Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Ryan Reynolds usou um suéter ridículo e transformou uma brincadeira em um gesto de solidariedade

Ryan Reynolds é um dos artistas mais carismáticos do momento. Seja na tela do cinema ou nas suas redes sociais, ele geralmente consegue nos fazer gargalhar com seu humor único. E estamos tão acostumados a ver esse ator tentando nos fazer rir, que podemos esquecer que ele é uma pessoa com defeitos, virtudes e, mais importante, um lado solidário disposto a tornar visíveis fundações que defendem causas nobres, como ajudar crianças com problemas de saúde.

Incrível.club trata, neste post, de uma ação criativa e até comovente desse grande artista. Ele foi vítima de uma pegadinha dos colegas famosos e a transformou em uma bela ação de ajuda ao próximo. Confira só.

Tudo começou com uma brincadeira feita em 2018

Como mencionamos em outro post, Ryan Reynolds gosta de brincar com seus amigos. Mas, em 2018, foi ele quem acabou sendo vítima de uma brincadeira. Seus companheiros, os atores Hugh Jackman e Jake Gyllenhaal, decidiram fazê-lo provar do próprio veneno convidando-o para uma festa cujo tema seria “usar suéteres de Natal engraçados”. E sua surpresa foi grande quando percebeu que era o único no encontro que usava uma peça de roupa ridícula. Ele havia caído em uma pegadinha.

Reynolds foi enganado e o resultado não lhe pareceu nada engraçado, como se pode ver na foto. Mas, longe de ficar envergonhado, ele decidiu compartilhar o momento no Instagram com a frase: “Esses idiotas me disseram que era uma festa de suéteres natalinos”. Ao lado dele, podemos ver Jackman e Gyllenhaal sorrindo vitoriosos. A aliança dos atores contra Ryan havia funcionado. Ou pelo menos era nisso que eles acreditavam até que, um ano depois, o ator tirou o famigerado suéter do armário e a transformou em algo sensacional.

O retorno do suéter

Um ano depois, Reynolds novamente usou a peça de cores vivas com um laço dourado gigante, mas, dessa vez, por uma causa nobre. O ator compartilhou um vídeo que, por meio de animações, conta a história dessa roupa. Você pode ver como, no início, a peça estava em uma loja esperando para ser comprada, mas ninguém a queria porque era “feia”. Até que um dia, um “homem misterioso”, convidado para uma festa de suéteres natalinos, a comprou. Mas esse não é o fim da história: no vídeo, você pode ver a decepção do suéter e de seu dono quando, na festa, percebem que ninguém usava algo parecido.

Ok, é uma animação um pouco fantasiosa do que aconteceu naquela noite, mas uau! O final é diferente, porque quando apontam a câmera para o suéter envergonhado, Reynolds não aparece na foto com a carranca que vimos no Instagram. Em vez disso, o que vemos é o ator vestindo orgulhoso seu suéter, enquanto aparece a frase “toda história de natal merece um final feliz”. Nas últimas imagens do vídeo, você pode ver mais fotos de crianças alegres em um hospital usando réplicas do suéter. Todas foram doadas por Reynolds na esperança de espalhar um pouco de alegria no Natal.

Uma boa causa que busca ajudar as crianças

O vídeo mostra a Fundação SickKids, uma entidade sem fins lucrativos que atua para ajudar crianças doentes. Além de divulgar o trabalho da organização, Reynolds pediu a colaboração do público para que os pequenos que não podem voltar para suas casas tenham a oportunidade de ter um final de ano feliz nos hospitais. Não satisfeito com isso, o ator prometeu doar o mesmo valor recebido pelas doações pré-natalinas à fundação.

Verdade seja dita, essa não é a primeira vez que Reynolds colabora com a entidade. Desde 2016, ele trabalha para divulgar a SickKids, com o objetivo de apoiar a luta contra os maiores desafios da saúde das crianças. “Através de Deadpool, conheci muitas crianças com câncer. Eu sabia que o personagem tinha muitos fãs, por causa dos quadrinhos. Mas simplesmente não sabia que as crianças liam tanto. Elas veem algo maravilhoso no personagem que muda sua percepção da doença, e acho que isso é importante ”, disse o ator em uma entrevista ao explicar seu ativismo pela causa.

Agora, o suéter não parece nada ridículo, até Hugh Jackman o usou

E, como se isso não bastasse, para ajudar a promover a causa, Hugh Jackman concordou em vestir o suéter, do qual havia tirado sarro. Ele publicou a foto em suas redes sociais acompanhada do seguinte texto: “Não acredito que concordei em usar roupas íntimas iguais”. Bem, esperamos que a ideia de usar roupas íntimas não se torne o tema de uma nova campanha de caridade, nesse caso, para o natal de 2020.

Com astúcia, Reynolds soube como transformar uma brincadeira em um final feliz, para que o suéter, que parecia “ridículo”, se tornasse algo especial. Assim, ao divulgá-lo, ele certamente esperava que a solidariedade transformasse aquele começo difícil para crianças doentes nos hospitais em um “final feliz”, como diz o slogan ao final do vídeo publicado.

Quais iniciativas de solidariedade são realizadas em sua cidade durante as festas de fim de ano? Conte-nos e compartilhe nos comentários uma foto ou história com a roupa mais ridícula que você já usou. Talvez seja uma boa hora para tirá-la do armário.

Compartilhar este artigo