Incrível

20+ Provas de que as meninas dão mais trabalho para seus pais do que se imagina

3---
101k

Ned Stark, o personagem da aclamada série “Game of Thrones”, uma vez disse: “Guerra é mais fácil do que filhas”. Essas palavras provavelmente farão muitos pais concordarem sorrindo. Sim, não é nada fácil educar meninas, e é preciso ter um cuidado especial.

Nós, do Incrível.club, admiramos muito os homens que decidem aceitar a missão de educadores. Na nossa seleção de hoje, mostramos heróis que tiveram a grande sorte de criar pequenas princesas.

  • Estava jantando com minha filha de 7 anos. Ela não conseguia abrir o pote de azeitonas. Ofereci para ajudar, mas ela recusou. Gritou e resmungou, mas, por fim, conseguiu abrir sozinha. Fiquei feliz: “Parabéns, filha! Já está independente”. Ela respondeu: “Pai, é porque eu sei que você não vai estar sempre ao meu lado. Preciso aprender uma hora ou outra. Quanto tempo você ainda tem de vida? Vai que você morre, e eu fico aqui sem saber fazer nada”. © Sibirskix / Pikabu
  • Somos uma família jovem, nossa filha tem 3 anos. Certa vez entrei no mercado para fazer uma compra rápida, e parei na seção de linguiças, cogitando se comprava ou não, mas resolvi não levar. Paguei as compras no caixa e, quando ia embora, a funcionária disse: “Você não tem vergonha, não?” Eu fiquei sem entender, e ela pediu que eu mostrasse os bolsos do casaco. Eu mostrei tudo para ela ver que não tinha roubado nada. A funcionária pediu desculpas dizendo que havia alguém que estava roubando salsichas toda semana, e a mais cara. Quando cheguei em casa, contei à minha esposa sobre o ocorrido, e minha filha estava ao lado só escutando. No outro dia, uma amiga da minha esposa perguntou: “Nossa, é verdade que seu marido está roubando salsicha no mercado?” O que aconteceu foi que minha filha resolveu se “gabar” para todos seus amigos da escola, e espalhou que seu pai roubava salsichas e ninguém conseguia pegá-lo. © korarok / Pikabu
  • Temos apenas uma filha. Ela ia interpretar a Branca de Neve na escola. Encomendamos com antecedência o vestido, os acessórios e os sapatos. No dia anterior à apresentação, nossa família foi dormir às 5 da manhã. Todos os preparativos haviam sido finalizados e a roupa foi colocada em um saco preto na sala. Quando acordei, vi um saco preto perto de onde jogamos o lixo. Um minuto depois, minha filha entrou na sala e disse: “Papai, joguei o lixo fora sozinha, está feliz?” Foi então que me dei conta de que todo o trabalho de um mês tinha ido embora pelo buraco negro do tubo de lixo. Não sou capaz de descrever o que aconteceu depois disso e como minha filha não foi para a escola fantasiada. © pomarki / Pikabu
  • Em casa tínhamos umas bombinhas de brinquedo. Fomos dar um passeio, eu e minha esposa, e nossa filha andando na frente com dois amigos. De repente, os três saíram correndo até um lixão, deram a volta e só escutamos o barulho de explosão dentro do lixo. Eu pensei: “Bom, pelo menos eu tenho uma menina”. Ela então disse: “Ouviram o barulho? Fui eu que dei as bombinhas para os meninos e disse em qual lugar jogar”. © Kom1ssar / Pikabu
  • Minha filha de 9 anos experimentava sapatos na loja: “Eles não são modernos o suficiente”. Perguntei: “Por quê?” Ela disse: “Não doem”. Regra universal dos jovens de hoje. © XplodingUnicorn / Twitter
  • Busquei minha filha na escola e fomos andando para casa. No caminho, ela disse: “Papai, hoje eu vou fazer o jantar, tá? Prometi à mamãe que iria te ajudar hoje”. Eu respondi: “Por mim tudo bem. O que vamos comer?” Ela disse: “Sanduíches, mas não me ajude. Vou fazer sozinha!” Eu: “Combinado!” Mais tarde: “Papai, me ajuda a cortar a salsicha. Só rala o queijo ali para mim que eu faço o resto. Pai, abre rapidinho a maionese aqui que não estou conseguindo. Papai, vira o sanduíche aqui que tá quente!” Que sanduíche gostoso esse que minha filha fez. © Sibirskix / Pikabu
  • Postei uma foto na qual eu estava sério e muito bem arrumado. Coloquei a legenda “No trabalho”. Uma mulher comentou na foto: “Viciado, né?!” Minha filha ficou ofendida por alguém ter chamado o pai dela de “viciado” e respondeu: “Cala a boca”. © Bash.im
  • Minha filha de 8 anos entrou na sala, muito chateada, e começou a procurar algo no armário. Eu: “Amor, o que aconteceu?” Ela respondeu: “Entornei o café”. Fiquei assustado na hora e perguntei: “Caiu café quente em você?” Ela me olhou revirando os olhos, como quem já tinha perdido a paciência, e disse: “Pai, se eu tivesse derrubado café quente em mim, você com certeza teria escutado!” © Nedvoray / Pikabu
  • Minha filha de 5 anos perguntou: “Papai, como dá para saber qual maçã está envenenada e qual podemos comer?” Eu: “Nenhuma está envenenada, filha”. Ela: “Diga isso para a Branca de Neve”. © XplodingUnicorn / Twitter

