Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Pesquisamos as possíveis origens de 7 criaturas míticas que influenciavam o imaginário das pessoas no passado

8-24
343

Você sabia que o papagaio-da-nova-zelândia é capaz de caçar ovelhas e, por causa de seu tamanho, poderia facilmente passar a impressão de ser algum monstro alado? Ou que os ornitorrincos eram amplamente considerados fictícios, e que quando a primeira pele desse animal chegou à Inglaterra em 1797, foi considerada uma criação artificial feita à mão por um hábil taxidermista charlatão que supostamente havia costurado um bico de pato na pele de um castor (ou de algum animal parecido)?

Nós, do Incrível.club, ficamos curiosos para descobrir que animais supostamente deram origem à algumas criaturas míticas e à lendas populares, e estamos prontos para compartilhar nossas descobertas com você. Confira!

Kraken — Lula-gigante

Kraken é citado em incontáveis mitos e criações literárias no decorrer da história. Esse monstro dos mares é mencionado tanto na mitologia escandinava, como nos trabalhos de Aristóteles e Plínio, o Velho, sendo também muito usado nos contos do renomado escritor de terror do século XX, H. P. Lovecraft.

Geralmente, o Kraken era descrito como um monstro marinho gigante capaz de capturar um navio com seus tentáculos e arrastá-lo para o fundo do oceano. No entanto, muito provavelmente, essa criatura foi inspirada na imagem da lula Architeuthis (lula-gigante) — a maior espécie de lula conhecida até então (podendo atingir um tamanho de até 8 metros de comprimento).

Homem selvagem — Gorila

Histórias sobre o mítico homem selvagem circularam até meados do século XIX, e todos os tipos de pesquisadores, e até militares, relataram ter se encontrado com essa criatura bastante peluda e incompreendida.

É provável que sua inspiração veio dos gorilas. A propósito, a própria palavra “gorila” pode ser traduzida como “mulher coberta de pelos”. primeira descrição científica desse animal foi feita pelo médico e missionário americano Thomas Staughton Savage e pelo naturalista Jeffries Wyman em 1847.

Salamandras imunes ao fogo — Salamandra-de-fogo

As salamandras são anfíbios bastante referenciados na mitologia. E desde a Antiguidade elas foram associadas ao elemento fogo tanto pelos pensadores da Grécia Antiga, como pelos alquimistas medievais. Os mitos ao redor desse anfíbio certamente estão relacionados com a falta de compreensão dos nossos antepassados de como as salamandras pareciam “surgir” espontaneamente do fogo.

Na verdade, tudo é muito simples: o “surgimento” repentino das salamandras do fogo se deve ao fato de que esses anfíbios costumam morar em árvores, e frequentemente se encontravam dentro do caule ou das toras lançadas sobre uma fogueira. As salamandras, claro, saíam correndo para salvar suas vidas.

Pássaro Roca — Aepyornis

Pássaro Roca foi primeiramente retratado no folclore árabe. Ele era descrito como uma criatura enorme capaz de capturar um elefante adulto com as suas garras e sair voando. Os moradores dos países do Oriente Médio acreditavam que esse animal colossal vivia na China, enquanto os antigos chineses afirmavam que sua moradia era em Madagascar.

ligação dessa criatura com Madagascar é explicada pelo fato de que até o século XVII uma espécie de pássaro gigante da família aepyornithidae habitava a ilha. Seu peso podia chegar a marca de 500 kg, medindo cerca de 3 metros de comprimento. É, portanto, possível que os viajantes os tenham confundido com filhotes recém-nascidos do Pássaro Roca.

Unicórnios — Elasmotherium

Os elasmotherium pertenciam ao gênero dos mamíferos, e são membros extintos da família dos rinocerontes. Distinguiam-se de seus parentes modernos não apenas pelo seu enorme tamanho (medindo até 6 metros de comprimento e 2,5 metros de altura, e pesando até 5 toneladas), mas, como você já deve imaginar, por terem um chifre de até 1 metro e meio.

Alguns cientistas atribuem a origem do mítico unicórnio a esses incríveis animais antigos, com os quais nossos ancestrais conviveram em um passado remoto.

Lobo gigante — Lobo-pré-histórico

Os lobos gigantes de Game of Thrones não são inteiramente produto da imaginação do autor dos livros e dos roteiristas do seriado. Muito provavelmente, eles se inspiraram nos lobos-pré-históricos, ou Canis dirus — uma espécie extinta de predadores vorazes que alcançavam até 1,7 metros de comprimento e pesavam cerca de 70 kg. Esses lobos antigos habitaram o território da América do Norte cerca de 125 mil até 9.500 anos atrás.

Sereia — Peixe-boi

Lendas sobre sereias surgiram no folclore quase simultaneamente com o início da conquista e exploração dos mares pelo homem. Muitos marinheiros contavam sobre seus encontros com seres que eram metade mulher e metade peixe.

E o número de tais relatos era tamanho, que cientistas do mundo todo tentaram comprovar a impossibilidade da existência de tal criatura no mundo real. Muito provavelmente, a origem das sereias está relacionada com uma má interpretação do peixe-boi — um mamífero herbívoro marinho que sob a luz da Lua pode ser confundido com uma pessoa.

Você conhece a origem de algum outro mito popular ou personagem folclórico? Concorda com as teorias apresentadas no post? Conte para a gente na seção de comentários.

8-24
343