Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Sinais pouco evidentes que revelam uma boa atitude em relação a si mesmo

2-1-
429

“A única pessoa que estará com você durante toda a vida é você mesmo”, disse uma vez um sábio. E ele estava absolutamente certo. Mas a grande questão é que só nós podemos decidir com quem vamos viver o resto de nossos dias: com uma pessoa feliz, zelosa e dedicada ou com alguém cujos interesses e desejos sempre estão em último lugar.

Nós, do Incrível.club, acreditamos que aqueles que se amam e se valorizam com sinceridade estarão sempre cercados de boa companhia. Para determinar como alguém trata a si mesmo, basta observar alguns detalhes aparentemente insignificantes, que vamos comentar nesse post.

Não utilize louças lascadas ou trincadas

Ao notar uma rachadura ou lasca na louça, a pessoa que é zelosa provavelmente acabará se desfazendo do objeto sem nenhum arrependimento, mesmo que seja sua caneca favorita. Mas se a pessoa não se importa de jeito nenhum com isso e continua comendo no prato trincado, então significa que ela, inconscientemente, não se acha digna de nada de bom na vida. Ao nos contentarmos com o mínimo, em qualquer aspecto da vida, estamos nos privando do que realmente merecemos.

  • Pouco tempo atrás, fiz uma crítica sobre os pratos no refeitório da escola, até porque eram extremamente velhos e estavam com as bordas quebradas. Mas os funcionários que servem a comida começaram a discutir: “Tá reclamando do quê? Quer que a gente te sirva em louças de cristal?” Ou seja, essas pessoas não veem nada de mais no fato das crianças serem servidas com pratos quebrados. Para elas, isso é completamente normal. Do mesmo jeito que se tornará natural para essas crianças no futuro ter um emprego que não gostam, receber um salário insatisfatório ou ver a cidade onde moram sendo destruída. Será que realmente merecemos isto? © SuslenkovaElena / Twitter
  • Para mim, um prato lascado nunca continuará sendo um objeto de uso. A menos que não haja nenhuma outra opção. Acho erradíssimo usar louças trincadas e jogo fora no lixo até mesmo se for minha caneca favorita. Sim, é uma pena, mas eu não tolero usar coisas quebradas. © dobraya_utra / Twitter

Preste atenção à qualidade dos alimentos

É contraditório dizer que a pessoa que come qualquer coisa, sem cuidar da saúde, tem amor próprio. E não se trata do preço dos alimentos, até porque sempre é possível procurar por produtos em promoções nos mercados. Mesmo quando estiver financeiramente limitada, a pessoa que se cuida tentará criar uma dieta balanceada e comprará alimentos da melhor qualidade possível. Já os que têm a lista de produtos lotada apenas de macarrão instantâneo e salsichas baratas, claramente não pensam na saúde e são indiferentes quanto a si mesmos.

Ponha a mesa antes das refeições

Você pode ir a restaurantes caros, comprar alimentos apenas em mercados de produtos naturais e seguir à risca as recomendações de seu nutricionista. Mas isso tudo é inútil se você comer às pressas e sem tirar os olhos do celular ou da televisão. Ao reservar um tempinho para comer, você não só melhorará sua digestão, como também fortalecerá sua relação consigo mesmo.

Quando Kamin Mohammadi, editor de uma revista londrina, viajou a Florença para aprender a amar-se e aceitar-se da maneira como alguns italianos sabem fazer, um dos primeiros conselhos que recebeu foi a regra de pôr a mesa corretamente. “Eu arrumo a mesa, coloco guardanapo, até ponho um vaso de flores e uma taça de vinho. Cozinho algo delicioso. E não faço isso tudo porque alguém verificará se estou fazendo corretamente”, explicou um morador local. “Eu faço por mim mesmo, porque isso me agrada. Faz-me sentir mais bonito e feliz. É uma demonstração de respeito por si mesmo”.

