Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Os países que melhor tratam as mulheres

Um estudo da organização americana US News and World Report feito em parceria com pesquisadores de universidades dos Estados Unidos indicou os melhores países para as mulheres. Foram incluídas mais de 80 nações e mais de 9 mil mulheres foram entrevistadas. A pesquisa considera 5 pontos principais: direitos humanos, igualdade de gênero, igualdade de salário, segurança e progresso.

10. Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um dos países mais seguros e pacíficos do mundo. Desde 1980 ela foi declarada zona livre de armas nucleares. Conheça outros detalhes importantes deste lindo país:

  • Praticamente não existem perigos naturais. A fauna não apresenta animais perigosos e os insetos 'sugadores de sangue' são bastante raros.
  • A Nova Zelândia é um dos líderes mundiais na maneira como tratam as pessoas com algum tipo de deficiência.
  • Limpeza impecável nas ruas. A Nova Zelândia é até mais limpa que a Suécia.
  • Todos os pedestres, inclusive nas cidades, cumprimentam pessoas desconhecidas, isso é um costume.

9. Áustria

Um país em que o salário é alto e existe uma boa igualdade de gênero. Valsa, esqui e torta Sacher são as primeiras coisas que vêm a nossa mente quando ouvimos falar da Áustria. Aqui vão algumas outras características:

  • Os austríacos não têm pressa. Até mesmo na capital, todos parecem que sempre andam com calma.
  • A alimentação saudável é uma parte importante da vida deles. Apenas 20% das mulheres austríacas têm problemas com excesso de peso. Talvez o índice mais baixo da Europa.
  • Após as 20h praticamente só ficam os turistas nas ruas. Os habitantes locais preferem passar as noites em companhia de seus amigos ou com seus familiares em casa.
  • Em geral, as mulheres não gostam de usar cosméticos. Elas acham que os produtos afetam negativamente a pele do rosto. Além disso, roupa muito colorida é considerada de mau gosto, o que não ocorre com a moda masculina. A variedade de lojas de roupa masculina é maior que a feminina.

8. Austrália

A expectativa de vida na Austrália é uma das mais altas do mundo. Recentemente, as mulheres têm ocupado cargos importantes no governo, em grandes empresas e nas universidades. Um país para quem gosta de natureza selvagem. Conheça mais detalhes:

  • Na Austrália, o importante é a honestidade, pessoal e profissional.
  • Os australianos são considerados individualistas. A excentricidade é uma característica respeitosa e traduz o direito de todos mostrarem quem realmente são.
  • Qualquer pessoa de autoridade (seja do governo ou um presidente de empresa) está sujeita a críticas. Segundos os australianos, uma pessoa que busca o sucesso e não alcança merece mais respeito do que uma pessoa de sucesso. Eles não gostam de pessoas com a autoestima alta demais.
  • Quando uma pessoa é convidada para uma festa, ela leva a bebida que pretende tomar.

7. Suíça

Em 2017, a Suíça foi reconhecida como o melhor lugar do mundo para viver. A maior parte do parlamento é composto de mulheres. O que mais você precisa saber sobre este país tão conhecido pelo chocolate e pelos seus queijos?

  • Mistura de várias nacionalidades. Um suíço é um alemão arrogante, um italiano emocional e um francês sofisticado. Em geral, eles são reservados fora de casa e relaxados quando descansam.
  • 'Precisão suíça': se o horário de chegada do ônibus está previsto às 14:42h, tenha certeza de que isso vai acontecer. Não há chuvas ou neve que atrasem o transporte nesse país.
  • Recepção de convidados. Muitas vezes, eles fazem festas sem motivo algum. É comum os amigos e os familiares organizarem festas entre eles.
  • A criança deve chegar na escola 40 minutos antes de começar a aula. Ela toma café no refeitório (chocolate quente e croissants) e, depois, vai para a aula. As aulas acabam às 11h.

6. Finlândia

A Finlândia é o primeiro país que permitiu que as mulheres pudessem votar e participar nas eleições parlamentares - isso em 1906. Lá, a diferença de salário é mínima. Conheça outros dados interessantes sobre este país lindo e frio:

  • A fala pausada está relacionada com o costume. Segundo a tradição finlandesa, falar e rir é algo de camponês. Um aristocrata é uma pessoa calada e reservada.
  • Tratamento especial com o convidado. A tradição finlandesa inclui um longo processo para receber um convidado. Às vezes, pode durar semanas. São preparados presentes e muita comida.
  • A relação entre os dois sexos se baseia na igualdade. Nesse país, é normal que cada um pague a sua parte da conta.

