Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Barbies inspiradas na cultura do México são alvo de polêmica pelo alto preço da boneca do Dia dos Mortos

O Dia dos Mortos é uma data muito comemorada em países como México, Guatemala, El Salvador, Belize, Honduras, Nicarágua e Costa Rica. No dia 2 de novembro (data que, por sinal, coincide com o dia de Finados no Brasil) as pessoas homenageiam aqueles que já não estão mais entre nós. Foi pensando nessa comemoração que a empresa Mattel, fabricante da Barbie, decidiu lançar no mercado uma edição característica da boneca vestida de preto com uma coroa de flores e uma maquiagem no estilo ’La Catrina’.

Hoje, o Incrível.club traz uma lista com as Barbies que foram lançadas para representar a cultura mexicana. No final, trazemos um bônus com as bonecas criadas com trajes típicos de outros países — inclusive uma do Brasil.

1. Barbie Mariachi

Em 2014, a Mattel lançou uma edição da famosa boneca com o tradicional traje mariachi: jaquetinha, calça comprida, chapéu preto com bordado dourado, uma gravata rosa e botas pretas de cano alto. A empresa estava convencida de que essa seria uma maneira mais do que especial de homenagear as tradições mexicanas.

2. Barbie Frida Kahlo

Como parte da edição ’Mulheres que inspiram’, já divulgada aqui no site, a Mattel lançou uma Barbie Frida Kahlo, uma das figuras mais emblemáticas e importantes na história do México. Contudo, a boneca gerou uma grande polêmica e a Frida Kahlo Corporation e a Mattel acabaram se encontrando nos tribunais. Quem saiu ganhando foi Mara Romeo, sobrinha-neta e herdeira universal da pintora. A decisão da justiça determinou que o produto não podia ser vendido no país asteca.

3. Barbie Princesa do Antigo México

Em 2004, para uma edição das ’Princesas do Mundo’, a Mattel apresentou a Barbie do Antigo México. O que mais se destaca nessa boneca são os detalhes das joias pré-hispânicas e sua roupa de algodão, decorada com plumas.

5. Barbie Cinco de Maio

O dia 5 de maio é uma data muito importante para os mexicanos: é quando eles comemoram a Batalha de Puebla, o primeiro enfrentamento vitorioso do exército mexicano contra os estrangeiros, especificamente a França. A Mattel decidiu homenagear o acontecimento lançando uma boneca vestida com um traje branco e detalhes em vermelho e em verde.

6. Barbie Dia dos Mortos

Essa polêmica boneca foi lançada recentemente como uma homenagem ao Dia dos Mortos, comemorado em 2 de novembro. Trata-se de uma Barbie com vestido preto, detalhes de flores e uma maquiagem no estilo da caveira ’La Catrina’ - representação do esqueleto de uma dama da alta sociedade criada pelo artista mexicano José Guadalupe Posada. A polêmica ocorreu porque as pessoas consideraram a boneca uma apropriação cultural, principalmente porque ela foi vendida por aproximadamente 300 reais.

7. Barbie Mexicana

Em 2013 foi apresentada uma boneca com um traje típico do México. Ela também causou incômodos porque carregava um cachorro chihuahua e um passaporte, objetos que foram recebidos como uma ofensa. A marca se manifestou com o argumento de que todos os exemplares da edição ’100 Bonecas Barbie do Mundo’ vinham com um documento de viagem e um bicho de estimação.

Bônus: outras Barbies da América Latina

1. Chile

2. Peru

3. Brasil

4. Argentina

5. Porto Rico

Você considera que há algum tipo de apropriação cultural no lançamento dessas bonecas? O que achou da Barbie do Dia dos Mortos? E das outras? Compartilhe a sua opinião nos comentários.