10 Hábitos que você deve abandonar para evitar danos à sua pele

A pele é um órgão essencial do corpo humano, e é por isso que requer cuidados constantes. O problema surge quando as pessoas colocam em prática dicas caseiras que os outros recomendam sem realmente saber se tais sugestões poderiam causar mais mal do que bem; ou quando se tem hábitos não tão bons, como tocar o rosto constantemente.

Por isso, o Incrível.club traz neste post 10 coisas que você NÃO deveria fazer com sua pele para evitar que ela sofra danos. Confira!

1. Máscaras peel off

Com relação a essas máscaras, é preciso ter muito cuidado. Se doer ao retirá-las, não é um bom sinal. O melhor é sempre consultar um dermatologista para conhecer qual produto utilizar de acordo com o seu tipo de pele, mas em princípio, você deve saber que, se doer, não serve. Se tais máscaras forem usadas em excesso, podem provocar dermatite, vermelhidão e até feridas superficiais.

2. Tocar o rosto

As mãos estão constantemente em contato com milhares de germes, assim como outros objetos que você aproxima do seu rosto, como o celular, os óculos etc. Quando tudo isso toca a sua face, acaba dispersando bactérias que provocam inflamação e irritação nos poros. Sabemos que é muito difícil não tocar o rosto, mas você pode começar lavando bem as mãos antes de se maquiar, por exemplo.

3. Esfoliação, sim ou não?

A resposta é sim, mas sem abusar. A pele se renova naturalmente a cada 28 dias, mas, com o passar do tempo, o processo é impedido pelas células mortas que ficam nela. O que se recomenda é esfoliar uma vez por semana e, se você tiver pele sensível, a cada 10 dias. Lembre-se de lavar bem as áreas a serem esfoliadas e, uma vez finalizado o processo, hidratar muito bem a sua pele.

4. Consumir muito açúcar

A glicose do açúcar destrói as fibras da pele, provocando rugas e linhas de expressão mais acentuadas. Segundo um estudo do British Journal of Dermatology, o consumo excessivo de açúcar leva ao envelhecimento da pele. Portanto, controlar a quantidade ingerida em nossa dieta diária pode nos ajudar a manter os tecidos em melhor estado e a prevenir o envelhecimento precoce.

5. Ensaboar a pele todos os dias

A camada córnea, que é a camada mais externa da pele e que tem uma função protetora, pode se danificar com o uso diário de água e com todos os produtos químicos presentes nos sabonetes comuns. Há partes que devem ser higienizadas diariamente, como as mãos, axilas, pés e genitais, enquanto lavar o resto do corpo excessivamente pode provocar o ressecamento da pele. É melhor fazê-lo com sabonete neutro ou com produtos com óleos vegetais na composição, já que estes apresentam menos componentes químicos que os outros sabonetes.

6. Tomar banho com água muito quente

Embora a maioria das pessoas costume tomar banho com água quente, esse hábito é prejudicial à pele. Seu efeito será a longo prazo, mas causará flacidez, ressecamento e, inclusive, coceira. O ideal é que a temperatura da água seja entre fria e morna, ainda que no inverno possa colocá-la um pouco mais quente, mas não a ponto de embaçar os vidros do boxe (como muitas vezes acontece).

7. Tratar verrugas em casa

Muitas das verrugas podem desaparecer sozinhas, sem tratamento, mas o ideal é que você sempre consulte um médico. Os procedimentos domésticos ou sem aprovação médica podem provocar lesões nas áreas sensíveis. Além disso, elas podem ter seu próprio sistema de irrigação sanguínea, o que com uma incorreta manipulação pode causar muita dor.

8. Espremer espinhas

“Não toque nela! Você vai se arrepender! Deixe desaparecer sozinha!”. Quantas vezes ouvimos comentários desse tipo quando aparece uma espinha horrorosa no meio do nosso rosto? Milhares! No entanto, quase sempre decidimos ignorar todas essas advertências e expulsar essa invasora o mais rápido possível. A realidade é que não apenas não desaparecerá, como o fato de espremer uma espinha pode provocar uma lesão na pele. A inflamação, originária desse ato de rebeldia, provoca cicatrizes e marcas de acne, além de poder propagar a infecção em outras áreas, fazendo com que, no dia seguinte, você esteja com outras espinhas indesejadas. Há muitos cremes e medicamentos para eliminá-las, mas os dedos não são um deles.

9. Não usar protetor solar

O protetor solar previne o impacto dos raios ultravioletas em nossa pele. Eles podem causar diversos danos, como o surgimento de rugas e a perda de elasticidade, além de aumentar o risco de ter um câncer de pele. The Skin Cancer Foundation recomenda seu uso diário e constante a partir dos seis meses de vida.

10. Os cremes são todos iguais?

Claro que não! Embora manter a pele hidratada seja algo necessário, a escolha do produto que aplicamos em cada área não deve depender da última moda, do artigo mais novo no mercado ou de sua popularidade nas redes sociais. Cada pele é diferente, dependendo da idade, estado, alimentação, nível de hidratação, exposição à radiação solar e o estresse com que convivemos diariamente. Portanto, é melhor certificar-se de comprar um produto que seja adequado para você, sem se guiar pelo que os outros recomendam (a menos que sejam profissionais da área).

Você conhece alguma outra dica para não danificar a pele? Não pense duas vezes em compartilhá-la conosco nos comentários para que todos possamos aproveitá-la!

Compartilhar este artigo