Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

A alimentação ideal para o seu tipo de corpo

----
27k

Você já se perguntou por que a gordura se acumula sempre no mesmo lugar, mas em lugares diferentes dependendo do tipo de corpo? Algumas pessoas ficam com barriguinha, outras com culote ou com coxas grandes.

É por isso que a alimentação é tão importante. Hoje, vamos comentar alguns detalhes sobre a alimentação ideal para cada tipo de corpo. Vale a pena mencionar que o ideal é você procurar um nutricionista, para que ele indique a melhor maneira de se manter saudável de acordo com os exames que vai pedir.

Esta forma se caracteriza por um quadril estreito e cintura pouco definida. Neste caso, ainda que a pessoa tenha menos tendência a engordar, é importante colocar na dieta alimentos saudáveis (abacate, amêndoas, salmão, etc.) e proteínas de origem vegetal.

Mesmo que você tenha uma certa liberdade na dieta, não abuse dos doces e dos alimentos com muita gordura.

Se este é o formato do seu corpo, você costuma acumular gordura na zona da cintura. Portanto, o ideal é que se alimente muitas vezes ao dia. Ou seja, diminua a quantidade de comida, mas faça seis refeições. Consuma alimentos ricos em fibras, frutas, verduras, vitamina C e leite desnatado. Na hora de comer iogurte, certifique-se de que ele ajuda na digestão. Evite alimentos que gerem gases e inchaço, como fast food, pão e alguns tipos de legumes.

Esta forma se destaca pelo grande quadril e coxas, regiões para onde a gordura costuma ir. Em geral, quem possui este tipo de corpo costuma ter problema de retenção de líquidos. Coma carne, peixe, ovos, lácteos e alimentos com muita proteína. Frutas como a melancia ou o abacaxi são boas opções para você. Aproveite para tomar chás, como o chá verde. Evite alimentos com muito sódio. Ou seja, diminua a quantidade de sal, e evite alimentos como pão, macarrão e arroz. Substitua-os pelos integrais.

Em geral, o tipo de corpo mais desejado e aquele que aumenta de maneira mais proporcional quando a pessoa engorda. Neste caso, há o risco de dificuldades de lidar com a glicemia (o que, no final das contas, gera diabetes), portanto é importante comer pelo menos cinco vezes ao dia. Evite carboidratos refinados, como pão, macarrão e arroz. Lembre-se da opção integral, em alta hoje em dia.

Tradução e adaptação Incrível.club
Produzido com base em material de comeconsalud, vix
----
27k