até planetas com paisagens de tirar o fôlego desafiam a nossa imaginação.

Você já se perguntou de onde os criadores tiram tantas ideias maravilhosas para criar os mundos e cenários que ambientam essas histórias? Pois saiba que eles normalmente se inspiram na nossa própria natureza e arquitetura, mesmo que seja para conceber mundos alienígenas. Você gostaria de conhecer alguns exemplos?

Se você respondeu sim, está com sorte, pois nós do Incrível.club reunimos alguns locais ao redor do planeta que inspiraram ou que poderiam inspirar mundos fantásticos da ficção!

Floresta de Bambus (Japão) e Ta-Lo (Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis)

A Floresta de Bambus Sagano é uma das principais atrações turísticas de Kyoto, no Japão. Além da linda paisagem, os turistas amam visitar o local por causa dos sons que o vento causa quando passa pelas plantações. A China também possui diversas florestas de bambu, como a que fica no Monte Mogan. Locais assim inspiram cenas de luta belíssimas como em O Tigre e o Dragão e o recente filme da Marvel Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis.

Túnel do Amor (Ucrânia) e Meu Amigo Totoro

O túnel formado por vegetação mais parece uma montagem, mas existe e fica numa cidade da Ucrânia chamada Kleven. Ele tem esse formato porque três vezes ao dia um trem passa por lá, o que fez com que as árvores adquirirem esse formato. Diz a lenda que o casal que atravessar o túnel todo de mãos dadas nunca se separará. O lugar parece tanto saído de um mundo fantástico, que lembra uma cena de Meu Amigo Totoro, quando a Mei encontra o Totoro pela primeira vez.

Castelo em Samara (Rússia) e Hogwarts (saga Harry Potter)

É difícil dizer de onde veio realmente a inspiração para o visual imponente da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. As filmagens foram feitas em alguns castelos, escolas e até catedrais do Reino Unido, mas a aparência final de Hogwarts, eternizada em uma réplica em Orlando, é única e inconfundível. Porém, viajando por aí, você pode encontrar alguns lugares assustadoramente parecidos, como esse castelo em Samara, na Rússia.

Château de Chillon (Suíça) e o Castelo do Príncipe Eric (A Pequena Sereia)

O Château (castelo) de Chillon foi construído num local estratégico da Suíça, para servir como proteção e controle de entrada para a Europa. Ao mesmo tempo, do outro lado, é uma linda residência à beira do Lago Léman, com os picos nevados dos Alpes Suíços ao fundo. Ele é uma clara inspiração para o castelo do Príncipe Eric, da animação de A Pequena Sereia.

Montanhas Huangshan (China) e O Tigre e o Dragão

As Montanhas Huangshan, ou Montanhas Amarelas, com suas fontes termais e picos de granito rodeados por nuvens, formam uma linda paisagem e inspiram a pintura e a literatura chinesas. Tanto que serviram como cenário para o filme O Tigre e o Dragão que, por sua vez, foi baseado em livros. A tranquila Vila de Hongcun, que fica na base da montanha, também teve sua participação no filme.

Monte Roraima (Brasil) e O Castelo no Céu

Esse monte em formato de mesa e em meio às nuvens fica na tríplice fronteira do Brasil com a Venezuela e as Guianas, a uma altura de quase 3 mil metros. O clima local proporcionou ao topo do Monte Roraima um ecossistema diferente da região: ele é rico em cavernas, répteis, anfíbios e plantas carnívoras. Arthur Conan Doyle, o criador de Sherlock Holmes, escreveu O Mundo Perdido inspirado em uma expedição a esse monte. O livro, por sua vez, já inspirou séries e filmes.

Infelizmente, nenhuma dessas obras usou nosso monte como real inspiração ou cenário. Mas olhar para essas imagens de terras tão altas que ficam no meio das nuvens imediatamente nos trazem à lembrança a animação O Castelo no Céu. Na história, um menino e uma menina tentam proteger um cristal enquanto procuram por um lendário castelo flutuante. Esse castelo bem que podia ficar no Monte Roraima, não é mesmo?

Parque Zhangjiajie (China) e Pandora (Avatar)

Na China, o Parque Nacional da Floresta de Zhangjiajie, além de uma ponte de vidro, possui formações rochosas únicas que parecem arranha-céus naturais. O parque fica em um complexo chamado Área de Interesse Paisagístico e Histórico de Wulingyuan, e possui mais de 3 mil pilares de arenito. Eles inspiraram a paisagem de rochas flutuantes do planeta Pandora, no filme Avatar.

Caverna Sơn Đoòng (Vietnã) e Como Treinar seu Dragão 2

Um dos Patrimônios da Humanidade, a caverna Sơn Đoòng, do Vietnã, é considerada a maior do mundo, pelo tamanho de sua sala. Possui 150 metros de profundidade e 9 mil metros de comprimento. Imagine uma caverna grande assim e com centenas de dragões convivendo? Se você não conseguiu imaginar, é só assistir à animação Como Treinar seu Dragão 2.

