Incrível
Incrível

Como conversar com os filhos sobre temas difíceis e por que é melhor lhes contar a verdade

Muitas vezes, os pais preferem esconder certos acontecimentos de seus filhos para protegê-los dos “golpes” da vida. Costuma-se achar que, nessa idade, as crianças não têm a capacidade de entender as coisas, mas escondê-las pode ser muito pior. Seja sobre a morte do animal de estimação, um parente que esteja doente ou o divórcio dos pais, as crianças podem ouvir com atenção, mas os pais sempre devem buscar a melhor maneira de lhes comunicar essas notícias, por mais dolorosas que sejam.

No Incrível.club, pesquisamos sobre o tema e queremos explicar como você pode falar com os pequenos sobre assuntos importantes sem assustá-los ou fazê-los sofrer.

Por que não esconder coisas das crianças

De maneira geral, os pais querem preservar a magia e a inocência da infância, então, decidem proteger seus pequenos dos temas que consideram inapropriados para sua idade. Sejam meias-verdades ou mentiras inofensivas, as crianças tendem a preencher os espaços em branco por conta própria. Isso pode gerar mal-entendidos, desconfiança e uma maior probabilidade de se tornarem mentirosos desde cedo.

Razões mais comuns pelas quais os pais mentem

Aqui estão os erros comuns que os pais cometem para proteger seus pequenos da verdade:

  • Dizer que está tudo “bem” entre a mamãe e o papai, quando, na realidade, há problemas evidentes de um relacionamento ruim. Melhor dizer que existem diferenças, em vez de fingir que não está acontecendo nada.
  • Perder um evento importante como uma partida de futebol ou uma formatura e não reconhecer seu erro. Os pais devem pedir desculpas sinceras e admitir sua responsabilidade.
  • Esclarecer que mamãe e papai “se amam”, porém, já não podem ficar juntos. Os pais devem dizer as coisas como elas são.
  • Não esconder doenças, ter perdido o emprego e outros problemas. Admitir a situação será mais tranquilizador para ambas partes.

Como lhes explicar

Para guiar a conversa e ajudar os filhos a entender os assuntos difíceis, os pais devem:

  • Pensar no que querem dizer. Tudo bem ensaiar a conversa na cabeça, na frente do espelho ou com outro adulto.
  • Reconhecer seus sentimentos e emoções. Eles poderão ver que, embora estejam chateados, conseguem se controlar e continuar.
  • Descobrir que sabem de antemão sobre o assunto. Perguntem aos pequenos e ouçam atentamente suas ideias ou opiniões a respeito.
  • Buscar o momento e o lugar apropriados, onde e quando os filhos possam prestar atenção.
  • Apresentar os fatos de uma forma adequada à idade, à maturidade, ao temperamento, à personalidade, ao desenvolvimento e ao estado emocional da criança.

Benefícios psicológicos e emocionais

Se papai e mamãe querem inspirar um comportamento honesto em seus pequenos, devem servir de modelo. Assim, as crianças estarão bem adaptadas e prontas para tratar os demais com respeito, honestidade e gentileza. As conversas honestas entre pais e filhos podem ajudá-los a desenvolver habilidades cruciais para resolver problemas e negociar. Além disso, constroem redes sociais de apoio com pessoas nas quais sabem poder confiar.

Que outros conselhos você acredita que podem reforçar os laços de confiança entre pais e filhos? Qual foi a pergunta inocente de seus pequenos que te pegou de surpresa? Compartilhe conosco nos comentários!

Incrível/Psicologia/Como conversar com os filhos sobre temas difíceis e por que é melhor lhes contar a verdade
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos