10 Razões para valorizar suas amizades verdadeiras ainda mais

Você concorda com a frase “amigos são a família que escolhemos”? Cercar-se de amizades verdadeiras pode ter resultados bem interessantes para a mente e o corpo, como expandir a criatividade, diminuir o estresse e até ganhar mais anos de vida. Ou seja, marcar encontros especiais com os melhores amigos é bem mais fundamental do que imaginamos.

Hoje, a equipe do Incrível.club deseja que você desenvolva laços de amizade ainda mais fortes e vai te dar 10 bons motivos para isso. Confira!

1. Por que os amigos de infância são tão especiais?

Você já parou para se perguntar por que é tão difícil fazer amigos na vida adulta? Isso pode estar relacionado com um fator muito importante: tempo. Uma pesquisa procurou determinar quantas horas são necessárias para que conhecidos se tornem melhores amigos. Sabe qual foi a conclusão? No mínimo, 300 horas de tempo de qualidade — ou seja, de momentos dedicados para fortalecer o laço da amizade.

Geralmente, crianças e adolescentes costumam ter mais “tempo livre” — e conseguem passar mais horas desfrutando da atenção dos amigos e jogando conversa fora. Então, é mais provável que as pessoas com quem você convivia na infância te conheçam de forma mais profunda. Que tal entrar em contato com essas amizades mais antigas e ver como elas estão hoje?

2. A amizade é fundamental para o desenvolvimento dos filhos

Você sabia que estimular os seus filhos a se relacionarem com outras crianças é essencial para o desenvolvimento deles? A amizade tem esse papel fundamental, pois é capaz de fornecer estruturas para que os pequenos comecem a desenvolver identidades próprias. É ao lado de amigos que eles se questionam, têm mais contato com o “diferente”, dominam habilidades sociais e começam a perceber os graus de intensidade e de intimidade nas relações que criam.

É também importante lembrar que os pais servem de modelo para os filhos. O convívio social e a forma como interagem com outros adultos funciona como um espelho para os pequenos. Quando as crianças veem que seus responsáveis têm amigos, é mais provável que eles queiram criar seus próprios laços de amizade.

3. Viajar sozinho é bom, mas viajar com amigos é sensacional

A criatividade pode ter um efeito positivo na amizade, já que pessoas que pensam “fora da caixa” podem influenciar seus amigos a construir uma personalidade mais criativa e a manter a motivação lá no alto! Ou seja: são ótimos encorajadores (principalmente na fase da adolescência).

E o que é melhor para “abrir a cabeça” do que viajar? Conhecer novas cidades ou países ajuda a expandir a criatividade. Estar em contato com outra cultura ou realidade requer um grande jogo de cintura para resolver problemas e é ótimo para fortalecer conexões com outras pessoas. Ou seja: o que você está esperando para marcar a próxima viagem com os amigos?

4. Sinceridade é tudo!

Não pense que pessoas muito sinceras são invejosas por darem opiniões que você não gostaria de ouvir. Na verdade, é possível que elas sejam suas melhores amigas. Um estudo indicou que pessoas podem fazer comentários “duros” não por egoísmo, mas por altruísmo. Ou seja, por acharem que vão ajudar os amigos a atingirem um objetivo maior no futuro.

Então, se você é a amiga “sincerona do rolê” saiba que, sim, dizer algumas verdades (ainda que sejam difíceis) pode ajudar. No entanto, é importante lembrar que há formas e formas de fazer críticas construtivas. Diga a verdade, mas tomando cuidado para não ferir sentimentos ou criar mágoas.

5. Amizade verdadeira é amizade recíproca

Seus amigos podem contar com a sua ajuda sempre? E será que você também pode contar com a ajuda deles a qualquer momento? Pesquisadores descobriram que 95% dos participantes de um estudo achavam que seus relacionamentos eram recíprocos. No entanto, a verdade é que apenas 50% dos entrevistados se enquadravam no que eles consideravam uma amizade “bidirecional”.

Ter quem respeite a sua opinião, te ajude nos momentos dos maiores “perrengues” e até te incentive a ir à academia é fundamental! Para criar um laço de amizade duradouro, pense sempre em criar relações recíprocas. É um ajudando e motivando o outro, viu?

6. Sem estresse!

O que você faz para relaxar após um longo e estressante dia de trabalho? Toma um banho de banheira? Faz uma meditação? Liga para uma massagista? Então saiba que dividir esses momentos mais difíceis com seus amigos pode ter um efeito tão “terapêutico” quanto isso! Uma pesquisa indica que ter um melhor amigo por perto durante experiências ruins ajuda a amenizar sentimentos negativos.

Os pesquisadores identificaram que não ter um parceiro no momento difícil levou à diminuição da autoestima e ao aumento significativo do hormônio do estresse (cortisol) — o que pode trazer consequências como afetar o sistema imunológico e a função intestinal. Então, fica a dica: se a vida estiver pesada demais, marque um lanche com os amigos para desabafar e se distrair. O seu corpo (e mente) agradecem.

7. Videntes ou amigos?

Se você tem a sensação de que seus melhores amigos são videntes e que conseguem sempre adivinhar o que você está pensando... então saiba que não há nenhuma bola de cristal envolvida nisso. Na verdade, um estudo apontou que nossas amizades podem ser fundamentadas em aspectos muito mais profundos do que imaginamos.

Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores mostraram vídeos para os participantes e descobriram que amigos próximos tiveram uma resposta cerebral parecida quando expostos aos mesmos estímulos. O interessante é que isso poderia explicar por que amigos de verdade costumam reagir a diversas situações do dia a dia de forma semelhante.

8. Vida longa aos amigos!

Seja no trabalho, na universidade ou até na academia, nós estamos acostumados a fazer conexões com outras pessoas todos os dias, mas é importante tentar aprofundar algumas dessas relações.

Manter fortes vínculos sociais e ter com quem contar ao longo da vida é bom tanto para a saúde mental quanto física. Um estudo descobriu que a falta de relacionamentos profundos pode aumentar o risco de morte prematura em 50%. Sim, é isso mesmo: escolher bem seus amigos pode ser a chave para uma vida mais longa (e feliz)!

9. Um elogio nunca é demais

Quem não gosta de se sentir valorizado? Então aqui vai uma dica para você construir relações mais fortes e preciosas: reforce a importância dos seus amigos na sociedade.

Um estudo mostrou que pessoas costumam dar mais abertura e criar mais proximidade com os amigos quando recebem mais “apoio à identidade social” — como os pesquisadores chamaram. Ou seja, nós buscamos nos aproximar mais de quem entende o nosso valor, reforça a nossa identidade e aumenta a nossa sensação de pertencimento.

10. Amigos nos deixam mais resilientes

Resiliência é a nossa capacidade de superar situações de crise, adversidade ou infortúnio. É claro que podemos criar uma “casca grossa” e tentar enfrentar todos os desafios da vida de forma independente, mas passar por fases mais tensas ao lado de amigos pode tornar tudo mais fácil.

Melhores amigos não só usam palavras de apoio, como também ajudam a pessoa a se planejar e a traçar estratégias positivas para sair daquela situação difícil. Por isso, não tenha vergonha de pedir apoio quando precisar. E, quando seus amigos requisitarem a sua ajuda, demonstre que você vai estar ao lado deles para o que der e vier!

Quem são as pessoas com quem você pode contar a qualquer momento? Compartilhe esse artigo e marque os nomes dos seus melhores amigos nos comentários, para que eles saibam a importância deles na sua vida.

Compartilhar este artigo