Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

15 Objetos e tradições que parecem da cultura mexicana, mas não são

É muito comum as pessoas sentirem orgulho das características culturais do seu país. No entanto, muita gente não sabe que alguns dos costumes que seguimos são uma mistura de outras culturas. E é justamente essa mistura que torna o estudo da cultura e das tradições ainda mais bonito e interessante.

Hoje, o Incrível.club quer compartilhar alguns exemplos de objetos e tradições que existem no México, mas que não têm origem mexicana.

1. Água de orchata

Quase todo mexicano já provou água de orchata, mas as receitas nem sempre são iguais. Contudo, é importante saber que essa bebida não é originária do México; ela vem de uma receita espanhola, mais especificamente da tradição de Valência.

2. Talavera poblana

A talavera poblana não nasceu no México, mas em Talavera de la Reina, na Espanha. No entanto, se buscarmos a origem dessa forma de artesanato, poderíamos dizer que ela é ainda mais antiga, já que remonta a cidades árabes, como Bagdá.

3. Tacos al pastor

Os tacos al pastor são muito conhecidos no México, mas eles também não são originários do país. Na realidade, eles têm como fonte de inspiração a comida libanesa, em particular o shawarma. O que muda é a inclusão de verduras, o uso de carne de porco em vez de cordeiro e o polêmico abacaxi.

4. A palavra Mariachi

mariachi como conhecemos é totalmente mexicano, mas a origem da palavra tem várias versões. Uma delas afirma que eram grupos que se apresentavam principalmente em casamentos. Após a intervenção francesa, eles foram chamados de marriage (casamento, em francês). Com o passar do tempo, o termo foi evoluindo até se transformar em mariachi.

5. Luta livre

As lutas no México são atrações quase obrigatórias para os turistas. Elas são praticadas em muitos países e acredita-se que entraram no México durante a intervenção francesa, como parte de um espetáculo de circo.

6. Tamarindo

Existem muitas receitas com tamarindo que nos fazem pensar no México, entre elas os doces, sucos, picolés e muito mais. No entanto, essa exótica planta tem origem na África.

7. Marzipan

O doce tem origem árabe e quando chegou na Espanha passou a ser feito com amêndoas. A versão mexicana é feita com amendoim e não tem nem 100 anos. Ou seja, é muito mais nova do que o doce original.

8. Buñuelo

Esse é um caso muito parecido com o anterior. Embora na culinária pré-hispânica existissem os buñuelos, eles eram feitos à base de milho ou de feijão. O buñuelo de trigo é uma receita muito antiga da cozinha mediterrânea que remete ao século II antes de Cristo.

9. Churros

Para a culinária espanhola, o consumo de churros tem uma tradição que nos leva à invasão árabe. Na Catalunha, ele é consumido desde o século XIX.

10. Rosca de Reis

Sua origem remete à Saturnália, um festival romano comemorado no solstício de inverno. Segundo a tradição, as pessoas devem colocar chocolates ou bonecos dentro do doce e a pessoa que encontrar terá sorte. Mas também existe a tradição de colocar uma fava seca em um pedaço e quem encontrar deve pagar o doce.

11. Água de Jamaica (ou chá de hibisco)

A água de Jamaica também é conhecida como chá de hibisco e tem origem africana, mais precisamente na África ocidental. Ela foi levada a muitos territórios na América, entre eles o México.

12. Chocolate

O cacau é mexicano, mas a maneira como ele era consumido era bem diferente e incluía água e pimenta. É importante mencionar que não havia vacas no México até depois da conquista. O chocolate sólido, em barra e em sobremesas, tem origem na Europa, por volta do século XVI. O mais curioso é que antes de ser considerado um doce, ele era usado pela medicina e era vendido em farmácias.

13. Rede

A origem da rede é muito controversa. Embora o significado da palavra em espanhol, “hamaca”, seja “rede de pescador”, ela já havia sido registrada em um quadro da Idade Média, na Europa. Mas mexicana ela não é, embora em Mérida ela seja vendida como artesanato local.

14. Matraca

A palavra é de origem árabe e significa “martelo”. No entanto, é um instrumento que pode ser encontrado em diversas culturas, incluindo a chinesa e a romana. Ela chegou ao México com os espanhóis, que a herdaram da tradição árabe.

15. Chabelo

Não é um objeto, mas é uma figura muito importante para os mexicanos. Embora esse querido personagem tenha origem americana (ele nasceu nos Estados Unidos), ele também tem nacionalidade mexicana.

Você conhece alguma outra tradição que as pessoas pensam ser mexicana, mas é de outro país? O que mais chama a sua atenção na cultura do México? Conte nos comentários.

Compartilhar este artigo