Incrível
Incrível

7 Maneiras de lidar com colegas de trabalho tóxicos para evitar desavenças

Segundo um estudo concluído recentemente, ficar muito perto de pessoas tóxicas no local de trabalho pode causar depressão, ansiedade e insônia, além de afetar negativamente os projetos que já estão em andamento. Infelizmente, sabemos que trabalhar ao lado de pessoas assim é muito difícil, mas muitas vezes não temos alternativas e precisamos lidar com elas no dia a dia.

Incrível.club sabe que cedo ou tarde todos nós teremos de enfrentar esse tipo de situação, portanto separamos algumas dicas sobre como lidar de maneira mais pacífica e inteligente com essa realidade.

1. Não se deixe influenciar pela negatividade dos outros

Imagine começar a trabalhar em uma nova empresa e ser recebido por pessoas que veem dificuldade em tudo. Bastante desmotivador, não é mesmo? O grande problema nesses casos é que muitas vezes basta uma pessoa negativa para influenciar o humor de toda a equipe. Outra forma de enxergar essa situação é por meio da frase: “O navio não afunda por causa da água que está ao seu redor; ele afunda por causa da água que entra nele”.

Ou seja, não se deixe influenciar pela negatividade dos outros!

2. Seja assertivo em relação às suas ideias

Não é raro colegas de trabalho questionarem nossas decisões ou ideias na frente dos outros por pura diversão ou para nos diminuir. Se isso acontecer, seja educado e firme. Peça a opinião das outras pessoas e explique o seu ponto de vista de maneira assertiva. Talvez a sua ideia seja descartada, mas ao agir assim você mostra que é profissional e que sabe aceitar críticas.

3. Conheça seus limites e saiba quando dizer não

Pessoas tóxicas têm o hábito de sobrecarregar os outros com muito trabalho. É muito importante entender as prioridades do projeto para saber se o que está sendo pedido deve ou não ser feito naquele momento. Dessa forma, os outros vão entender quais são as suas prioridades antes de pedir que você realize outras tarefas.

4. Se possível, tente reverter a situação

Muitas vezes o comportamento tóxico se manifesta por conta da inveja. Isso pode acontecer, por exemplo, porque você está trabalhando bem ou se relaciona muito bem com a maioria dos seus colegas. Se isso acontecer, é importante entender por qual razão o outro está se sentindo ameaçado pela sua presença, sobretudo para tentar encontrar alguma forma de reverter esse sentimento de insegurança no colega.

Você pode ensinar alguma coisa nova para essa pessoa, ou mesmo tentar elogiá-la na frente dos outros. Encontrar caminhos saudáveis para lidar com as desavenças é sempre a melhor alternativa para manter um bom clima no ambiente de trabalho.

5. Estabeleça limites e não faça fofoca

É muito provável que você já tenha ouvido alguma fofoca no trabalho. Um estudo revelou que as fofocas indicam muita desconfiança entre os funcionários. Na verdade, nunca sabemos exatamente o que está acontecendo na vida dos outros, portanto espalhar boatos nunca é uma boa opção. Para evitar problemas assim, fique longe dos colegas tóxicos, estabeleça limites e não se envolva nos assuntos dos outros.

6. Não trabalhe com expectativas irreais

Se você começar a sofrer muita pressão, avalie o que está sendo pedido e não tenha medo de dar um passo para trás. Analise as suas obrigações e o seu tempo e saiba como e quando colocar a sua opinião. Quando entendemos que a pressão exagerada é um comportamento tóxico, ficamos menos ansiosos e trabalhamos muito melhor.

7. Seja positivo em relação ao seu trabalho

Tente sempre trabalhar a sua autoconfiança e aprenda a conhecer os seus pontos fracos e fortes. Entender qual é a melhor forma de se comunicar com os outros é a chave para o sucesso e é uma forma de criar uma ótima rede de contatos. Além disso, lembre-se de que nem todos os indivíduos são tóxicos. Concentre-se em ser positivo e valorize as pessoas que se esforçam para crescer pessoal e profissionalmente.

Você já teve alguma experiência com colegas tóxicos no ambiente de trabalho? Como lidou com a situação? E que outras dicas daria para quem está enfrentando isso agora mesmo? Comente!

Compartilhar este artigo