Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Frases que os pais não devem dizer aos filhos (se desejam que eles cresçam felizes)

5-34
10k

Sem dúvidas, pais amorosos e conscientes desejam o melhor para seus filhos. Para lhes oferecer o melhor, acabam controlando cada passo da criança, ensinam, instruem e motivam incansavelmente. No entanto, certas frases dos adultos, que à primeira vista parecem completamente inofensivas, podem causar sérios danos à psique infantil não formada. Costumamos pronunciar essas palavras de forma automática sem sequer pensar, porque a maioria de nós as ouviu de nossos pais.

Com base na opinião dos psicólogos, nós, do Incrível.club, fizemos uma lista das frases que podem afetar a percepção de vida de uma criança por muitos anos.

1. “Você pode se tornar quem você quiser”

É maravilhoso apoiar as crianças em seus hobbies e metas futuras de todas as maneiras possíveis. No entanto, a ambição excessiva das crianças, segundo estudos, pode ter um efeito negativo. É importante comunicar aos seus filhos que eles devem ter um plano de backup caso não consigam realizar seus sonhos de carreira. Nem toda criança pode se tornar um cirurgião talentoso, um astronauta ou uma estrela do futebol, mesmo que se esforce muito para alcançar seu objetivo. E isso é completamente normal.

A tarefa dos pais é criar a criança para ser realista, ensinar a estabelecer metas alcançáveis e prepará-las para o fato de que poderão esperar decepções em suas vidas.

2. “Faça mesmo assim”

No caso de atividades físicas, tais instruções podem prejudicar a criança. Na maioria das vezes, isso se aplica aos pais que tentam realizar os seus sonhos através de seus filhos, por exemplo, forçando as crianças a se tornarem bailarinas ou estrelas do esporte. Exercícios excessivamente intensos podem causar lesões que serão carregadas por todo o futuro do seu filho. Ensine-o a ouvir seu próprio corpo e a reagir a tempo ao sentir dor e desconforto.

3. “Você é igual ao seu pai/mãe”

Não há nada errado em comparar crianças com qualquer membro de sua família de uma maneira positiva. Porém, muito frequentemente, essas frases são usadas de maneira negativa. Além disso, o comportamento não apenas da criança, mas também dos pais, é criticado quando isso acontece. Isso confunde os filhos, obriga-os a escolher o lado da mãe ou do pai, e a tentar agradar um deles.

4. “Você é o melhor de todos!”

Mesmo que você diga essas frases com a melhor das intenções, idealizar uma criança pode ter consequências negativas para sua autoestima. Isso pode levar as crianças a não se atreverem a experimentar algo novo, com medo de fracassar e não corresponder às expectativas de seus pais.

5. “Coma verduras, são muito saudáveis”

Segundo pesquisadores da Universidade de Chicago, para crianças, a palavra “saudável” ao longo do tempo se torna sinônimo de “sem gosto”. Por causa disso, eles podem recusar qualquer alimento saudável sem sequer experimentar. Se você quer que seu filho coma couve-flor, por exemplo, é melhor dizer que ela é deliciosa e crocante.

6. “Não bata no seu irmão/irmã”

É completamente normal ficarmos com raiva, ou sentirmos emoções negativas em relação a uma determinada pessoa. Tanto as crianças quanto os adultos muitas vezes não são capazes de influenciar seus sentimentos, mas podemos encontrar uma maneira de gerenciá-los. É essencial ensinar isso a uma criança: aceitar emoções e controlar suas reações. A frase “não bata no seu irmão” ou “não implique com a sua irmã”, sem mais explicações, não é suficiente. Nenhuma criança responderá honestamente: “Tá bom, não vou mais fazer isso!”

Tente ensinar aos seus filhos que eles não devem reprimir suas emoções; no entanto, é errado direcioná-las a agredir fisicamente seus entes queridos. Incentive seu filho a jogar a sua negatividade em um travesseiro ou brinquedo, desenhe uma imagem que reflita seus sentimentos ou simplesmente os descreva com palavras.

7. “Não chore por besteiras”

Não diminua os problemas do seu filho. Talvez, para ele, isso seja um absurdo, mesmo que estejamos falando de um brinquedo perdido. Ao mostrar negligência às crianças, você pode perder a confiança delas, e isso pode fazer com que elas não procurem conselhos ou ajuda quando acontecer algo realmente sério.

8.“Deixe-me ajudar”

A capacidade de uma criança de determinar quando realmente precisa de ajuda externa e quando pode lidar com os problemas sozinha, é uma das habilidades mais importantes que precisa ser adquirida desde cedo. Muitos pais suprem excessivamente as necessidades de seus filhos, por exemplo, ajudando-os na lição de casa, o que eles mesmos poderiam fazer. Na idade adulta, essas pessoas enfrentam dificuldades ao assumirem um novo emprego, temendo fracassos.

9. “Não toque, vai quebrar”

Se você repetir essas frases constantemente, isso fará com que a criança cresça constrangida e insegura. Após essas palavras, é provável que o bebê deixe cair ou quebre alguma coisa, porque você a pré-configurou para esse resultado. Na idade adulta, essa pessoa pode ter medo de construir uma carreira — ela terá certeza de que não terá sucesso, o que significa que não vale a pena começar. Se você tem medo de que uma criança possa quebrar ou arruinar algo valioso, é melhor dizer: “Tenha cuidado com isso. Eu tenho medo de que isso quebre. ”

10. “Você é muito inteligente”

À primeira vista, essa frase parece ser uma boa maneira de elogiar uma criança, mas pode convencê-la de que não é necessário se esforçar para ter sucesso, porque ela tem um talento ou inteligência superior por natureza. É melhor incentivar o trabalho duro e o esforço da criança, em vez de suas qualidades. Por exemplo: “Você trabalhou tão duro neste projeto”, “Eu sabia que você seria bem-sucedido, porque gastou muito tempo e se esforçou muito”.

11. “A mamãe não está chorando, está tudo bem”

Ao tentar proteger seus filhos de preocupações, alguns pais colocam uma máscara falsa de felicidade na frente deles e fingem que está tudo bem. No entanto, as crianças sentem muito sutilmente a falsidade, e isso as assusta. Se você suprimir emoções negativas e tentar mostrar emoções positivas, isso piorará não apenas seu próprio estado, mas também seu relacionamento com seu filho. Você não precisa contar a ele tudo o que acontece, mas é importante mostrar às crianças, pelo exemplo, que elas não devem ter vergonha de seus próprios sentimentos.

12. “Não fale com estranhos”

No caso de crianças pequenas, esse conceito é muito complicado de se entender. Além disso, eles podem começar a evitar todos os desconhecidos, incluindo aqueles que estão tentando ajudá-las, como policiais ou bombeiros. Em vez de proibir a criança de falar com estranhos, é melhor explicar como se comportar em situações específicas, por exemplo, se algum homem suspeito oferecer doces e chamá-la para sua casa.

E você, usa essas frases com seus filhos frequentemente? Quais outras frases considera prejudiciais à psique das crianças?

5-34
10k