Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Fenômenos que os cientistas não explicam

2-2-
643k

Desde tempos imemoriais, o ser humano tenta explicar muitos mistérios que existem no Planeta. A maioria desses fenômenos agora tem uma justificativa científica, mas ainda há alguns que são difíceis de acreditar.

O Incrível.club compilou 12 fenômenos misteriosos da natureza e da espécie humana.

12. Estrada de Bimini

Na década de 1930, o paranormal americano Edgar Cayce afirmou que em 1968 ou 1969 as ruínas da cidade perdida da Atlântida seriam encontradas em Bimini, nas Bahamas.

Em setembro de 1968, no mar perto do Paradise Point, no norte de Bimini, foram encontrados 700 metros de blocos de pedra calcária, cuidadosamente colocados. A cadeia de blocos agora é chamada de "Estrada Bimini".

Alguns acreditam que esses são restos da civilização. Outros, que é apenas o resultado do aprofundamento do fundo do mar ou simplesmente sedimentos.

11. Epidemia da dança

Julho de 1518. Estrasburgo, França. Uma mulher chamada Troffea começou a dançar. Sua dança durou dia e noite. Você poderia achar que a senhora estava louca, mas uma semana depois outras 34 pessoas começaram a dançar a seu lado. Em um mês, o número de dançarinos aumentou para 400. Como a senhora Troffea, eles não paravam. Muitos morreram de exaustão, ataques cardíacos ou derrames.

Esse fenômeno não possui explicação científica. Nenhuma teoria conseguiu explicar a resistência das pessoas que conseguiam dançar durante dias sem parar.

10. Andrew Carlssin, o fraudador do futuro

Em 2003, o FBI prendeu Andrew Carlssin, acusado de fraude na Bolsa de Valores de Nova York. Com apenas 800 dólares no mercado de ações, ele ganhou 350 milhões de dólares por meio de 126 negócios arriscados.

Depois de ser preso, Andrew disse que tinha recebido a informação do futuro. Segundo ele, havia vindo em uma máquina do tempo do ano 2256, embora não quisesse especificar sua localização. Algum tempo depois, alguém pagou a fiança de 1 milhão de dólares e ele simplesmente desapareceu.

9. Rio fervendo

Quando criança, Andrés Ruzo sempre ouvia seu avô falar da lenda do rio que literalmente "fervia" seus inimigos em suas águas. Ele sonhava em encontrar esse rio.

O menino cresceu e se tornou um geólogo, contratou um xamã como guia e, em 2011, encontrou esse rio na amazônia peruana. A temperatura da água era de cerca de 86°C. O estranho sobre essa situação é que o vulcão mais próximo está localizado a 700 quilômetros de distância. A história virou documentário no National Geographic.

8. A cidade subaquática de Yonaguni

As formações de casas geminadas foram encontradas perto da ilha de Yonaguni (Japão) por mergulhadores em 1986. As ruínas submarinas são tão grandes que têm o tamanho de um edifício de cinco andares. Ao seu lado foram encontrados alguns artefatos, que demonstram que os humanos viveram ali.

Apesar disso, os cientistas ainda estão discutindo a origem das pirâmides. Se assumimos que foram feitas pelo homem, devem pertencer a civilizações pré-glaciais.

7. O viajante do tempo num museu do Canadá

Esta foto foi encontrada pelos usuários do museu virtual Bralorne Pioneer, do Canadá, e se tornou viral instantaneamente. A captura mostra a inauguração da Gold Bridge no Canadá em 1941. No entanto, entre as pessoas, é possível ver uma pessoa vestida de forma diferente da moda dos anos 40. Se você olhar bem, verá um moletom com zíper, uma camiseta com logotipo do estilo do século 21 e uma câmera portátil em suas mãos.

Algumas pessoas têm certeza de que é um viajante do tempo.

6. Geoglifos da selva amazônica

Ao estudar a paisagem da selva amazônica, os cientistas encontraram numerosos desenhos esculpidos no chão, chamados geoglifos.

Os especialistas já descobriram 450 geoglifos no norte do Brasil (Acre, Rondônia e Amazonas) e na Bolívia. Os mais antigos têm entre 3.000 e 3.500 anos.

A teoria principal afirma que essas construções eram usadas para celebrar todos os tipos de reuniões e rituais.

5. Luzes do terremoto

As luzes brilhantes que acompanham os terremotos são consideradas um dos fenômenos mais misteriosos da natureza. Desde 1600, houve 65 casos verificados de brilho no céu durante a atividade sísmica. O caso mais recente foi visto no México em 8 de setembro deste ano.

No entanto, a probabilidade de ver esses flashes é baixa e só é possível ver as luzes em 0,5% dos terremotos. Existem muitas teorias para esclarecer esse fenômeno, mas nenhuma delas oferece uma boa explicação.

4. Garota congelada

Em 20 de dezembro de 1980, Jean Hilliard dirigia seu carro em direção a casa de seus pais em Minnesota, Estados Unidos. Seu carro de repente parou e a garota decidiu caminhar até a casa de seus amigos, que ficava muito perto.

No caminho, ela perdeu a consciência devido à hipotermia e passou 6 horas na neve a uma temperatura de -22 °C, até ser encontrada.

Quando Jean foi levada ao hospital, ela não mostrou sinais de vida e sua pele estava tão dura, que era impossível dar-lhe uma injeção. Os médicos estavam certos de que Jean estava morta. No entanto, algum tempo depois de ser descongelada, ela começou a se mover um pouco. Três dias depois, começou a movimentar as pernas e em 6 semanas recebeu alta.

3. Barco fantasma Carroll A. Deering

O Carroll A. Deering era um barco comercial americano, que se tornou um famoso navio fantasma. Foi encontrado encalhado em 1921 na costa americana sem tripulação a bordo. Embora a cozinha estivesse cheia de comida, faltavam o diário de bordo junto com os pertences pessoais da tripulação, a âncora e os dispositivos de navegação. O leme estava quebrado.

No final de 1922, a investigação foi interrompida sem nenhuma conclusão oficial.

2. O homem da chuva

O avô de Don Decker morreu em 1983 na Pensilvânia, Estados Unidos. Após o funeral, o jovem ficou febril e entrou em transe. No mesmo momento, começou a escorrer água pelo teto e pelas paredes da sala. Todo mundo ficou surpreso com esse fenômeno.

O amigo de Don chamou a polícia. Os oficiais pediram que ele tirasse o jovem da casa e o levasse até uma pizzaria, nas proximidades. O mesmo fenômeno aconteceu lá também: a água começou a pingar do teto. Assim que os homens deixaram o edifício, a chuva cessou.

Esse episódio paranormal foi incluído no programa de TV sobre mistérios Unsolved Mysteries em 10 de fevereiro de 1993.

1. Oceano subterrâneo

Cerca de 600 km abaixo da superfície, cientistas descobriram um gigantesco corpo de água de 2,7 bilhões de anos, cujo volume é várias vezes maior que o de toda água de todos os oceanos.

Graças a essa descoberta, surgiu a teoria de que os oceanos terrestres surgiram a partir do oceano subterrâneo, que saiu à superfície. E não o contrário, como se acreditava antes.

Imagem de capa virtualmuseum
2-2-
643k