Não responda a chamadas e mensagens em momentos inapropriados

Hoje, quando praticamente todo mundo tem um celular no bolso e as mensagens são enviadas sem parar, é quase impossível ignorar os e-mails e as ligações recebidas. Contudo, não há nada de errado em não responder a uma mensagem na primeira notificação. A pessoa que valoriza seu tempo determina suas prioridades de acordo com seus desejos e necessidades, tendo todo o direito de ignorar mensagens repentinas invadindo sua vida privada.

  • Nunca respondo a mensagens do trabalho depois das 18h, mesmo que alguém da gerência precise de algo. Porque o serviço de todos deve ser respeitado, independente de sua posição no trabalho. © letka_ / Twitter

Compre roupas básicas de qualidade

Algumas pessoas não podem ver uma queima de estoque de roupas que saem comprando tudo pela frente, sem nem mesmo precisar daquilo. E a última coisa que pensam é sobre a qualidade ou estilo das peças, afinal, “seria um pecado desperdiçar a promoção, pois o item será útil um dia!”

A pessoa que se respeita e valoriza seu dinheiro tem uma atitude diferente em relação ao guarda-roupa. Vestir roupas escolhidas corretamente não só nos ajuda a causar uma boa impressão nos outros, como também é capaz de aumentar a nossa autoconfiança e fortalecer a autoestima. É por isso que, na maioria das vezes, quem se ama escolhe cuidadosamente as peças de seu guarda-roupa e não economiza em vestimentas de qualidade. E por que se contentar com menos e gastar com algo desnecessário?

Não use roupas desgastadas ou rasgadas

Muitas vezes as pessoas acabam usando em casa aquelas roupas velhas que sentem pena de jogar fora, mas que nunca vestiriam na rua por vergonha. Isso inclui, por exemplo, aquela sua blusa favorita que já está cheia de furos ou uma calça de moletom com os joelhos rasgados. Há quem costure os buracos das meias e as usa tranquilamente com sapatos, afinal, “ninguém vai ver mesmo”.

No entanto, alguns psicólogos dizem que roupas desgastadas (com buracos, manchas, bolinhas) afetam negativamente nossa autoestima. Vestindo-se bem, de maneira arrumada e bonita, a pessoa que se ama reforça a confiança de que sempre merece o melhor, independentemente se está sentada em casa em frente à TV ou participando de uma reunião no trabalho.

Não economize nos sapatos

Geralmente, quem não se preocupa com sua saúde e aparência dificilmente se preocupará com a qualidade dos sapatos: “Comprarei os calçados mais em conta, já que ficarão gastos até o fim da estação”. Essa abordagem não é só imprudente, mas também prejudicial. Sapatos baratos podem parecer estilosos, mas são feitos de materiais de baixa qualidade e podem causar desconforto e dores nos pés.

Bons calçados são feitos de acordo com a estrutura anatômica do pé, mantêm um microclima interno ideal e, o mais importante, pode durar mais de uma estação sem perder sua qualidade e boa aparência. Pessoas que dão valor ao seu dinheiro e à saúde, frequentemente não economizam em sapatos.

  • Hoje ouvi o seguinte: “Essas botas são muito caras, não vou levá-las. Vou comprar uma mais barata e economizar dinheiro”. Já eu, não consigo economizar em sapatos. Acredito que o calçado deve ser de alta qualidade e confortável. © anonimusi / Livejournal
  • Encontrar sapatos bons e baratos é questão de sorte. Usar calçados de qualidade, que geralmente são caros, significa que você se preocupa com seu conforto, e não é apenas um atributo da burguesia privilegiada. © darthvader_44 / Twitter

Visite o médico sempre que for necessário

A saúde é o bem mais inestimável da vida, por isso, é simplesmente imperdoável desperdiçá-la com insignificâncias. Todo mundo parece já saber sobre isso. Contudo, existem pessoas que tratam sua saúde com negligência. Elas acreditam que é um desperdício de dinheiro e tempo ir ao médico, fazer exames de sangue e, pelo menos uma vez por ano, realizar um check-up com especialistas. Além disso, mesmo quando o corpo dá sinais de que algo está errado com a saúde, elas não vão aos médicos, acreditando que seu mal-estar “de alguma forma vai passar sozinho”.

