Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

Quais os benefícios insubstituíveis da presença dos avós na vida dos netos

5-66
261

Os avós são pessoas muito queridas, que, de alguma forma, foram enviadas à vida das crianças para cuidar delas e lhes dar muito amor. Eles já foram pais, cometeram seus erros e também tiveram muitos sucessos, cresceram, sofreram e aprenderam conosco. Agora é a vez de verem seus filhos sendo pais, passando pelo mesmo processo, enquanto revivem e experimentam de novo o que é amar alguém infinitamente.

O Incrível.club reconhece a importância dos avós na vida dos netos, por isso quer compartilhar com você os benefícios da sua presença no dia a dia dos pequenos.

A relação com os avós

Os avós já passaram pela experiência de criar e educar as crianças e agora são seus filhos os encarregados dessas tarefas, assim, o trabalho dos avós se torna muito mais tranquilo, embora não menos importante.

Mesmo não sendo sua função e não devam (exceto em circunstâncias especiais e excepcionais) se encarregar da criação dos netos, eles são figuras indispensáveis ​​no desenvolvimento dos pequenos. Desde o nascimento dos netos, os avós tornam-se figuras insubstituíveis e essenciais, encarregando-se de transmitir experiência, conhecimento, valores e amor incondicional.

Qual é a função dos pais e dos avós

Existe a crença de que, enquanto o papel dos pais é corrigir e às vezes repreender, o dos avós é consentir e até deseducar, mas não deve ser necessariamente assim. Realmente cabe aos pais educar os filhos e orientá-los por qual caminho seguir, mas também é verdade que os avós têm um papel mais descontraído, no entanto, isso não significa que não contribuam na educação das crianças.

Sabemos, portanto, que enquanto os pais têm o árduo trabalho de criar e educar, os avós devem colaborar com uma relação mais leve, divertida e compreensiva.

Para que a ação de todos seja complementar e benéfica, é aconselhável seguir algumas dicas:

  • Para os pais: é fundamental valorizar a tarefa dos avós, seus conselhos e ensinamentos, embora seja recomendável definir as funções com antecedência para evitar conflitos. Procure ouvi-los e oferecer aos seus filhos uma imagem próxima e positiva dos seus avós, para aprenderem a respeitar os mais velhos.
  • Para os avós: é de vital importância respeitar como os filhos decidiram criar e educar seus netos, evitando sempre comentários negativos na frente dos pequenos. Podem colaborar nas tarefas de cuidar das crianças, sem consentir ou permitir tudo, bem como lhes contar as suas experiências e histórias.

Os papéis dos avós

Por estarem presentes na vida das crianças e interagindo com elas, os avós desempenham uma série de papéis:

  • Historiadores: os avós são pessoas mais velhas e experientes, sabem e conhecem muito bem o que aconteceu no mundo e na própria família em tempos passados, por isso podem compartilhar fotos, histórias, lembranças ou tradições com os netos, entre outras coisas.
  • Cuidadores: proporcionam segurança, dão amor e apoio incondicional às crianças, para crescerem sabendo que podem contar com eles, o que ajudar a reduzir os níveis de estresse.
  • Mentores: os anos de experiência podem ser úteis na hora de orientar os netos, ajudando a fortalecer sua autoestima e preparando-os para encarar diferentes desafios.
  • Companheiros de brincadeiras: muitos avós passam o tempo brincando com os netos e, assim, se tornam seus melhores companheiros de aventuras, o que ajuda a estabelecer uma relação de confiança.
  • Modelos: os pequenos muitas vezes veem seus avós como modelos a serem imitados, um exemplo de como levar a vida, por isso é importante a transmissão de valores positivos.
  • Guias: embora se tornem modelos, muitas vezes também são guias, por isso é essencial ensinarem pelo exemplo, mostrando o valor e a importância de determinadas qualidades, como a tolerância, a bondade, o amor ou a compaixão, entre outras.

Os benefícios dessa relação

A presença dos avós como figuras de apoio e desempenhando todos os papéis mencionados anteriormente é muito relevante e traz consigo inúmeros benefícios para todas as partes envolvidas na relação.

1. Os benefícios para as crianças

Manter um relacionamento contínuo com os avós ajuda a instaurar ou melhorar o equilíbrio emocional do pequeno. Ter essas figuras de forma permanente supõe uma fonte inesgotável e infinita de amor, levando à criação de um forte vínculo afetivo. Essa ligação não só ajuda a aumentar a autoestima da criança e a sensação de segurança, como também a ensina a criar e a manter relacionamentos positivos e saudáveis, ​​com pessoas de diferentes idades ou gerações.

A relação com os avós influencia o bem-estar psicológico dos netos enquanto crescem, reduzindo as chances de sofrerem de depressão.

2. Os benefícios para os avós

O contato e a relação habitual com os netos melhoram as habilidades cognitivas dos idosos, além de reduzir consideravelmente as chances de sofrerem de depressão. Os avós se mantêm ativos, assim, se sentem úteis, por isso há um aumento na sua expectativa de vida.

3. Os benefícios para os pais

Os pais das crianças também se beneficiam com o relacionamento das crianças com os avós. Nesse caso, os pais recebem, se necessário, o apoio e a orientação dos seus próprios pais para educar e criar os filhos. Além disso, podem contar com a ajuda dos avós para cuidar das crianças (se necessário) e mantêm um relacionamento familiar forte e próximo, que os favorece emocional e psicologicamente.

Como é a relação dos seus filhos com essas figuras tão importantes? Qual é a história mais engraçada que você viveu com os seus avós?

5-66
261
Compartilhar este artigo