“Normalmente as crianças adormecem abraçando ursinhos de pelúcia, mas minha filha dorme com um pote de molho de alho”

  • Prometi à minha filha que iríamos ao circo no sábado. Ela e o irmão esperaram a semana inteira. Na sexta-feira, no entanto, me pediram para fazer um novo projeto e eu precisaria trabalhar no fim de semana. Avisei para as crianças e disse que poderíamos remarcar para o próximo sábado. Minha filha, então, disse: “Tudo bem, pai. Você cancelou essa semana, provavelmente também vai cancelar na semana que vem. A vida está passando e nós sempre estamos esperando você chegar do trabalho. Eu desmarquei todos os meus compromissos para ficar com você, nem fui para a casa da Natália!” Estamos sentados na 3ª fileira vendo os malabaristas. Marcamos um cinema para o domingo também. Deixei para fazer o trabalho na segunda-feira, “descansado” e “animado”, como minha filha disse. © Sibirskix / Pikabu
  • Pedi às crianças para limparem o apartamento enquanto eu passava no trabalho para resolver algumas coisas. Quando cheguei, minha filha disse: “Papai, arrumamos a casa! Dividimos as tarefas. Meu irmão limpou o quarto, arrumou a cama, varreu, arrumou a mesa da sala, regou as plantas e lavou a louça”. Perguntei: “E você, fez o quê?” E ela disse: “Eu testei as canetas coloridas para ver se todas estavam funcionando. As aulas vão começar em breve!” Eu: “Só isso?” Ela respondeu: “Claro que não! O papel higiênico no banheiro acabou, então pendurei um rolo novo!” © Sibirskix / Pikabu
  • Meu marido estava assistindo a TV na sala, e eu lavava as folhas de repolho na cozinha para o jantar. Nossa filha de 2 anos se aproximou, pegou uma folha de repolho e levou para o pai sentado no sofá. Ele disse: “Ah, obrigado filha. Sua mãe nunca me dá comida”. A criança ficou animada e voltou para pegar mais uma para levar até o pai. Isso se repetiu algumas vezes. Depois, meu marido entrou na cozinha, tirando um pedaço de papel mastigado da boca, dizendo que não tinha olhado o que a filha entregou e simplesmente começou a comer! © Bash.im
  • Minha filha (7 anos) resolveu saber mais sobre trabalho. Ela me perguntou: “Papai, eu posso me tornar presidente se já for rainha?” Isso que significa sonhar grande! © XplodingUnicorn / Twitter
  • Estava levando minha filha à escola. Saímos mais cedo do que o normal e havia poucas pessoas na rua. O tempo estava ótimo, sem vento. Minha filha adora falar e conversar, mas nesse dia estava calada. Eu perguntei: “O que aconteceu com você hoje? Tá quieta!” Ela: “Pai, estou preocupada”. Eu: “Preocupada com o que, filha?” Ela: “Com a colheita”. Respondi: “Mas por que você está pensando nisso? Nós já colhemos tudo da nossa fazenda, depois vamos comer”. Filha: “Não, pai, estou preocupada com a colheita no país. O tempo está tão bonito, mas não tem ninguém na rua. Quem vai pegar a colheita? Será que haverá fome como na África? E o que nosso governo está pensando?” Nunca mais fomos tão cedo para a escola, melhor sair quando tem mais gente na rua. © Sibirskix / Pikabu

