Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Vovó mexicana realiza o sonho de gravar um disco aos 80 anos e é indicada para o Grammy

5-14
160

“Nunca é tarde para realizar nossos sonhos.” Essa é a moral da história da vida de Irma Silva, uma vovó mexicana de 81 anos que sempre quis se dedicar à música, mas que só conseguiu fazê-lo agora, graças a um desafio que se tornou viral nas redes sociais. Sua carreira artística começou tarde, mas de maneira consistente e ela já recebeu uma indicação ao Grammy Latino.

Nós, do Incrível.club, já fazemos parte do seu fã-clube e queremos contar sua história para que você possa se juntar a nós e, juntos, possamos somar forças na torcida por ela.

Criada em um ambiente onde se respirava música

Irma Gloria Silva nasceu em 1938, no Estado de Nuevo León, e cresceu em uma família na qual se respirava o gênero tradicional do norte do México. Seu tio era nada menos que Eugenio Ábrego, fundador da mítica banda “Los Alegres de Terán” e um dos representantes mais emblemáticos desse estilo musical.

Ela canta desde criança e sempre sonhou em gravar um disco como cantora profissional. No entanto, problemas econômicos fizeram com que se dedicasse à costura e às tarefas domésticas, em vez de viver da sua bela voz. Mas esse velho desejo finalmente se tornou realidade no ano passado, por meio de um desafio que nasceu nas redes sociais.

O salto para a fama com #ElRetoDeLaAbuela

“Se este vídeo alcançar mais de 100.000 visualizações no Facebook, gravaremos um disco com a vovó”, propôs seu neto, Jorge Loayzat, convidando-a para cantar uma música com sua banda, a Buyuchek. A gravação, acompanhada da hashtag #ElRetoDeLaAbuela (o desafio da vovó), alcançou o objetivo nas primeiras doze horas após sua publicação, e hoje tem cerca de 280.000 visualizações.

Assim nasceu Las canciones de la abuela, um álbum composto por onze composições tradicionais da música do norte mexicano e ilustrado com uma capa na qual Silva ocupa o centro da cena cercada pelo resto do grupo Buyuchek. O primeiro single é La pajarera, uma música que a lançou ao estrelato nas redes sociais e já tem mais de um milhão de visualizações no YouTube.

Indicada ao Grammy

A história não passou despercebida pelos organizadores do Grammy Latino, que decidiram indicar Las canciones de la abuela na categoria Melhor Álbum de Música do Norte. Ela divide a indicação com bandas muito importantes do gênero, como Bronco e Intocable.

Seu neto gravou e postou nas redes sociais um vídeo do momento em que deu a notícia à simpática senhora. “Ave Maria!”, disse rindo como primeira reação ao saber que a Academia Latina de Artes e Ciências Fonográficas a havia escolhido para a cerimônia, a ser realizada em Las Vegas (Estados Unidos) em 14 de novembro.

Talento acima de tudo

Irma é uma estrela e, naturalmente, apareceu em vários programas de televisão desde que ficou famosa nas redes sociais. Segue cantando e, em 19 de setembro ela e a banda Buyuchek lançaram a música Con cartitas junto com Don Ramiro Cavazos, uma lenda desse gênero musical. “Dona Irma mostrou para todos que nunca é tarde para realizar seus sonhos”, disse o produtor da Fonovisa Records, que representa o grupo musical.

Você conhece algum caso semelhante ao da vovó Irma? Tem um sonho de infância que já realizou ou gostaria de realizar? Compartilhe sua história conosco na seção de comentários.

Imagem de capa Buyuchek / Instagram
5-14
160