Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

8 Cinderelas modernas que encontraram seu príncipe

----
23k

Muitos acham que na vida não há espaço para milagres. Nós, do Incrível.club, achamos que isso é uma bobagem. E para comprová-lo, compartilhamos com você algumas histórias de Cinderelas do nosso tempo.

Kate, duquesa de Cambridge

William, o Príncipe de Gales, e Kate, uma garota simples de uma família britânica de classe média, se conheceram em 2001, enquanto estudavam na Universidade de St. Andrews, na Escócia. No primeiro ano, Kate e William tornaram-se amigos. Porém, no começo ser 'amiga' do príncipe era um verdadeiro desafio: ela ficava vermelha, depois ficava pálida, além de gaguejar. Resumindo, mostrava todos os sinais de timidez, mas esses sinais sumiam eventualmente. Além disso, Kate convenceu o príncipe a não abandonar seus estudos, como estava em seus planos iniciais. Só em 2004 começaram a pipocar boatos sobre o relacionamento, quando a imprensa mostrou as primeiras fotos dos dois juntos. O amor do casal encarou altos e baixos: eles terminavam e voltavam a reatar. Mas o verdadeiro sentimento venceu: em novembro de 2010, foi anunciado o noivado. Em abril de 2011, na Abadia de Westminster, foi realizada a cerimônia de casamento, que foi transmitida ao vivo para todo o mundo. 

Letizia, Rainha da Espanha

Durante a infância, a futura rainha Letizia, filha de um jornalista e de uma enfermeira, demonstrava interesse pelo jornalismo, e decidiu dedicar-se àquela carreira. Antes de conhecer o Príncipe das Astúrias, Letizia já havia sido casada, mas esse primeiro casamento durou apenas um ano. Ela conhecer Felipe na Galícia, onde gravava uma reportagem. Foi amor à primeira vista, apesar de Letizia ter demorado para aceitar o convite de um encontro com o príncipe. Em 2003, eles se casaram e a cerimônia foi vista por milhões de espectadores ao redor do mundo.

Charlene, Princesa de Mônaco

A natação pode levar não só ao pódio, mas também ao palácio real. Foi o que aconteceu com Charlene Wittstock, que devido à carreira de atleta, acabou conhecendo Albert II. O primeiro encontro entre os dois aconteceu em 2000, em uma competição de natação em Mônaco. O segundo encontro só foi acontecer depois de seis anos, em outra competição, desta vez em Turim. Foi quando a imprensa começou a publicar fotos dos dois juntos. Mas a união só foi oficializada em 2011.

Mary, Princesa Herdeira da Dinamarca

O esporte também uniu Mary, filha de professores, ao príncipe herdeiro da Dinamarca, Federico. Os dois se conheceram durante os Jogos Olímpicos de 2000, em um pub de Sydney, onde o príncipe havia ido para curtir com os amigos. Foi onde ele viu Mary. O curioso é que Mary, no começo, não sabia quem era aquele jovem. A garota não se apressou em realizar a união: em 2001, se mudou para Paris, onde começou a ensinar inglês. Só depois foi para a Dinamarca. Mas, para tornar-se princesa, Mary Elizabeth precisou cumprir com vários requisitos dos pais do noivo: abriu mão da cidadania australiana, converteu-se à Igreja Luterana, aprendeu o idioma dinamarquês com perfeição e, em caso de divórcio, perdeu os direitos sobre os filhos nascidos deste casamento.

Sarah, Princesa do Brunei

Como William e Kate, o herdeiro do trono de Brunei encontrou seu amor na escola: ele conheceu a sua futura esposa quando ainda era estudante. Eles foram apresentados pelo marido de uma amiga de Sarah, que um dia mencionou que sua esposa tinha uma amiga preciosa. Para que os dois pudessem ver-se, organizaram uma visita à escola onde ela estudava. Naquele momento, Sarah, filha de um funcionário de classe média, queria muito dedicar-se à biologia marinha, mas como sabemos, a vida sempre nos surpreende. Então, aos 17 anos, Sarah transformou-se na esposa de Al-Muhtadee Billah Bolkiah, príncipe do Brunei. 

Tessy, Princesa de Luxemburgo

Tessy virou a princesa de Luxemburgo em 2009, mas antes disso já era a esposa do príncipe Luis. Eles se conheceram em Kosovo. Logo se descobriu que o casal iria ter um filho, e isso teria sido um grande escândalo, já que os membros da família real não devem ter filhos fora do casamento. Após o nascimento do bebê, Tessy e Luis se casaram e, para isso, o príncipe precisou abrir mão dos seus direitos ao trono, e Tessy passou a ser simplesmente a Madame de Nassau. Depois, o casal teve o segundo filho. No fim das contas, a família do príncipe tomou uma decisão importante: em junho de 2009, Dia Nacional de Luxemburgo, o Grão-Duque de Luxemburgo - também um feliz vovô - Henrique, enfim aceitou o casamento e deu à nora o título de Princesa de Luxemburgo, e o título de príncipes para seus netos.

Mette-Marit, Princesa Herdeira da Noruega

Ao falar de sorte mágica, é impossível não mencionar Mette-Marit. Ela nasceu em uma família simples, filha de um jornalista e uma bancária. Antes de conhecer seu futuro marido, a garota trabalhou como garçonete e vendedora de roupas, teve contato com drogas, viveu com uma pessoa que tinha problemas com a lei e chegou a ter um filho. Ela conheceu o Príncipe Herdeiro Haakon em 1999, em um festival de música. A união teve altos e baixos por conta do passado turbulento de Mette-Marit, mas depois que Haakon ameaçou abnegar o trono, o casamento aconteceu.

Rania Al-Abdullah, Rainha da Jordânia

Este é  um caso estranho: se não fosse por uma desgraça, esta felicidade não existiria. Ao ser rejeitada para um cargo executivo, Rania, originária de uma humilde família palestina, decidiu tentar a sorte no Citibank de Amã. E a felicidade chegou não em forma de um novo emprego, mas na forma do amor: no escritório central, a garota conheceu o filho do rei da Jordânia, Abdullah. Daí nasceu uma atração que acabou em casamento. Esta mulher fabulosa, mãe de quatro filhos, está sempre linda quando aparece em público.

E, para terminar, um bônus.

Daniel, príncipe da Suécia

A história de amor entre Daniel Westling e Victoria, princesa herdeira da Suécia, é a história da Cinderela ao contrário. Daniel, um personal trainer, decidiu abrir sua própria academia, que tornou-se muito popular. Entre seus clientes, estava Victoria. Os apaixonados precisaram esperar 8 anos para que o pai da noiva, Carlos XVI, desse permissão para o casamento. Enfim, a cerimônia tão esperada aconteceu em 2010.

Como você pode ver, a vida sempre guarda um espaço para um conto de fadas. O importante é acreditar! Afinal, nunca sabemos que tipo de encontros o destino nos reserva. E se hoje for o dia que mudará sua vida para sempre?

Capa: Chris Jackson/ Getty Images / Royal Hashemite CourtChristopher Furlong/Getty Images
Tradução e adaptação: Incrível.club

----
23k