Tal comportamento resulta em doenças negligenciadas, por vezes graves, e contas caríssimas de tratamento. Quando a pessoa realmente se ama, costuma ouvir atentamente os sinais que o corpo dá e reage imediatamente até aos primeiros sintomas. Elas sabem que avarentos sempre acabam pagando o dobro e, nesse caso, dinheiro não é a pior das perdas.

Cuide da saúde de seus dentes

A condição dos dentes pode dizer muito sobre uma pessoa. Um belo sorriso não é considerado somente um indicador de boa saúde, mas também de solvência financeira. Além disso, os dentes são uma das primeiras coisas que os outros costumam prestar atenção. Como mostram algumas pesquisas, o sorriso desempenha um papel importante na atração ou na aprovação em uma entrevista de emprego.

Um sorriso saudável não é apenas garantia de bem-estar, mas também de autoconfiança. Dentes malcuidados, que apresentam sangramento gengival, cáries e mau hálito podem anular qualquer tentativa de parecer atraente. As pessoas que se tratam com amor e respeito lembram-se disso e, por isso, vão regularmente ao dentista e monitoram cuidadosamente o estado da sua saúde bucal.

Não economize na roupa de cama

Em média, uma pessoa passa um terço de sua vida dormindo. A qualidade do sono determina como nos sentiremos durante o dia: se não dormirmos o suficiente, ficamos de mau humor, cansados e improdutivos. A escolha da roupa de cama desempenha um papel importante nesta questão. Tecidos artificiais podem causar coceira e acumular ácaros microscópicos, que vivem nos lençóis e fronhas. Os tecidos de má qualidade e a lavagem irregular da roupa de cama podem causar problemas de pele e alergias.

As pessoas que se preocupam com seu próprio conforto físico e psicológico não negligenciam a qualidade dos lençóis e fronhas comprados ou as regras de cuidado deles.

  • Se um sono bom e de boa qualidade é importante para você, então escolha a melhor roupa de cama. A escolha correta é a chave para o sucesso. © navolochkaby / Twitter
  • Roupas de cama de qualidade são sem dúvida um bom investimento, desde que você cuide bem delas. Claro, você pode comprar lençóis baratos e nem sentirá muita diferença, mas em poucos anos eles estarão em péssimas condições. Sempre compre peças 100% algodão. Você também pode adquirir lençóis de bambu ou viscose. O principal é não comprar produtos sintéticos. © Alaina Zulli / Quora

Reserve um tempo para se exercitar

Não é novidade para ninguém que o exercício faz bem à saúde. Atividades físicas ajudam a perder peso, reduzem as chances de sofrer doenças cardíacas, derrame e diabetes tipo 2. Além disso, o exercício tem um efeito benéfico na autoestima.

Alguns cientistas provaram que pessoas que não têm problemas de autoestima e respeitam a si mesmas têm maior probabilidade de praticar atividades físicas. Alguns frequentam a academia, enquanto outros praticam exercícios em casa ou simplesmente fazem caminhadas regularmente ao ar livre. Todas essas atividades ajudam a manter a forma, reduzir o estresse e melhorar significativamente a qualidade de vida.

Não julgue ou fofoque sobre os outros

Geralmente quem tem uma atitude ruim em relação a si mesmo costuma se sentir melhor, momentaneamente, quando fala mal dos outros. É assim que a inveja se manifesta. Em vez de se esforçar para mudar sua própria vida, a pessoa com baixa autoestima tentará menosprezar o sucesso do outro.

Quem se respeita não desperdiçará força emocional com esse tipo de conversa, até porque não deseja se destacar às custas de outras pessoas ou culpar alguém por suas falhas. Ela entende que sua vida é sua responsabilidade e que, se algo não está certo com ela, deve primeiro se perguntar o porquê disso, e não a um amigo mais bem-sucedido ou sortudo.

E você, através de quais sinais percebe que uma pessoa realmente se ama e se cuida? Deixe sua opinião nos comentários!

2-1-
429