Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Relatos e situações divertidas que só quem tem filhos entende

Ter filhos pode ser uma das mais belas coisas que acontecem na vida, para quem assim desejar —claro. Acompanhar o desenvolvimento de um novo ser, dar amor, carinho, vê-lo crescer e assistir a cada etapa é muito gratificante. No entanto, essa não é uma tarefa muito simples, não é mesmo? Muitas surpresas e “carões” acontecem na vida dos papais e das mamães.

Incrível.club reuniu aqui relatos de nossos seguidores sobre os fatos divertidos que acontecem na vida de quem tem um filho pequeno e vamos compartilhar tudinho com você. Confira só!

  • Meus filhos, quando pequenos, pegaram piolho na escola e eu tive um trabalhão para limpar a cabeça deles. Depois de um tempo, eu olhei o caçula, que tinha 6 anos na época, e o vi distraído olhando para o nada. Daí perguntei, carinhosamente:
    — O que está se passando nessa cabecinha?
    E ele, sem pensar e em um tom triste:
    — Piolho!
    Outra vez ele estava bem gripado e me chamou porque o nariz estava “trancado”. Eu disse:
    — Respira pela boca.
    E ele:
    — Dentro da minha boca não tem nariz! ©️Mari Reiguel Moraes/ Facebook

  • Meu filho tinha 5 anos, estávamos a caminho da escola. Um cão passou por nós na rua e ele, achando bonito, perguntou de qual raça era. Falei que era um pastor policial. Então ele pergunta:
    — Como você sabe a raça se ele não tem um revólver? ©️Carlota Batista/ Facebook
  • Quando meu filho tinha 2 anos, fomos a um restaurante, ele pediu para ir ao banheiro e eu o acompanhei. Aproveitei o momento para usar o banheiro também. Meu filho ficou me olhando com uma cara estranha.
    Voltamos do banheiro e, sentamos à mesa, do nada ele me solta:
    “MAMÃE POR QUE SEU PIU-PIU CAIU?”
    Todo mundo do restaurante olhou e começou a rir. Meu marido quase teve um treco e caiu da cadeira de tanto rir. ©️Cristina Silva/ Facebook
  • Meu sobrinho tinha 6 anos na época e estávamos num cemitério para o sepultamento de um familiar. Como ele estava inquieto, fomos caminhar um pouco. Então, ao ver as lápides, ele me perguntou o que eram. Respondi que era uma homenagem feita pelas famílias aos seus entes queridos, que já haviam falecido. Ele pensou um pouco e me disse:
    — Pobre família “aqui jaz”, quantos já morreram!
    Apesar do momento triste, dei boas risada. Crianças, Hahaha. ©️Eliani Marinho/ Facebook
  • Meu filho tinha 4 anos, estávamos no ônibus, um senhor levantou para descer e tinha uma perna amputada. Quando meu filho viu, começou perguntar:
    — Cadê a perna dele? Ele deixou em casa? Ela tá dentro do joelho? Ele tira para andar?
    O homem me fuzilou com o olhar, quase morri de vergonha. Kkkkkkkk ©️Rute Tonho Peixoto/ Facebook
  • Estávamos voltando de um passeio, superanimados, o amigo do meu filho falou sobre signos: “Tia, eu sou peixe”. Meu filho de 5 anos, na época, responde bem rápido: “O meu é frango com batata frita”. ©️Vivian Lima/ Facebook
  • Estou grávida de 7 meses e passo um tempo com meu sobrinho de 4 anos. Toda vez que ele me encontra fala: “Esse bebê não vai nascer não?” Kkkkkkk ©️Larissa Santos/ Facebook
  • Quando minha filha nasceu meu sobrinho tinha 4 anos e ficava olhando, intrigado, cada parte do corpinho dela: as mãos, a cabeça, etc. Uma hora ele chega perto do pé dela e diz: “Olha o tamanho do pé do bebê que vocês compraram!” ©️Tatiane Cristina/ Facebook
  • Quando meu filho tinha 4 anos, veio até mim com os olhos cheios de lágrimas, um rostinho muito lindo e triste ao mesmo tempo. Então perguntei o que tinha acontecido, e ele disse que o papai havia brigado com ele.
    Perguntei o porquê, então ele acrescentou com uma voz chorosa, mas muito séria:
    “Eu fiz coisa errada, mas o papai não deveria brigar. Poxa vida, ele não sabe que tenho sentimentos? Ele partiu meu coração”.
    Nessa hora já não sabia se parava de rir para consolá-lo. ©️Maria Marcelina De Oliveira Santos/ Facebook
  • Quando meu menino era pequeno, deixava ele tomar banho comigo. Um dia ele perguntou: “Mãe, por que você não tem ’pipiu’?”
    Aí eu respondi: “A mamãe não tem, só você e o papai”.
    Ele logo resolveu o problema:
    “Vou comprar um para você!!!” ©️Raynara Seibert Ferreira/ Facebook
  • Fui em um evento com meu filho de 4 anos. Chegando lá tinha cama elástica de graça. Ele brincou bastante, saiu e, depois de uns minutos, me pediu para ir brincar mais. Como não tinha mais crianças eu disse para ele perguntar para a moça se poderia entrar na cama elástica. Ele chegou perto da moça e comentou:
    “É essa aqui, papai, com o ’tetê’ grande?” (A moça tinha seios grandes). ©️Bruno Vital/ Facebook
  • Minha filha e minha afilhada quando tinham uns 4 anos estavam conversando, bem sérias.
    Afilhada: “Como as mamães sabem se o bebê é menino ou menina?”
    Filha: “Ué!!! Se estiver de roupa rosa é menina, se estiver de azul é menino”.
    Afilhada: “É mesmo, eu tinha esquecido. O meu era um vestido rosa”.
    Filha: “Que gracinha!!!”
    Quase morri de rir delas. ©️Anne Borba/ Facebook

