Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

8 Fatores que anulam qualquer tentativa de ter cabelos longos, segundo especialistas

Muitas pessoas sonham com um cabelo longo e saudável. Mas não é tão fácil fazê-lo crescer, e há muitas razões para isso. Neste post, revelamos as principais. Portanto, assim que você descobrir o motivo pelo qual seu cabelo não cresce o suficiente, poderá resolver o problema de forma rápida e saudável.

Incrível.club procurou descobrir o que impede nosso cabelo de crescer e o que é possível fazer para resolver isso de maneira simples e eficaz. Nossa equipe buscou a versão de vários tricologistas, os profissionais responsáveis pelo estudo da saúde dos cabelos.

1. Falta ferro em seu corpo

A anemia, ou falta de ferro no corpo, é uma das causas mais comuns que afetam negativamente o crescimento do cabelo. Para confirmar ou excluir essa causa, é necessário fazer uma análise de sangue e verificar o nível de hemoglobina.

Se está abaixo do normal, inclua em sua dieta ou aumente o consumo de vegetais verde-escuros, carne, frutos do mar e legumes. Depois de 2 semanas, repita a análise e, se a hemoglobina estiver no mesmo nível, pergunte ao seu médico se você precisa tomar suplementos de ferro.

2. Não dorme o suficiente

O hormônio melatonina tem um grande efeito sobre o crescimento do cabelo. Ele é produzido somente quando uma pessoa dorme e em total escuridão. Dormir menos de 8 horas por dia é um problema para o cabelo. E dormir menos de 6 horas é um desastre.

Mas, se você ainda não tem condições de resolver essa questão, pode adotar o seguinte método: antes de ir deitar, aplique uma solução de melatonina a uma concentração de 0,0033% no couro cabeludo. Estudos demonstraram que esse tratamento aumenta a densidade do cabelo em cerca de um centímetro quadrado, sendo 54,8% depois de 3 meses e 58,1% depois de 6 meses.

3. Corta os cabelos com frequência

Por alguma razão, acreditamos que precisamos cortar as pontas secas uma vez por mês. No entanto, se fizermos um cálculo simples, entenderemos que esse hábito nunca nos permitirá ter o cabelo longo. Em média, o cabelo cresce de 1 a 1,5 centímetro por mês, e tiramos pelo menos esse comprimento ao cortar. Se o seu cabelo não está desgastado com tinturas e cortes, é suficiente cortá-lo uma vez a cada 3 meses.

4. Tomou antibióticos

Os antibióticos pioram a microflora intestinal e isso afeta a velocidade de crescimento do cabelo de forma direta. A microflora intestinal é uma barreira protetora de nosso corpo e pode ser danificada pelos antibióticos. Como resultado, toxinas começam a entrar no corpo. Por meio da corrente sanguínea, elas chegam aos folículos capilares e os destroem.

Esse problema pode ser resolvido com a ajuda de probióticos de alta qualidade ou simplesmente esperando até que a microflora se recupere de forama natural. Em média, isso leva em torno de um mês.

5. Seu comprimento máximo do cabelo tem um componente genético

O comprimento máximo do cabelo é uma característica transmitida geneticamente. Para a maioria das mulheres, varia de 40 a 70 centímetros. Pode ser que seu comprimento máximo seja até a metade das costas, e as tentativas de fazê-lo crescer mais sejam sempre difíceis.

Por fim, cabe lembrar que estudos estatísticos sobre a beleza do cabelo acabaram revelando que um comprimento entre 30 e 40 centímetros (ou seja, abaixo dos ombros) é considerado o mais atrativo.

6. Tem problemas com o sistema endócrino

Os problemas com sistema endócrino, tais como enfermidades da tireoide e questões relacionadas a hormônios sexuais, também afetam o estado e o comprimento do cabelo. Por exemplo, o predomínio dos hormônios sexuais masculinos em uma mulher pode provocar problemas de crescimento do cabelo nas zonas frontais e nas laterais até o topo.

7. Está na menopausa

A principal causa da perda de cabelos durante a menopausa é o desequilíbrio hormonal. A quantidade de hormônios sexuais femininos diminui drasticamente no corpo de uma mulher e, ao mesmo tempo, começam a ser produzidos os hormônios masculinos. Além disso, aparecem problemas na glândula tireoide e outros órgãos vitais ou sistemas corporais relacionados com a idade. Tudo isso afeta o crescimento normal do cabelo.

8. Não se alimenta de forma saudável

A má nutrição afeta a regeneração celular e debilita os cabelos. É importante seguir a rotina, não pular as principais refeições, excluir alimentos prejudiciais e não fazer muitas dietas. Não é recomendável excluir a carne durante muito tempo. Consuma proteínas (leite, peixe, nozes, ovos) e ácidos graxos essenciais (óleo de oliva, nozes).

Você conseguiu identificar o problema que está impedindo seu cabelo de crescer mais? Comente!