Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Cientistas explicam por que os secadores de mãos são tão nocivos (você nunca mais vai querer usá-los)

4--4
403

Você pode até achar que está sendo higiênico e ecologicamente correto ao lavar as mãos e usar os secadores de ar quente dos banheiros públicos. Só que, na verdade há um risco oculto nessa situação, pois os cientistas suspeitam de que esses aparelhos podem espalhar muitas bactérias em mãos recém-lavadas.

Incrível.club está pronto para verificar essa ameaça bacteriana e compartilhar os resultados com você. O bônus no final talvez faça com que não queira mais usar esses secadores.

Eles espalham vários tipos de germes

Os secadores de mãos ganharam popularidade por serem fáceis de usar. Além disso, são vistos como ecologicamente corretos, pois evitam o uso de papel toalha. Mas, nos últimos anos, passou a ganhar corpo a ideia de que podem disseminar germes.

Para descobrir se isso é verdadeiro ou não, pesquisadores da Universidade de Connecticut e da Universidade Quinnipiac, nos EUA, colocaram várias placas de Petri (usadas para a cultura de bactérias) em secadores de mãos em diferentes condições e depois as examinaram em laboratório.

As placas de Petri deixadas nos banheiros por 2 minutos com os secadores de mãos desligados apresentaram, em média, apenas uma colônia bacteriana. Já as placas expostas por 30 segundos aos secadores possuíam de 18 a 60 colônias de germes.

Pesquisas posteriores revelaram que a maior parte das bactérias veio justamente do ar do banheiro. E essas bactérias eram originárias principalmente de sapatos, pele e intestinos. As bactérias da pele foram encontradas em superfícies que geralmente são tocadas pelas mãos (por exemplo, torneiras ou maçanetas); já as dos calçados eram as mesmas encontradas no chão e as fecais eram dos mesmos tipos das encontradas nos dispositivos da descarga e assentos sanitários.

Fechar a tampa do vaso minimiza o problema

Se você não fechar a tampa antes de dar a descarga do vaso sanitário, contribuirá para a disseminação de germes. Porque toda vez que dá descarga, uma nuvem de bactérias originárias do cocô ou da urina é emitida no banheiro. Se a tampa estiver aberta, todos esses germes se acomodarão em suas bolsas e roupas e cobrirão as superfícies do banheiro. Então, se não quiser piorar o problema, a melhor ideia é fechar a tampa antes de dar a descarga.

O quanto o problema é sério?

Embora existam evidências de que os secadores de mãos podem ser responsáveis por despejar germes em nossas mãos recém-lavadas, ainda há alguns aspectos a serem mais bem estudados. E há boas notícias. A maioria dos micróbios encontrados durante os estudos é relativamente inofensiva. Esses germes não são capazes de causar doenças graves em pessoas saudáveis ​​e, em alguns casos, podem até ajudar no fortalecimento do sistema imunológico.

Mas existem alguns grupos de pessoas que exigem mais cuidados. Estamos falando daqueles com sistema imunológico enfraquecido ou que estão se recuperando de doenças graves. Também é melhor ficar atento ao visitar hospitais ou outros estabelecimentos de saúde, já que foram detectados germes nocivos nesses locais.

Toalhas de papel são uma alternativa

Portanto, há uma pequena chance de pegar uma doença grave ao usar secadores de ar. Mas, se quiser diminuir ainda mais essa chance, use toalhas de papel. Elas aparentemente são uma maneira mais higiênica de secar as mãos, de acordo com este estudo.

Bônus: Aqui está mais uma razão para considerar toalhas de papel. Parece que alguns desses secadores de mãos nunca foram higienizados

O que você usa em banheiros públicos: secadores de mãos ou toalhas de papel? Por quê?

4--4
403