Incrível
Incrível

12 Animais com verdadeiros superpoderes que poderiam inspirar os heróis

Que alguns heróis têm seus nomes e poderes diretamente inspirados em animais, muitos já sabem. Batman, Homem-Aranha, Homem-Formiga e Vespa são apenas alguns que podemos citar aqui, com nomes e visuais que não deixam dúvidas de onde vem as suas inspirações.

O que muitas pessoas podem não saber é que existem espécies de animais com habilidades de defesa que podem ser comparadas a verdadeiros superpoderes. São habilidades tão incríveis que parecem ficção e poderiam facilmente ter inspirado a criação de alguns heróis conhecidos por nós.

Pensando nisso, o Incrível.club colocou o tapa-olho do Nick Fury e convocou esta lista de animais para formar o nosso próprio supergrupo. Dê uma olhada logo abaixo!

Besouro-bombardeiro

O besouro-bombardeiro produz dentro do seu abdome duas substâncias químicas (peróxido de hidrogênio e hidroquinona) que, quando se sente ameaçado, ejeta para afugentar os inimigos. Acontece que, quando essas substâncias se misturam, provocam uma reação química que pode chegar a 100ºC. Isso pode ser letal para os inimigos mas não para o nosso herói, que conta com uma carapaça protetora. Com uma rajada tão quente, será ele o Tocha Humana do reino animal?

Falcão-peregrino

O falcão-peregrino é uma ave de rapina, que prefere viver em regiões montanhosas ou no litoral. Ele pode ser encontrado em todos os continentes, exceto na Antártida. Aqui na América do Sul, porém, essa ave só é vista quando está em migração. Seu “superpoder” é bem simples de explicar: ele é considerado o animal mais rápido do mundo, podendo voar a mais de 320 km/h. A velocidade altíssima imediatamente nos traz à memória o herói que sempre diz ser o homem mais rápido do mundo, o Flash.

Gambá

O organismo do gambá-comum ou gambá sul-americano, por se alimentar de cobras, produz uma proteína que o torna imune ao veneno de jararacas, cascavéis e outras serpentes. O Instituto Oswaldo Cruz fez pesquisas com amostras do sangue do animal e descobriu a presença dessa proteína que inibe as toxinas presentes no veneno das cobras. Essas pesquisas podem gerar um novo tipo de soro antiofídico. Imunidade contra mordidas lembra muito o Blade, o caçador de vampiros da Marvel.

Golfinho

Além da inteligência fora do comum e das espantosas habilidades de nado, um pesquisador e médico descobriu que os golfinhos têm uma capacidade de regeneração invejável. Mesmo com ferimentos enormes causados por mordidas de tubarões, eles não infeccionam, não causam dor e não deixam marcas. Por isso mesmo, podemos comparar essa habilidade com a do Wolverine, ainda que eles não compartilhem a fofura!

Lagosta-boxeadora

O camarão-louva-a-deus-palhaço ou lagosta-boxeadora tem o superpoder de dar socos surpreendentemente fortes. A velocidade do seu soco pode chegar a 80 km/h, tanto que a água à sua volta chega a ferver. A lagosta-boxeadora quebra com um soco a carapaça de caranguejos e pode até quebrar o vidro reforçado de aquários. Um soco? Isso nos lembra Saitama, o herói do anime One-Punch-Man, que é capaz de destituir seus adversários com o mesmo movimento, de uma única vez.

Morcego

Além de serem os únicos mamíferos com capacidade real de voar, os morcegos têm um sexto sentido: o biosonar ou ecolocalização. Isso permite que os morceguinhos percebam o que há no ambiente emitindo ultrassons que batem nos obstáculos e retornam numa frequência diferente. Assim eles sabem distâncias, formas e velocidades do que houver no seu caminho, inclusive insetos. Nada a ver com o Batman, dessa vez. Quem tem um poder parecido é o Demolidor, que é capaz de ouvir até mesmo um batimento cardíaco a cerca de 6 m de distância!

Pangolim

Esse mamífero fofinho tem o corpo recoberto de escamas rígidas que o protege do ataque de rivais. Para ajudar na defesa, ele ainda se enrola todo, parecendo uma bola. As oito espécies de pangolim estão espalhadas pela Ásia e pela África. Seus superpoderes inspiraram a criação de um personagem no jogo Dota 2, o Pangolier. Mas, para ficar no tema de super-heróis, mais um X-Men entra nessa lista: o Colossus. Suas “peles” até que são parecidas, não é?

Peixe-arqueiro

O superpoder do peixe-arqueiro é, ao mesmo tempo, engraçado e surpreendente. Esse peixe da Ásia e Oceania consegue emitir um jato de água a até 2 m de distância com tal potência que derruba insetos firmemente agarrados à vegetação. Os tiros do peixe-arqueiro são certeiros e, ao derrubar o inseto, imediatamente este se transforma no seu alimento. A pontaria dele não poderia ser comparada à de outros heróis, se não a do Gavião Arqueiro e sua parceira, Kate Bishop.

Pitohui

Pássaros, geralmente não são venenosos. E os pássaros do gênero pitohui também não o são, ou pelo menos não são naturalmente venenosos. Acontece que, de alguma forma, eles se alimentam de um besouro, absorvem suas toxinas e as armazenam no seu corpo, tornando-o venenoso. Os nativos de Nova Guiné sabem até, pela coloração das penas, o nível de toxicidade desse pássaro. Um superpoder muito parecido com o da Vampira, que absorve os poderes e as memórias de quem toca.

Planárias

As planárias são vermes que habitam a Terra há 600 milhões de anos e que sabidamente possuem uma capacidade regenerativa espantosa. Elas são capazes de reconstruir pedaços inteiros do seu corpo que possam ter sido retirados. Mas cientistas descobriram que, se alguém cortar a cabeça de uma planária, outra nasce no lugar mantendo, inclusive, suas memórias antigas. Esse superpoder só quem tem é o/a Doctor Who, que se regenera quando morre, mantendo as memórias.

Polvo-mímico

Muitas pessoas já sabem que os polvos, para se defender, podem liberar uma tinta escura, que confunde os predadores. Mas outra forma de defesa desses moluscos é a camuflagem. Os polvos podem mudar suas cores, textura, opacidade e até refletividade. E o polvo-mímico vai mais longe ao combinar a mudança de cor com a flexibilidade para adotar a forma de outros animais mais perigosos, como o peixe-leão e cobras-do-mar. Levante a mão quem lembrou imediatamente da Mística!

Rã-da-floresta

A rã-da-floresta vive na América do Norte e é um dos poucos anfíbios que consegue sobreviver ao congelamento. Ela faz isso diminuindo o seu metabolismo e aumentando a produção de ureia e açúcares, o que previne que toda a água do corpo seja congelada. Durante o inverno, as rãs-da-floresta ficam congeladas e sem batimentos cardíacos para, na primavera, praticamente voltarem à vida. O Homem de Gelo, dos X-Men, se identifica com esse bichinho do Alasca, com certeza, não é mesmo?

Depois de falar tanto de força, velocidade, venenos e sobrevivência, ficamos com uma pontinha de medo do que esses animaizinhos poderiam fazer conosco. Por isso mesmo, torcemos para que, se um dia eles formarem um supergrupo, que seja de heróis e não de vilões. E você, gostaria de ter um desses superpoderes do Reino Animal?

Incrível/Animais/12 Animais com verdadeiros superpoderes que poderiam inspirar os heróis
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos