Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Internautas relembram histórias infantis (e não é que fazem sentido?)

Crianças são naturalmente curiosas e fazem perguntas o tempo inteiro. Muitos adultos se sentem irritados e acabam por dar a resposta clássica: “porque sim!” Mas quando temos tempo e dedicação, sabemos o quanto eles podem crescer e evoluir.

Incrível.club, então, reuniu alguns raciocínios infantis que fazem tanto sentido que, às vezes, nós temos dificuldade de entender. Confira só!

  • Meu filho sempre vestia o short com a frente para trás e eu dizia: “É o contrário”. Um dia, ele veio com o short nas mãos e perguntou: “Mãe, qual é o contrário?”
    ©️Maria Lúcia Teixeira Coutinho/ Facebook
  • Quando minha mãe faleceu, meu filho e sobrinho estavam conversando. Meu sobrinho disse:

— Esqueci que minha vó morreu, toda hora esqueço... vou ficar com saudade dela.

Aí, meu filho respondeu:
— Então morre para você ficar lá perto dela.

Meu sobrinho:
— Está doido?! Minha mãe gosta muito de mim, ela ia ficar brava.
©️Bela Ferreira/ Facebook

  • Minha mãe, na intenção de dar uma lição no meu sobrinho de 4 anos (seu neto) enquanto assistiam Chapeuzinho Vermelho:

    — Viu, Jhonny, o Lobo mau pega as crianças levadas que não obedecem.

    Então, meu sobrinho parou, por segundos, e respondeu:

— E come a vovó também!

Saí correndo para rir escondida 😂 😂 😂 😂 ©️Patricia Rodrigues/ Facebook

  • Uma vez, dando aula no segundo aninho sobre o corpo humano, falei sobre os batimentos cardíacos e como eles aumentam quando estamos com medo ou fazendo atividade física. Falei que, quando morremos, ele para de bater. Quando, de repente, uma aluna colocou a mão no peito e gritou:
    — Ufa, tô viva!
    Quase morri de rir!
    ©️Louise Karla/ Facebook
  • Eu sou professora de Educação Física e, uma vez, perguntei à professora de um aluno do pré se ele se parecia mais com o pai ou com a mãe. Ele era muito pequenino em relação às outras crianças, até mesmo no Jardim I. A professora disse que ambos os pais eram baixinhos, mas ele era a cara da mãe. Ele se aproximou, ouvindo que estávamos falando dele, e eu perguntei:

    — Jhonny, você parece mais com o papai ou com a mamãe?

    — Com o papai.

    Aí, a professora de turma dele disse:

    — Mas por que, Jhonny? Se a mamãe tem a cor dos olhos, os cabelos e o rosto parecido com o seu?

    — Mas o papai é muito igual.

    — Por quê?

    — Porque ele também é Jhonny.

    Corri para o banheiro pois quase fiz xixi de tanto rir.
    ©️Elayne Reis/ Facebook

  • Meu neto tem 4 anos. O avô falou para ele não deixar a bicicleta na grade do prédio porque tinha um gato que à noite pegaria ela. Então ele respondeu que o gato não pegaria porque as pernas do gato eram curtas e não chegariam nos pedais.
    ©️Fátima Sueli Belisário Bouhid/ Facebook
  • Recentemente fui ao dentista. Na cadeira ao lado estava um menino (tagarela) de uns 8 anos sendo atendido pela dentista (que é pequena, baixinha e magrinha). Ele perguntou: “O que você vai ser quando crescer?” kkkk. Muito fofo...kkkk
    ©️Regina Célia/ Facebook
  • Um amigo ligou para um funcionário que havia faltado ao trabalho e quem atendeu foi o filho dele de 5 anos. A criança falava baixinho, sussurrando, e isso despertou curiosidade.

    — Meu filho, quero falar com seu pai.

    O menino respondeu baixinho:

    — Meu pai está lá “fola” com a “pulissa”.

    Meu amigo estranhou, mas manteve a calma para não assustar a criança:

    — Então deixa eu falar com sua mãe.

