Incrível
Incrível

16 Internautas falam como veem o próprio envelhecimento de maneira leve e positiva

Para alguns, o envelhecimento ainda pode ser um tabu, principalmente para as mulheres que, desde cedo, são ensinadas a esconder as rugas e os fios brancos. Mas parece que a nova geração veio para mudar esse comportamento, enraizado há séculos, e muita gente está colocando as marcas da idade para jogo.

Portanto, vamos acompanhar relatos de mulheres poderosas que ativaram o mudo para críticas externas e estão vivendo os melhores anos de suas vidas.

  • As mulheres são informadas de que, assim que chegam aos vinte e tantos anos, elas estão “velhas”. Perderam o “brilho da juventude”, mas ninguém diz que, quando você chega a uma certa idade, de repente, começa a ser levada a sério por todos. Agora, ninguém me diz o quão “fofa” eu sou. Sou respeitada pelo meu intelecto, minha ética de trabalho, meu humor e minhas habilidades. Sou confiante e sexy e não trocaria nada disso pela pele e cabelos perfeitos que eu tinha aos 22 anos. Afinal, não há nada que um pouco de hidratante e couve não resolva... Minha opinião é que damos muita importância à juventude e à beleza. Mas eu sei que estou mais bonita agora! © isstronglikebull / Reddit
  • Tenho 73 anos, não consigo achar que estou velha, tem sempre uma criança gritando dentro de mim. Meus filhos perguntam: “Quando você vai envelhecer?” Nunca! Minha pele é ótima para minha idade, não suporto me vestir de acordo com a minha idade. Nunca fiz procedimentos estéticos no meu corpo. Faço exercícios físicos e tenho uma ótima alimentação. © Guiomar Lisboa / Facebook
  • Tenho 56, faço meus preenchimentos porque prefiro olhar no espelho e gostar do que vejo. Vivo minha vida para agradar a mulher que mora no meu espelho. Os outros que disserem que estou velha, que se explodam! Faço minha ginástica desde criança e tenho um corpo firme que vai segurar minha velhice muito bem. Só meu espelho me interessa e quando ele disser que não quer mais preenchimentos, eu paro. © Jaqueline Cassia Oliveira Chioccarello / Facebook
  • Tenho 50 anos e, embora tenha passado por um período de “luto” quando parei de parecer jovem, superei rapidamente. Minhas rugas não me incomodam muito, pois eu as tenho porque sorrio muito (e provavelmente por me expor ao sol também, mas prefiro a parte de ser sorridente). Quando penso nos homens pelos quais me sinto atraída agora, eles estão mais na geração do George Clooney e do Clive Owen do que na do Channing Tatum. Eu acho os homens mais velhos mais interessantes agora porque eles aprenderam as mesmas lições de vida que eu, e isso aumenta o apelo. A outra coisa que notei é que estou muito mais confiante sobre minha aparência do que quando era mais jovem e, honestamente, não dou a mínima se os homens me acham atraente ou não. © rebc / Reddit
  • Envelhecer é um ciclo da vida, não tem como escapar e cada um escolhe como quer envelhecer. Eu prefiro a naturalidade, mas nada contra quem faz procedimentos, afinal, a medicina está ai para tentar retardar o envelhecimento e melhorar a nossa vida. No meu caso, uma boa genética me favorece, além de cuidados com alimentação e exercícios físicos. Cheguei aos 50 me sentindo mais plena do que nunca. © Katia Assis / Facebook
  • Depois de uma certa idade, temos que desenvolver outras habilidades e deixar que a beleza exterior brilhe nos jovens, mas isso não quer dizer que não devemos nos cuidar. Podemos nos cuidar com tratamentos menos agressivos, praticando yoga ou para ter flexibilidade com outro esporte. Uma alma bonita, sempre terá um semblante bonito no rosto. © Sandra Mountain / Facebook
  • Tenho 72 anos, adoro ser velha e sozinha. Viajo só, leio, saio com amigos, danço, canto e ninguém se incomoda. Meus gatos aplaudem e me fazem companhia. Moro no litoral, jogo meu cabelo ao vento e uso roupas leves. Não me plastifiquei, vivi bem, estudei muito e sou aposentada, mas cada um é cada um. Minha felicidade é uma casinha pequena com gerânios na janela. © Elisa Martins / Facebook
  • Eu estou muito feliz com os meus 67 anos. Não faço tratamento estético, a não ser limpeza de pele. Olha, quando falo a minha idade, as pessoas dizem que eu pareço ter uns 50, ou seja, a idade está na cabeça. O meu cérebro não envelhece junto com minha idade, talvez seja por isso... Não escondo minha idade, agradeço por chegar aqui e viver até agora. Envelhecer não me incomoda, já passei por tantos perrengues na minha vida e sou feliz mesmo assim. © Vera Gomes / Facebook