5. Canadá

O governo do Canadá luta pelos direitos da mulher tanto dentro como fora do país. Um ponto em seu favor é seu primeiro ministro Justin Trudeau, que tem se mostrado muito ativo recentemente, principalmente em relação aos direitos humanos. Conheça outros dados sobre esse país.

  • As mulheres canadenses não costumam usar maquiagem. Apenas quando vão a alguma festa ou evento.

  • Os canadenses são conhecidos como pessoas generosas. A gorjeta costuma ser de 10-15% e é dada a garçons, taxistas, cabeleireiros e pessoas que trabalham em hotéis.

  • As relações de amizade são bastante peculiares. Os canadenses são muito independentes e não costumam estabelecer relações muito próximas. Em geral, os amigos se conhecem há muito tempo, como colegas antigos de trabalho, escola ou esporte.

4. Holanda

Toda mulher grávida tem direito a uma enfermeira que acompanha a gravidez e o parto, e isso é pago pelo serviço social. A política na Holanda sempre procura que a mulher consiga um trabalho e luta por reduzir as desigualdades entre homens e mulheres. A Holanda é seu país se, assim como os holandeses, você:

  • Tiver uma saúde em ordem. Os holandeses usam roupas leves até mesmo no inverno.
  • Adora andar de bicicleta. Em Amsterdam, a quantidade de bicicletas supera a de pessoas.
  • Não gosta de comida quente. Em geral, uma refeição consiste em um sanduíche.
  • Adora flores. As flores são baratas e lindas - afinal, lá é a terra das tulipas.
  • É uma pessoa alta. Os holandeses são a nação mais alta do mundo.
  • Mostra iniciativa no relacionamento. Lá, não é apenas o homem que mostra iniciativa na hora de se relacionar.

3. Noruega

Na Noruega, as mulheres têm direito a 35 semanas de férias por gravidez e parto, completamente pagas, ou 45 semanas com 80% de salário. Desde 1980, mais de 50% dos cargos são ocupados por mulheres. Se você pretende morar lá, prepare-se para os seguintes aspectos:

  • Se você for um escritor, este país é para você. O governo compra mil exemplares de cada livro recém publicado e os distribui em bibliotecas públicas.
  • Os homens têm direito a férias após o nascimento de um filho. O período é de 14 semanas.
  • Não é comum oferecer o lugar para pessoas idosas. Eles acreditam que isso reforça a inferioridade da pessoa mais velha.
  • O dia começa às 10h e acaba às 15h ou às 16h. Além disso, há uma pausa para o almoço e duas para o chá.

2. Dinamarca

A Dinamarca é um país muito bom para se viver. A educação e a saúde são praticamente gratuitas. Conheça outras características desse país:

  • O dia de trabalho, em geral, começa às 8h e acaba às 16h.
  • O transporte mais comum é a bicicleta.
  • Os ônibus se inclinam para a direita, facilitando a entrada de pessoas com deficiência ou pais com filhos em carrinhos de bebê.
  • Fazer faxina, ir ao supermercado, cuidar dos filhos e lavar a louça são atividades que os homens costumam fazer.
  • A altura máxima dos prédios é de 6 andares.

1. Suécia

Na Suécia, 60% dos estudantes são mulheres e elas ocupam 25% dos postos de direção. Conheça mais detalhes sobre esse país:

  • Eles amam 'fika'. Esta palavra significa beber um café, comer um quitute e conversar. Isso acontece durante o trabalho e não participar é considerado de mau gosto.
  • Planejar as férias. Desde o final de junho até o meio de agosto (verão no hemisfério norte) o país praticamente fecha para as férias. As ruas ficam bastante vazias.
  • Comer doces. As famílias se juntam aos sábados para comer doces, tanto adultos como crianças. Em média, uma família sueca consome 1,2 kg de sobremesa por semana.
  • Acordar e ir dormir cedo. As ruas ficam vazias a partir das 21h. Os bares, após a meia noite. Os suecos costumam voltar para casa cedo para dormir. Muitas pessoas respeitam a rotina.
Tradução e adaptação Incrível.club
Produzido com base em material de businessinsider