Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Estudo sugere que maridos com esposas controladoras vivem mais e são mais saudáveis

4-21
911

Você já ouviu a expressão “esposa feliz, vida feliz”? Se concorda, prepare-se para conhecer mais detalhes de um estudo que concluiu que o mais correto seria “esposa controladora, vida saudável”. Estudos anteriores mostraram que os cônjuges podem afetar a saúde e a longevidade um do outro. Já esse novo estudo mostra como é importante para a relação que a mulher seja controladora.

Incrível.club analisou a pesquisa para entender melhor como um marido pode se beneficiar da relação com uma esposa cujo perfil é mais controlador. Confira mais detalhes abaixo!

Esposas insistentes podem ser boas para seus maridos

Segundo uma pesquisa liderada por um sociólogo da Universidade Estadual de Michigan (EUA), quando o homem é infeliz, sofre um menor risco de desenvolver diabetes. Além disso, mesmo quando acaba desenvolvendo a doença, a probabilidade de o tratamento ser bem-sucedido é maior graças ao papel da esposa.

Hui Liu, o diretor da pesquisa, explica que isso acontece porque algumas esposas monitoram constantemente a saúde de seus maridos, principalmente se eles estão com problemas de saúde ou apresentam doenças como diabetes, que exigem uma atenção frequente. No entanto, os maridos podem se sentir incomodados com esposas que sempre dizem a eles o que fazer.

O diabetes é a sétima principal causa de morte nos Estados Unidos, um dado bastante significativo. A pesquisa avaliou 1.228 pessoas casadas há mais de 5 anos, com idades entre 57 e 85 anos. Ela desafia a suposição de que um casamento infeliz significa necessariamente problemas de saúde e, portanto, uma vida mais curta.

Mas as esposas são mais saudáveis em casamentos felizes

O mesmo estudo sugeriu que para as mulheres prevalece a situação inversa. Um bom casamento representa um risco menor no desenvolvimento de diabetes (após 5 anos de relacionamento). As mulheres seriam, portanto, mais sensíveis que os homens em relação à qualidade do relacionamento; nesse sentido, seriam mais propensas a experimentar uma melhora na saúde por efeitos de uma vida a dois saudável, afirmam os pesquisadores.

Cuidado excessivo faz mais mal do que bem

Os pesquisadores também observaram que um controle excessivo pode aumentar o estresse para os cônjuges. Muitos estudos mostraram que casamentos infelizes podem ser prejudiciais para o corpo, para o coração e para a mente. E uma pesquisa em particular acompanhou de perto aproximadamente 10 mil dinamarqueses durante 11 anos e concluiu que as pessoas com parceiros exigentes tinham um risco de 50 a 100% maior de mortalidade precoce do que as que viviam em relacionamentos mais tranquilo e pacíficos.

Você acredita que esposas controladoras podem melhorar a saúde dos maridos e tornar suas vidas mais longas? Compartilhe este artigo com aqueles casais que vivem relacionamentos assim, para saber qual é a opinião deles.

4-21
911