Pesquisa mostra que responder detalhadamente às perguntas do seu filho é importante para o sucesso deles

O vocabulário e a estrutura das frases são muito importantes nos seus primeiros anos de desenvolvimento de qualquer criança. E uma das melhores maneiras de envolvê-las em uma conversa mais profunda e significativa é começar a falar com elas dando respostas detalhadas. Pesquisadores explicam que trabalhar no desenvolvimento dos melhores padrões de fala ajuda os pequenos a serem mais bem-sucedidos na escola e na vida.

Nós, do Incrível.club, queremos compartilhar com você uma maneira de despertar a curiosidade dos seus filhos, ajudando-os a adquirir e a desenvolver habilidades de comunicação que podem ser fundamentais para seu sucesso.

Crianças curiosas são grandes realizadoras

A curiosidade é a “matéria-prima” de qualquer cientista, a chama inicial das pesquisas que levam a grandes descobertas. Por que, então, não estimular essa característica em seu filho? Se bem trabalhada, a curiosidade pode ajudar os pequenos em descobertas ligadas à leitura e à Matemática, por exemplo. Ajudar seu filho a ficar mais interessado em coisas diferentes poderá fazer com que seja mais bem-sucedido desde o jardim da infância.

Existe uma enorme diferença entre uma explicação simples e uma explicação detalhada

Quando uma criança recebe respostas curtas, o normal é que não continue fazendo perguntas. Nessas circunstâncias, o pequeno tende a perder o interesse por mais explicações e por novidades. Ou seja, tende a perder a vontade de aprender mais. Acrescentar detalhes à sua explicação envolverá você e seu filho em uma conversa mais longa e a criança vai prestar mais atenção no que está sendo dito.

Eis um exemplo simples de como agir. Imagine que seu filho está perguntando: “por que você está chorando?” Sua resposta não deve ser simplesmente “os adultos choram também”. Afinal, isso tende a interromper a conversa imediatamente. Em vez disso, procure dizer algo como “machuquei meu dedão do pé”. Nesse caso, a criança provavelmente continuará a conversa com algo do tipo “onde você bateu?” ou “dói muito?” Ou ainda “como posso ajudar?”, e assim por diante.

As explicações específicas deixarão seu filho mais curioso

Usar palavras mais complexas, pouco comuns no universo infantil, é, na maioria das vezes, uma abordagem muito mais apropriada do que a de simplesmente dar uma resposta monossilábica acreditando que ir fundo na explicação irá confundir o seu filho. Não o subestime. Mantenha o diálogo.

Dessa forma, mesmo que você utilize palavras e expressões mais detalhadas, haverá, de fato, uma conversa e o mais provável é que seu filho fique interessado e, mais importante, mantenha acesa a chama da curiosidade, fundamental para seu desenvolvimento.

Ambos aprenderão coisas novas se estiverem abertos a descobertas

A verdadeira “chuva de perguntas” dos filhos pequenos pode preocupar muitos pais, fazendo-os pensar algo como: “e se eu não tiver as respostas?” Bem, você pode pesquisar as coisas junto com o seu filho. Não há nada de errado em dizer “não sei”. Importante: quando você disser ao seu filho que não sabe uma resposta, é importante convidá-lo a pesquisar. Que tal responder “vamos descobrir juntos?” Isso despertará seu interesse e mostrará que você, como pai ou mãe, também está disposto ou disposta a aprender. Afinal, hoje em dia, a busca pelo conhecimento tem de ser algo permanente e é importante mostrar isso a seu filho por meio de exemplos.

Como você fala com seu filho? Responde às perguntas dele dando respostas detalhadas? Como, em sua opinião, podemos despertar a curiosidade nas crianças? Conte nos comentários.

Compartilhar este artigo