Incrível

Budweiser corrige cartazes machistas dos anos 50 e mostra que o mundo avança rumo à igualdade de gênero

A fabricante de cerveja Budweiser lançou recentemente propagandas que estão dando o que falar. As peças foram produzidas seguindo uma técnica vintage colorida, mas não é exatamente isso que vem chamando atenção do público. A novidade é que a campanha é muito similar aos cartazes que a própria empresa divulgava nos anos 50 e 60 e dos quais não sente o menor orgulho. Em 2019, os publicitários corrigiram uma parte importante dessas peças.

O Incrível.club comparou como a sociedade mudou nas últimas décadas, retratando isso por meio das propagandas dessa icônica marca. Acompanhe:

Até o século passado, o papel de uma mulher na sociedade costumava se resumir às tarefas de esposa e dona de casa, sempre subordinada ao marido. Essa imagem foi reforçada pelos meios de comunicação, incluindo a publicidade, já que eles refletem o mundo real. E uma marca como a Budweiser, fortemente ligada ao universo masculino, não era exceção.

O cartaz abaixo, por exemplo, é de 1956 e é voltado diretamente às mulheres, mas só para convencê-la de que o produto é perfeito para os maridos, que certamente ficarão satisfeitos. Logo, a mulher (ou seja, a dona de casa), deve (ou deveria) sempre preferir essa marca. Aquilo que agradava ao público feminino e as opiniões das mulheres sobre o produto não vinham exatamente ao caso. Simplesmente não eram importantes.

“Ela descobriu que se casou com dois homens. Na verdade, isso aconteceu com todas as mulheres... pois existe sempre aquele homem interior, você sabe. E pense em todo o planejamento envolvido nas refeições preparadas para agradá-lo. Quando você planeja um prato, está sendo honesta consigo mesma? Você elogia seus pratos deliciosos servindo a melhor cerveja já produzida? PS.: É um fato: a Budweiser tem agradado mais maridos do que qualquer outra bebida já conhecida”. Ano de 1956.

O modelo tradicional de esposa envolvia incondicionalmente o papel de dona de casa e cozinheira, que era obrigada a alimentar bem o próprio marido quando ele chegasse do trabalho. A única coisa que o homem precisava fazer era afrouxar a gravata e curtir sua cerveja.

“O jantar está quase pronto e cheira muito bem. Afrouxe a gravata e aproveite sua Budweiser”. Ano de 1962.

Naquela época, a publicidade destacava apenas os homens. A mulher aparecia sempre atrás, satisfazendo os caprichos do marido. Por exemplo, neste pôster de 1958, a esposa é retratada quase como uma serviçal, servido cerveja ao homem.

“As credenciais do rei! O rei das Cervejas imprime seus ingredientes diretamente no rótulo. Você conhece outra cerveja que faça o mesmo?” Ano de 1958.

Felizmente, as décadas se passaram e muita coisa mudou. O mundo percorreu um longo caminho rumo à igualdade de gênero e a uma sociedade mais igualitária de maneira geral. E como a publicidade reflete os processos pelos quais passa a sociedade, ela também precisou se adequar.

No cartaz “corrigido”, a Budweiser não se posiciona mais como um produto “masculino”, e sim voltado para qualquer pessoa.

“Ela descobriu que tem tudo. Na verdade, ela nunca se sentiu mais realizada. Porque está rodeada por pessoas que a aceitam como ela é, por dentro e por fora. E isso é tudo o que ela precisa. PS.: É fato: a Budweiser pode ser apreciada por qualquer pessoa, em qualquer lugar”. Ano de 2019.

Contudo, muita gente considera que ainda há um longo caminho a percorrer. “Hoje, apenas 61% dos materiais promocionais mostram mulheres de maneira positiva”, afirma a Budweiser. “Queremos contribuir para ver o mundo da publicidade chegar aos 100%”.

“Lar é onde a vida acontece. E a vida acontece quando vocês a constroem juntos”. Ano de 2019.

Nos dias de hoje, os casais costumam cozinhar juntos e, depois, aproveitar uma boa refeição. A grande realidade é que às vezes nem é preciso cozinhar, pois é possível pedir seu prato preferido e dedicar um ao outro o tempo que seria passado na cozinha. Essas pequenas alegrias são tão importantes para homens quanto para mulheres.

“É sexta-feira, sua comida favorita acaba de chegar. Abra uma Bud gelada e curta um tempo consigo mesma”. Ano de 2019.

O que você acha da mudança de posicionamento dessa marca? Comente!

Imagem de capa budweiser