  • Tenho 38 anos e posso dizer que sim: o tratamento das pessoas mudou, mas principalmente para melhor. Na minha adolescência, juventude e pós-divórcio eu modelei e tive muito mais trabalho para me vestir, maquiar e arrumar o cabelo. Em algum momento, eu simplesmente cansei, parei de pintar meu cabelo e cortei-o curto. Também parei de fazer maquiagem e escolhi dedicar meu tempo, energia e recursos, que eu estava gastando nessas coisas, a buscar outras de que eu realmente gostava. Quando minha filha tinha cerca de 4 anos, minha mãe disse a ela: “Você notou que sua mãe tem mais rugas do que eu?”. E a pequena respondeu: “Sim, mas minha mãe se diverte mais do que você!”. © piratelibrarian / Reddit
  • Honestamente? Eu sinto que continuo ficando mais bonita, mais divertida e mais eu mesma. Estou chegando aos 40 anos, sou solteira e me sinto muito, muito bem. Claro, eu tenho algumas rugas. Mas quem realmente se importa com isso? © Boring-Pirate / Reddit
  • Eu cuido muito melhor de mim. Tipo, talvez, eu fosse naturalmente mais bonita aos 23 anos, mas agora estou polida. Eu uso meu protetor solar, me alimento de forma mais saudável, me obrigo a beber água e faço caminhadas. Tenho 32 anos, mas agora estou me sentindo e parecendo (pelo menos para mim) a minha melhor versão. © WabifromSabi / Reddit
  • Quando eu tinha 20 anos, me sentia “mais bonita” no sentido de aparência jovem e com cara de bebê, mas não sabia me vestir bem e era imatura, rebelde e um alvo fácil para pessoas que queriam me enganar. Agora, aos 30 anos, me sinto mais interessante, arrumada, em ótima forma e também mais confiante! Hoje em dia, é mais fácil dizer “não” às pessoas e coisas. Há dez anos, eu era muito tímida, embora fosse mais corajosa para tomar decisões, mas estou mais confiante em ambientes sociais, converso com as pessoas e sei quais são meus objetivos. Ainda me sinto a mesma pessoa com a mesma jovialidade da minha adolescência, mas tenho menos energia com outras coisas, já que gasto essa energia em coisas mais diretas e sólidas, como amizades específicas, e em mim mesma. © mmdeerb***d / Reddit
  • Quando envelhecemos, parece que existe menos drama e as pessoas não são tão chatas. Eu me importo menos com o que os outros pensam. Sou mais assertivo no que gosto, no que não gosto e no que escolho tolerar. Quanto mais velho fico, mais experiência ganho, mais empatia tenho das minhas próprias experiências pessoais e de ouvir as experiências dos outros. Eu tenho meu próprio dinheiro, tomo minhas próprias decisões e tenho conselhos realmente bons para dar às pessoas. Muita gente enlouquece por estar envelhecendo e aparentando mais idade. Eu apenas abraço, pois ninguém viverá para sempre. © Alternative-Poem-337 / Reddit
  • Sabe aquela frase: “Aceitamos o amor que acreditamos merecer”? Bom, eu pensei que merecia qualquer porcaria ao longo dos meus 20 anos. Eu tinha zero autorrespeito ou confiança. Essas experiências, no entanto, me ajudaram a ficar mais forte, até que desenvolvi a capacidade de viver comigo mesma em vez de entrar em um relacionamento que não era saudável. Além disso, não importava se eu tinha 28, 25 ou 23 anos — eu criei essa mentalidade de que era tarde demais e que eu era “velha demais” para tentar mudar minha situação. Agora, nos meus 30 anos, eu não me sinto mais assim. Outra coisa, eu sinto que o tempo é precioso, e quem se importa com a idade que eu tenho? © Noble_land_mermaid3 / Reddit
  • Você não precisa de certas “coisas”. Não importa, viva confortavelmente. Não se exiba, não chame atenção para si mesma. Pratique o autocuidado todos os dias. As crianças crescem e vão embora. Os maridos vão embora. Seja gentil consigo mesma e com qualquer pessoa que você conheça. Lembro-me de sempre pensar que era gorda e não importava o tamanho que eu tivesse. Agora, tenho certa propriedade para dizer que você deve se aceitar como é. Seja você mesma e se abrace. Não se preocupe, seja feliz. © munchamii-quuchi / Reddit
  • Tenho 50 anos, então a idade está na minha mente. Principalmente que tipo de velhinha eu definitivamente NÃO quero ser. Quero ser ativa, engajada, de mente aberta, corajosa e confortável comigo mesma. Parece sábio que estou permitindo que as rugas se desenvolvam, pois estou apenas tentando garantir que haja mais linhas de riso do que linhas de expressão. © jhope71 / Reddit

Como você lida com o envelhecimento? Alguém já te criticou pela sua idade? Deixe o seu relato na seção de comentários.

Incrível/Mulher/16 Internautas falam como veem o próprio envelhecimento de maneira leve e positiva
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos