10 Sinais de uma criança superdotada, aos quais muitos pais não dão atenção, mas deveriam

Em média, em cada 1.000 crianças, uma é superdotada. O nível de QI de crianças com “altas habilidades” é superior a 140. Além disso, apenas uma em três milhões de crianças pode ser chamada de “profundamente superdotada”, tendo o nível de QI acima de 175.

Nós, do Incrível.club, reunimos 10 sinais pouco óbvios que podem indicar que você está criando um pequeno gênio.

São criadas não apenas pelos pais, mas também pelos avós

As crianças criadas não apenas pelos pais, mas também pelos avós, desenvolvem maior atenção e concentração. Os pais nem sempre podem se dedicar em tempo integral aos filhos. Nesses casos, alguns podem contar com ajuda dos avós, que estão dispostos a brincar, ler ou desenhar com os netos. A convivência com os avós aumenta a interação social da criança, o que garante a maior chance de ela se tornar bem-sucedida no futuro.

Apresentam um nível alto de cautela diante do desconhecido

Pequenos gênios apresentam um nível extremamente alto de cautela em relação às pessoas e coisas desconhecidas. Às vezes, essa precaução pode ser interpretada como timidez. Na realidade, em um ambiente desconhecido, por exemplo, crianças superdotadas escolhem um lugar de onde possam observar a todos e estudar silenciosamente o que está acontecendo ao seu redor.

Usam brinquedos de forma incomum

Por causa de sua curiosidade, criatividade e forma de pensar não convencional, os pequenos gênios ficam entediados com jogos comuns. Eles gostam de complicar as regras, preferem jogos intelectuais, e não param de nos surpreender com a sua engenhosidade.

Apenas sentar e montar uma pirâmide não é interessante, organizar os anéis na mesa em uma ordem lógica já é outra questão. Colocar água da torneira em um copo é um tédio, mergulhá-lo no vaso sanitário e observar como se enche é simplesmente fascinante.

Preferem brincar com crianças mais velhas

Crianças superdotadas se sentem mais confortáveis no meio de crianças mais velhas e adultos. Em uma festinha de aniversário, é mais provável que você veja essa criança conversando com um adulto e tomando uma xícara de chá do que brincando de pega-pega ou esconde-esconde. Mas essa característica também tem uma desvantagem significativa: as crianças superdotadas tendem a ter dificuldades na socialização e relacionamento com os colegas.

Ficam acordadas até tarde e dormem mal durante a noite

Geralmente, as crianças superdotadas ou dormem pouco e param com as sonecas do dia mais cedo, ou dormem mal e têm sono leve. No primeiro caso, o cérebro é capaz de se recuperar rapidamente e precisa de menos tempo para descansar. No segundo, a criança tem dificuldades para adormecer devido à abundância de emoções e informações recebidas durante o dia.

Se interessam pelos livros indicados para crianças mais velhas

Uma criança com alto nível de QI está em constante busca de novos conhecimentos e descobertas. É improvável que um pequeno gênio se interesse por um livro de alfabeto ou imagens primitivas em um livro infantil. É muito mais interessante e informativo ler um livro de física ou uma grande enciclopédia sobre as leis do Universo.

São extremamente exigentes com comida

Nem sempre a falta de apetite indica uma criança mimada. Talvez você esteja criando o futuro Mozart ou Elon Musk.

Problemas de alimentação são comuns entre crianças superdotadas. Afinal, o cérebro delas percebe e memoriza o sabor, a cor e a textura dos alimentos com mais nitidez. Pedaços de cebola na comida, macarrão cozido demais, sopa muito gordurosa — é improvável que uma criança superdotada queira comer isso de novo, porque sua memória retém as sensações desagradáveis ​​que surgiram durante uma refeição.

Preferem ler, em vez de apenas ouvir ou olhar as imagens no livro

Leitura em conjunto é, sem dúvida, uma atividade interessante e benéfica. Mas seu filho superdotado, provavelmente não vai se deitar obedientemente sob os cobertores e ouvir uma história para dormir. É mais provável que ele receba o livro da mãe e comece a ler ele próprio, comentando tudo o que estiver acontecendo nas ilustrações.

Têm caligrafia desleixada

Uma caligrafia desleixada é outra característica de crianças superdotadas. Elas ficam com pressa, tentando escrever rápido demais, e parece que a caneta não acompanha seu raciocínio. Ou seja, elas pensam mais rápido do que escrevem.

Têm o hábito de cutucar o nariz, chupar o dedo ou roer as unhas

Até os gênios têm defeitos. Crianças que demonstram habilidades mentais acima da média, são mais suscetíveis a hábitos nervosos. Portanto, o hábito de roer as unhas, cutucar o nariz ou chupar o dedo nem sempre indica falta de boas maneiras.

Talvez o cérebro da criança esteja tão superexcitado, que envia sinais para o corpo. Os psicólogos recomendam que os pais não repreendam o seu filho, mas procurem acalmá-lo e diminuam o ritmo de vida.

Você já notou algum comportamento incomum no seu filho? Como ele é diferente de seus colegas?

Compartilhar este artigo