  • Quando meu bebê nasceu minha sobrinha, de 4 anos, veio vê-lo. Tinha uma caixa em cima da cama com um presente que o bebê ganhou. Ela, toda curiosa, perguntou:
    “Ele veio nessa caixa, tia?”

    Eu, que tinha feito cesariana, tentei me segurar para não estourar os pontos. ©️Gislaine Porto/ Facebook

  • Na minha cidade, foram instaladas algumas placas de sinalização de passagem de animais silvestres. Na placa tem um veado desenhado, mas o animal desenhado se parecia bem mais com uma rena. Minha filha viu a placa e disse que eu tinha que parar o carro porque ali passavam as renas do Papai Noel... e ela queria ver. ©️Mara Lucia Eidt/ Facebook
  • Meu filho perguntou se o Brasil tinha outros nomes antes de se chamar Brasil. Eu disse que sim e ele perguntou se quando eu nasci já era Brasil. Está de castigo há 10 anos. 😂 ©️Katia Souza/ Facebook
  • Meu filho de 4 anos estava tirando o cochilinho da tarde, em algum momento (não me perguntem como) ele acordou desesperado dizendo que o olho dele havia caído. Sem entender nada, minha esposa foi até ele e, ao que parece, só tinha entrado um cisco mesmo. Deduzimos que havia doído tanto que ele achou que tivesse caído.
    Quando ela o acalmou e explicou que o olho não havia caído, ele foi conferir, tapou o outro e disse:
    “É, está aqui ele”. ©️Mary Portela/ Facebook
  • Fui levar meu filho para a escola quando ele tinha 5 anos. De repente ele soltou um pum, virou para mim e falou bem alto:
    “Êêêê, mãe, fica soltando pum aí”. Kkkkkkkkkkkk. Imagina a minha vergonha. ©️Aline Daniel/ Facebook

Você reconheceu alguma dessas situações? Já passou por situações divertidas também? Compartilhe conosco nos comentários. 😉

Imagem de capa Vivian Lima/ Facebook