    De novo o menino respondeu

    — Mamãe está lá “fola” com os “pulissa”.

    Mais intrigado, meu amigo ouviu um barulho estranho vindo de longe e, sem perder a paciência (mas já bem nervoso), perguntou:

    — Que barulho é esse?

    O menino respondeu:

    — É o “helicopo” da “pulissa ”

    Já entrando em desespero, perguntou:

    — Pelo amor de Deus, me diga: o que a polícia está fazendo em sua casa?

    Dando uma risadinha, respondeu:

    — Estão me “poculando”
    ©️Juvanci Duarte/ Facebook

  • Quando minhas filhas eram menores, me perguntaram: “Mamãe, na sua época de criança existia telefone e ônibus?” Falei: “Claro que tinha, não sou tão velha assim”. Uma delas: “Ah, eu pensava que na pré-história só tinha caverna, pedra e dinossauros”. Eu tenho 31 anos, para elas parecia muitoooo tempo!
    ©️Ana Nóbrega/ Facebook
  • O neto da minha amiga, de 4 anos, olhou para mim quando me conheceu e falou: “Como você é muito velha vou te chamar de vovó”. Tenho 60, perto da idade dele é verdade kkkkk
    ©️Leo Olimpia/ Facebook
  • Igor, de 4 anos, conversando com a mãe, grávida de Clara:

    — Mamãe, a senhora não gosta de minha irmãzinha?

    — Que bobagem filho, eu a amo tanto quanto amo você. Por que essa pergunta?

    — Por que então a senhora a engoliu?
    ©️Lucineide Martins de Paiva/ Facebook

  • A minha filha, fazendo atividades de História, me perguntou se na minha época já existia pó de café. Aí falei assim: “Você acha que nasci em que época?” Ela respondeu: “Ué, você é de 1900, então é velha”. Detalhe: eu sou de 1979.
    ©️Lili Silva/ Facebook
  • Minha filha com 4 anos: “Mãe vamos comprar um pinguim?”

    Eu: “Mas filha, pinguim mora em lugar frio, com gelo. Aqui onde moramos é muito calor!”

    Filha: “Ué mamãe, é só a gente colocar ele no congelador”.
    ©️Bruna Lunara/ Facebook

  • Quando meu irmão era pequeno, pediu dinheiro para comprar picolé. Minha mãe não tinha e disse: “Tô dura”. Passada uma semana ele perguntou: “Mãe, a Sra. tá mole?” Respondi: “Claro, meu filho, olha como mexo os braços, as pernas, etc.” Aí ele falou: “Então me dá dinheiro para comprar o picolé?”
  • Meu pai estava ardendo em febre e levei minha filha para visitá-lo. Então ele falou: “Filhinha, ore para o vovô sarar”. Ela logo obedeceu, fechou os olhinhos e disse: “Papai do céu, esfrie o meu vovô, mas não mate, hein?!” Ao ouvir isso ele começou a rir e logo ficou curado!😂 😂 😂 ©️Sílvia Higino/ Facebook
  • Foi aniversário de 64 do meu pai, então falei para o meu filho de 4 anos ir tomar banho porque iríamos sair para comemorar o aniversário do vovô no bar. Então ele falou: “Mamãe, nesse bar podem entrar idosos cansados?” kkkkk tadinho do meu pai, está com tudo em cima e superativo hahaha
    ©️Gabi de Savio/ Facebook
  • Minha irmã só assistia reportagem policial. Quando ela falou para o meu sobrinho que a avó dele tinha morrido, ele disse: “E quem foi que matou ela?”
    ©️Maria De Lurdes Fernandes/ Facebook
  • O médico do meu netinho disse para ele não tomar nada que tivesse lactose (para observar se ele tinha intolerância).

    Quando veio na minha casa, meu marido foi tomar Coca-Cola. Então, meu netinho disse:

    — O médico disse que eu só posso tomar Coca-Cola sem lactose! ©️Teresa Catarina Lavras/ Facebook

O que você achou dessas histórias? Já vivenciou alguma semelhante? Compartilhe conosco nos comentários 😉

Compartilhar este artigo