  • Levei minha filha de 5 anos ao shopping para comprarmos um presente para a avó dela. Decidimos comprar um celular. Enquanto eu escolhia o modelo, ela passeava pela seção de bolsas para meninas. Terminamos as compras com um celular e uma bolsa nova. No carro, minha filha disse: “Você é o melhor pai do mundo, te amo muito! Vou morar com você e a mamãe para sempre, até vocês morrerem. Não me importo quanto tempo leve, nem que seja 10 anos”. No momento dessa declaração maravilhosa, eu tinha 40 anos e a mãe dela, 35. © Sibirskix / Pikabu
  • Recebemos em casa alguns amigos da minha filha. Eles decidiram brincar de “Stop”: uma pessoa escolhia uma categoria, e os outros tinham que falar nomes de coisas pertencentes àquela categoria. Primeiro começaram com “animais”, depois “cores” e assim por diante. Então chegaram ao tema “filmes”. As crianças começaram a responder:
    — Dumbo!
    — Star Wars!
    — Toy Story!
    Falaram todos os mais conhecidos e minha filha disse:
    — O Grande Torpedo do Deserto!
    As crianças continuaram:
    — Procurando Nemo!
    — Frozen!
    — Os Incríveis!
    Chegou a vez da minha filha novamente:
    — Submarinos de Alumínio!
    Depois de muito tempo, ela terminou vencedora. Todos foram embora, e eu perguntei:
    — Filha, quando foi que você assistiu a esses filmes?
    — Não vi nenhum pai. Os filmes não existem, mas se você falar com confiança, as pessoas acreditam. Não gosto de perder. © Sibirskix / Pikabu

  • Minha filha (6 anos) me perguntou: “Papai, o que significa ‘malandro’?” Eu respondi: “É... Imagina que seu amigo da escola, o Pedro, te chama para ir ao cinema às 18:00. Você aceitaria?” Ela: “Sim”. Eu: “E depois ele convida a Tânia para ir ao cinema às 20:00, e ela também aceita. Depois convida a Cristina para ir às 22:00, e ela também aceita. Então, o Pedro é um malandro”. Ela respondeu: “Entendi”. Eu: “O que exatamente você entendeu?” Filha: “Ah, o Pedro é muito legal. Ele sempre vai ao cinema, já deve ter visto vários filmes. Eu queria que... ele ficasse comigo para deixar a Tânia e a Cristina com ciúme”. Não soube mais o que dizer. Estou sentado na cozinha agora esperando minha esposa chegar para passar essa “batata quente” para ela. © Sibirskix / Pikabu
  • Há 2 anos, minha filha fez um presente de Dia dos Pais na escola: capinha para minha identidade. Mas a capa era pequena demais e o documento não cabia. Como um pai amoroso que sou, não quis chatear minha filha e resolvi pegar a tesoura e cortar uma parte da identidade. Pronto, resolvido. Fiz de um jeito que ainda desse para ver o número e os dados perfeitamente. Minha filha ficou extremamente feliz. Eu andei com essa identidade cortada por muito tempo, mas, recentemente, precisei abrir uma conta nova no banco e, sem me dar conta, mostrei o documento para o gerente. Você precisava ver como ele me olhou nessa hora. Tive de fazer uma identidade nova. © val2590my / Pikabu
  • Um homem se sentou ao meu lado no metrô. Ele estava vestido de terno, com uma pasta e muito bem arrumado. Ele tinha o cabelo longo que estava preso com um elástico rosa e um pompom na ponta. Achei que não estava combinando com o resto da roupa e resolvi perguntar: “Desculpa incomodar, mas você colocou esse pompom propositalmente?” Ele: “Ai, caramba. Obrigado por avisar (tirando o pompom). Minha filha amarrou meu cabelo antes de eu sair de casa. Nem olhei no espelho. Da última vez ninguém me avisou e entrei assim no escritório”. © MadTillDead / Pikabu

Pais de meninas, quais peripécias suas filhas já aprontaram? Comentem!

Imagem de capa pomarki / pikabu
3---
101k