Majlis al Jinn (Omã) e Caverna das Maravilhas (Aladdin)

E por falar em cavernas gigantes, a Majlis al Jinn é outra das maiores cavernas do mundo, e está localizada no Sultanato de Omã. A caverna tem impressionantes 4 milhões de metros cúbicos. A localização, o tamanho e o nome da caverna lembram muito a Caverna das Maravilhas, de Aladdin. Isso porque Jinn é a palavra árabe que denomina os gênios. E o nome da caverna significa “Reunião dos Gênios”.

Cueva de Los Cristales (México) e Fortaleza da Solidão (Smallville)

Antes de sairmos das cavernas, ainda precisamos falar daquela que parece ter inspirado a Fortaleza da Solidão, presente nas histórias do Superman e até da Supergirl. Mas nenhuma dessas histórias se compara com a beleza dos cristais na Caverna dos Cristais, na mina de Naica, no México. Ela detém alguns dos maiores cristais do mundo, que chegam a 11 m de altura. Acredita-se que existam outras câmaras com cristais mas, para explorá-las, seria necessário quebrar esses cristais primeiro.

Salinas de Torrevieja (Espanha) e Hora de Aventura

Quer bombar seu instagram? Experimente tirar fotos nesse lago no Parque Natural de las Lagunas de La Mata y Torrevieja, na Espanha. Esse é apenas um dos lugares no mundo que possuem um lago cor de rosa (existem pelo menos mais quatro). O provável motivo da coloração, no entanto, não inspira muita comemoração: falta de nutrientes e excesso de algas. Ainda assim, a paisagem é tão bela que mais parece saída do Reino Doce, de Hora de Aventura, não é verdade?

Baía de Jervis (Austrália) e As Aventuras de Pi

A Baía de Jervis, na Austrália, apresenta um espetáculo de luzes à noite que mais parece ter saído de um filme de ficção científica. Na verdade, é um fenômeno natural que faz todo o sentido biológico: a Bioluminescência, que está presente, por exemplo, nos vaga-lumes. Em Jervis e em várias outras praias do mundo ela é causada pelas algas marinhas. Assim como no filme As Aventuras de Pi, que tem uma baleia luminescente. Afinal, não há melhor inspiração para a ficção que a própria natureza.

Lençóis Maranhenses (Brasil) e Planeta Vormir (Vingadores — Guerra Infinita / Ultimato)

O estado do Maranhão guarda com carinho uma das paisagens mais “tiradoras” de fôlego que conhecemos, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O local é tão lindo e, ao mesmo tempo, peculiar, que os produtores da Marvel o escolheram para figurar como o planeta Vormir, usando cenas aéreas que receberam uma pós-produção. O resultado você pode ver nos filmes Vingadores: Guerra InfinitaVingadores: Ultimato.

Salar de Uyuni (Bolívia) e Crait (Star Wars: Os Últimos Jedi)

Nosso país vizinho, a Bolívia, também tem uma paisagem digna de figurar como solo alienígena. É o Salar de Uyuni, o maior deserto de sal do mundo, com mais de 10 mil quilômetro quadrados. O Salar foi usado como locação para o planeta Crait em Star Wars: Os Últimos Jedi. Aliás, Star Wars pode ser considerado campeão em encontrar paisagens peculiares para os seus planetas.

Deadvlei (Namibia) e Mad Max: Estrada da Fúria

Deadvlei significa “charco morte”, em uma mistura de inglês com africâner. O lugar tem esse nome porque a mudança climática causou uma seca que acabou com as acácias que haviam crescido no fértil solo de argila branca. O Deadvlei fica no deserto da Namíbia, que tem as maiores dunas do mundo. O mesmo deserto que serviu de locação para o filme Mad Max: Estrada da Fúria. Curiosamente, o filme também trata da escassez de água em meio às corridas radicais.

La Casa Del Desierto (Espanha) e Black Mirror

Continuando no deserto, dessa vez vamos falar de um criativo projeto da arquitetura e engenharia. La Casa De Desierto foi construída no deserto de Gorafe, da Espanha. Seu objetivo principal é demonstrar a importância do vidro em qualquer estação do ano. Quem assistiu Black Mirror reconheceu imediatamente essa casa, mesmo que vagamente. Mas a gente te ajuda: caso você queira revê-la, a casa aparece no segundo episódio da quinta temporada, intitulado Smithereens.

É lindo quando percebemos que o nosso mundo pode ser tão fantástico quanto os mundos fictícios que admiramos, não é mesmo? Mesmo aqueles impossíveis de existir são inspirados nas maravilhas da natureza e na engenhosidade humana. Agora, nós queremos saber se você conhece algum lugar que poderia muito bem ser cenário para uma história de fantasia ou ficção científica!

Incrível/Curiosidades/16 Lugares de tirar o fôlego que se parecem com mundos fictícios de filmes e séries
Compartilhar este artigo