Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

Uma mulher conta como seu cachorro percebeu que ela estava sendo assediada na rua e a salvou

Segundo uma pesquisa, 81% das mulheres e 43% dos homens já sofreram algum tipo de assédio em algum momento de suas vidas. Esses números sugerem que a situação, infelizmente, é mais habitual do que muitas pessoas admitem. No entanto, embora hoje em dia muitas organizações e movimentos lutem para acabar com essa realidade, há também pequenos heróis cujo comportamento instintivo ajuda a enfrentar problemas como esses. E a história que trazemos hoje é uma prova disso.

O Incrível.club defende a ideia de que os animais são verdadeiros heróis. Por isso, hoje queremos que você conheça a história de uma usuária do Reddit que foi salva pelo próprio cachorro. Ao final do relato, trazemos um bônus com outras histórias parecidas e uma foto desse grande herói.

Foi assim que ela contou a sua experiência

Moro sozinha com meu cachorro, um golden retriever de 9 meses. Ele é o peludinho mais doce que existe e sempre se mostra muito carinhoso com as pessoas e com os cachorros que vê na rua e no parque. Um dia, no caminho de volta do parque, um homem mais velho que estava em uma bicicleta gritou do outro lado da rua que meu cachorro era lindo. Eu dei risada e disse “obrigada”, mas o homem recebeu o meu agradecimento como um convite para se aproximar e decidiu ficar parado ao meu lado.

Tudo estava bem, até que ele começou a me fazer perguntas e o momento passou de agradável a irritante. Ele me perguntava coisas como: “Quantos anos você tem? Estuda? Qual é o nome do seu cachorro?”

Quando eu disse que meu namorado estudava Medicina e estava me esperando (na realidade, ele mora em outro país), ele me disse: “Olha, agora você tem dois companheiros!” Isso aconteceu enquanto eu já voltava para o meu apartamento; eu tentava me distanciar, mas o homem insistia em andar ao meu lado.

Foi então que meu cachorro me salvou. Ele percebeu que eu estava aflita e começou a rosnar e a latir, algo que nunca tinha feito. Seus pelos ficaram arrepiados e ele foi na direção do homem, que ficou muito nervoso e começou a dizer coisas como “o que acontece com você, cachorrinho?” Finalmente, ele parou e me deixou caminhar em paz. Mas claro que enquanto eu me distanciava ele gritava um monte de insultos.

Toda a situação me deixou muito mal, mas confesso que fiquei muito feliz de saber que posso contar com o apoio do meu cachorro para situações desse tipo.

Bônus: outros relatos semelhantes de cachorros que defenderam vítimas de assédio

E aqui está o herói da história que contamos inicialmente:

Você tem um animal de estimação? Ele já se comportou dessa forma? Compartilhe a sua experiência nos comentários.

Compartilhar este artigo