Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

5 Iniciativas de mulheres que nos ensinam a amar nossos corpos sem ligar para estereótipos

Magras, altas, com cabelo perfeito, maquiagem e roupas impecáveis... As pressões sociais exigem de nós, mulheres, algo que, na realidade, não somos. E isso desde a infância! Consequentemente, na infância, adolescência e mesmo na vida adulta, podemos sentir dificuldade em gostar de como somos, já que nem sempre conseguimos seguir os padrões mostrados na mídia por meio de mulheres lindas, que parecem nunca ter sofrido com dramas como espinhas e celulites. Contudo, de alguns anos para cá, estamos vendo exemplos de pessoas que tiveram a iniciativa de mostrar a beleza da mulher real, sem Photoshop nem disfarces.

Neste post, o Incrível.club compartilha com você 5 iniciativas cujo objetivo é conscientizar sobre a beleza que todos os corpos têm naturalmente.

1. “Lembrança do pós-parto”

Depois da gravidez, muitas mulheres acabam sentindo vergonha do próprio corpo. Afinal, ele pode sofrer deformações enquanto estica durante os 9 meses, e isso é um processo natural. Contudo, ele pode ser tão traumático que raramente vemos nas redes sociais imagens de corpos femininos após o parto. Sabendo disso, um perfil no Instagram decidiu mostrar o quanto as mães ganham uma beleza incrivelmente real depois de terem filhos.

As imagens publicadas na Take Back Postpartum (algo como "Lembrança do pós-parto) são repletas de coragem e sinceridade. Iniciativas como essa mostram que é perfeitamente possível perder o medo de nos mostrar como somos, ainda que nossas pernas ou barriga não estejam se encaixando naquilo que os estereótipos de beleza estabelecem.

2. “Cachos naturais”

Durante parte do século XX, em algumas culturas, os cachos femininos não eram vistos com bons olhos, levando muita gente a alisar os próprios fios. O estereótipo da mulher com cabelos longos e lisos nasceu naquela época, o que fez com que muita gente, como as afro-americanas, por exemplo, se sentisse obrigada a ficar sempre de cabelo preso, só para se adequar às normas da sociedade.

Felizmente, nos últimos 20 anos, essa tendência começou a ficar para trás. Iniciativas como a Naturally Curly (“Naturalmente cacheada”) pretendem revelar o belo visual proporcionado pelos cabelos cacheados. As fotos postadas ali mostram que cachos garantem um look tão jovial quanto sofisticado, e que eles nunca devem ser escondidos.

3. “Orgulho e positividade latinos”

Essa organização feminista conscientiza sobre a importância de cada pessoa amar a si mesma, apostando no pensamento body-positive. Em um perfil no Instagram, as organizadoras promovem eventos e oficinas para mulheres que fazem parte de minorias. Os grupos se reúnem e dividem experiências pessoais sobre a vida, sobretudo sobre como aprender a admirar o próprio corpo. O intuito é o de ressignificar a beleza, não apenas a exterior, mas também aquela que está dentro de cada uma de nós.

4. “Eu importo”

Para as pessoas por trás da iniciativa I Weigh (“Eu importo”), o essencial é criar consciência, por meio de fotos honestas, sobre a diversidade corporal. O perfil pertence a representantes do movimento LGTBQ, e pretende deixar claro, em um mundo tomado por ideias estereotipadas, que todos os corpos, independentemente de orientação sexual, são belos. O que é diferente também é muito bonito!

5. “Amamos nosso tamanho”

Fazer com que as mulheres gostem de si mesmas, independentemente do manequim que usem, é o objetivo central do We Love Our Size (“Amamos nosso tamanho”). As fotos postadas por esse perfil mostram que toda mulher é bonita, ainda que esteja com o cabelo despenteado ou tenha estrias. As pessoas responsáveis pela campanha querem ajudar todas que se envergonham na hora de mostrar o corpo ou a personalidade de maneira aberta. Para elas, não existe nada mais belo que um corpo natural, sincero e orgulhoso das próprias peculiaridades.

Você conhecia alguma das iniciativas citadas acima? Em sua opinião, o que é necessário fazer para que as pessoas mudem os próprios conceitos envolvendo a beleza natural da mulher? Comente!