Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Estudo revela que você não deve ignorar as más lembranças, mas sim enfrentá-las

----
201

Quando algo ruim ou triste acontece, provavelmente não gostamos lembrar. Muitos tentam ignorar esses momentos, resistem a pensar neles ou se enganam como Scarlett O’Hara, dizendo que não pode se preocupar com eles neste momento, e que vai pensar neles depois. Mas a solução para superar essas situações ruins é exatamente o oposto de tal atitude, ou seja, consiste em lembrá-las. Pode parecer contraditório, mas há evidências científicas que sustentam essa afirmação.

No Incrível.club queremos mostrar para você que existem maneiras de voltar a se sentir bem e que é muito fácil encontrá-las. E no post de hoje vamos falar sobre uma delas!

Como o cérebro e a memória funcionam

O cérebro humano não tem capacidade de armazenar todas as informações recebidas diariamente, ou seja, ele não consegue se lembrar de tudo. Por essa razão, o esquecimento é vital, uma vez que seleciona as informações de que não precisamos, apagando-as da memória.

E isso também acontece com os eventos que provocaram tristeza. O mais comum é que as pessoas procurem se esquecer intencionalmente dessas situações, deixando de pensar no que aconteceu ou se distraindo, para focar a atenção em outras tarefas, mas isso nem sempre funciona.

Para esquecer de algo, é preciso recordar a situação

A solução para esquecer uma lembrança ruim é o oposto de ignorá-la. Uma pesquisa conduzida por pesquisadores da Universidade do Texas, nos EUA, revelou que esquecer de algo intencionalmente é mais fácil quando o cérebro presta mais atenção ao que quer eliminar da sua memória. Basicamente: se você quer se esquecer de alguma coisa, deve tentar se concentrar nela.

Os cientistas conduziram uma pesquisa pioneira

“Queremos eliminar aquelas lembranças que desencadeiam comportamentos desajustados, tais como pensamentos traumáticos, para que possamos responder a novas experiências de modo mais adaptativo”, disse Jarrod Lewis-Peacock, diretor de pesquisa.

Para descobrir como conseguir isso, os pesquisadores não se concentraram no que os cientistas já tinham examinado anteriormente (hipocampo, que é o centro da memória, localizado no meio do cérebro), mas optaram por trabalhar com o córtex temporal ventral, responsável por processar estímulos que nos fazem lembrar dos momentos vividos.

Como a pesquisa foi conduzida

Os cientistas monitoraram os cérebros de 24 jovens adultos que foram incumbidos de observar imagens de alguns rostos. Um grupo recebeu instruções para se lembrar dos rostos e o outro para esquecê-los. Ao comparar as reações do cérebro, os pesquisadores perceberam que as pessoas que foram convidadas a esquecer os rostos, processaram mais informações para conseguir cumprir a tarefa e prestaram mais atenção neles.

Quanto é preciso se lembrar de um evento para conseguir esquecê-lo

A atenção necessária sobre uma lembrança não deve ser obsessiva nem mínima, mas equilibrada, explica Tracy Wand, psicóloga que fez parte da equipe da pesquisa. “A coisa mais importante é que a intenção de esquecer é o que ativa nosso cérebro”, disse, acrescentando: “Quando essa ativação chega a um nível moderado, ela nos leva a esquecer a experiência”.

O estudo confirma teorias psicológicas

O estudo respalda em teorias anteriores de psicologia que afirmam que, para esquecer algum fato lamentável, o que devemos fazer é compreendê-lo, e isso só será possível se for dada a devida atenção a ele.

As teorias sustentam que compreender um evento significa aprender com ele, para que nos sirva no futuro como uma ferramenta para não passar pela mesma circunstância negativa novamente. Em outras palavras, compreender o passado é aprender com ele e isso nos prepara para o que está por vir. Só com essa tranquilidade, de estarmos preparados para enfrentar outro momento ruim, é que podemos superar a lembrança negativa.

Você tentaria esquecer alguma lembrança ruim com esse método? Já conseguiu superar alguma experiência negativa? Compartilhe suas dicas com todos nos comentários!

----
201