Estilista mostra como ressaltar pontos fortes e esconder as imperfeições da silhueta

A estilista russa Anastasia Mikhailova se dedica a selecionar roupas que ajudam a esconder as imperfeições e enfatizar os pontos fortes da silhueta. Na sua conta no Instagram, ela compartilha truques de como escolher peças ideais para qualquer tipo de corpo, garantindo que cada mulher possa se sentir ainda mais atraente.

Nós, do Incrível.club, descobrimos quais roupas ajudam a disfarçar e corrigir as proporções da silhueta. E também, aprendemos a calcular o tamanho ideal de uma bolsa. Confira!

Jaqueta jeans

Uma jaqueta jeans curta destaca os quadris, alonga as pernas e a estatura, por isso, fica ótimo em mulheres baixinhas. Combinada com calças largas, aumenta o quadril.

O modelo comprido cobre os quadris e alonga a silhueta. Em combinação com um cinto, enfatiza a cintura. Porém, é preciso ter cuidado se tiver quadris largos. Quando usada como parte de um look contrastante, a peça pode encurtar as pernas.

O comprimento padrão mantém as proporções da silhueta e sempre mostra o corpo como é na realidade: se você tiver quadris largos ou “pneuzinhos” — esse modelo irá enfatizá-los. Ao mesmo tempo, esconde a barriga e ajuda a ressaltar a cintura.

Calças e jeans largos

Uma calça slouchy não combina com qualquer tipo de corpo. Os pences no cós e o corte solto podem alargar visualmente a zona superior, deixar a cintura menos definida e ressaltar a barriga. Uma jaqueta abotoada com essas calças aumenta o quadril. A combinação perfeita seria um cinto largo, um crop top e uma jaqueta desabotoada.

Calças largas e uma jaqueta longa combinam bem se você escolher calças justas no quadril. Dessa forma, a silhueta ficará mais esbelta e o look ainda mais feminino.

Para que jeans largos não transformem sua silhueta em um enorme retângulo, evite peças de cima largas e volumosas, alças finas e calçados pesados. Em vez disso, aposte em um crop top com uma jaqueta ou uma blusa justa/camisa para dentro, um cinto largo e calçados elegantes.

Meia-calça

A blusa preta cria um contraste, “cortando” a silhueta ao meio. E a meia-calça escura adiciona volume à silhueta e encurta as pernas. Se trocar a peça de cima por uma de cor clara e optar por uma meia-calça transparente, as pernas parecerão mais finas e todo o visual ficará mais leve.

Um look monocromático é a melhor opção para meias-calças com desenhos. Essas meias sempre chamam atenção, e combinadas com uma saia curta são capazes de deixar o visual vulgar. Por outro lado, em combinações mais “discretas”, essa peça pode ser um ótimo detalhe que adiciona ousadia e estilo ao look.

Comprimento da saia

Uma saia um pouco acima do tornozelo ou no meio da canela alonga as pernas, mesmo com calçados contrastantes. Calçados na cor da saia criam uma silhueta mais esbelta e alongam as pernas.

Uma saia um pouco abaixo do joelho com cintura alta ajuda a manter as proporções da silhueta. O contraste entre a peça superior e o calçado encurtam a altura. Já a saia e os calçados da mesma cor criam o efeito de uma linha única, deixando o look bem mais elegante e lacônico.

Jaqueta de couro

A jaqueta de couro tem gola e detalhes bastante incomuns, por isso não é aconselhável escondê-los, por exemplo, com um cachecol volumoso. Se precisar cobrir o pescoço, use um lenço de seda leve, que adicionará um charme extra ao visual sem desviar a atenção da jaqueta.

Uma calça boyfriend, ou qualquer modelo de jeans largos na região do quadril, com uma jaqueta de couro é uma combinação ultrapassada, pois deixa a parte inferior do corpo mais “pesada”. As calças podem ser de corte solto em baixo, mas justas na região dos quadris.

Cinto

Para afinar a silhueta, use um cinto da mesma cor que o vestido e deixe o tecido ligeiramente solto. Isso adicionará volume a zona acima do cinto, dando um toque de “leveza” ao visual. Um cinto contrastante, por outro lado, chamará a atenção para a cintura e o abdômen.

Um cinto largo da cor da calça além de definir a cintura, também alonga as pernas. Um cinto fino contrastante adiciona alguns centímetros à cintura e encurta as pernas.

Um cinto da mesma cor que a roupa ajuda a definir a silhueta, porém não marca a cintura. Cintos finos ficam ótimos em mulheres mais magrinhas ou com uma cintura pronunciada. Podem ser usados com um vestido longo até o chão, para criar o efeito de uma linha vertical e alongar a silhueta.

A largura ideal de um cinto é de 3,5–4,5 cm. Uma fivela grande também pode adicionar mais volume ao corpo. Se precisar marcar a cintura, é melhor escolher uma fivela clássica. Cintos largos funcionam melhor com peças volumosas ou semijustas.

Como disfarçar o volume indesejado na região do abdômen

A melhor solução para corrigir a região do abdômen é um tecido liso e denso. Detalhes na zona da barriga (saia com babados, calças com pences na cintura) ajudará a disfarçar apenas uma barriguinha ligeiramente saliente. Esses detalhes apenas irão enfatizar ainda mais o volume indesejado. Desenhos e estampas sempre aumentam visualmente o abdômen e os quadris.

Cintura alta não combina com todos os tipos de silhueta. Tudo depende das proporções de cada um. Se precisar, por exemplo, disfarçar uma barriguinha, aposte em um elástico largo e cintura média (não confunda com cintura baixa). Ao mesmo tempo, evite saias e calças com elástico largo franzido: em vez de disfarçar, chamará atenção para essa região.

Tamanho ideal de uma bolsa

Por que precisa ser calculado? Com uma bolsa muito pequena, o corpo parece mais cheinho e largo. Isso é especialmente perceptível em mulheres plus size. Portanto, ao escolher uma bolsa, leve em conta não apenas o design, beleza e funcionalidade, mas também o tamanho certo. Para isso, você pode usar as fórmulas a seguir:

  • Fórmula de cálculo do tamanho de uma bolsa crossbody: medida do quadril ÷ 2 — 10-15 cm.
  • Fórmula de cálculo do tamanho de uma bolsa shopper: medida do quadril ÷ 2 + 10-15 cm.

Qual desses truques você tentará usar? Conte para a gente na seção de comentários.

Imagem de capa mihi_style / Instagram
Compartilhar este artigo