Incrível
Incrível

Paulinho, o jogador que quase abandonou o futebol devido aos insultos racistas que recebia

Atualmente, Paulinho brilha em um dos melhores times do mundo, o Barcelona, e é titular da seleção brasileira que vem disputando a Copa do Mundo de futebol na Rússia. Porém, há alguns anos, esse jogador, que atua no meio de campo, esteve prestes a abandonar sua carreira.

O Incrível.club contará para você um pouco mais sobre esse momento difícil.

José Paulo Bezerra Maciel Júnior, mais conhecido como Paulinho, atualmente joga no Barcelona, da Espanha. Entretanto, há algum tempo esse grande atleta pensou seriamente em abandonar sua carreira no futebol.

Paulinho jogou em equipes de três continentes diferentes e foi contratado tanto por grandes clubes (como o Tottenham e o Corinthians) quanto por equipes semiprofissionais.

Em 2006, quando ainda era um adolescente que não havia completado 18 anos, foi contratado por um clube da Lituânia, o FC Vilnius. O jogador aceitou a proposta sem hesitar. Mas as coisas foram difíceis para ele. Além de sofrer as dificuldades do idioma e do frio extremo, o jogador brasileiro foi vítima de insultos racistas dos torcedores de sua própria equipe.

“Você está longe de seu país, de sua família... Além disso, quando você sai para uma caminhada
na rua, há pessoas que começam a imitar macacos e tropeçam em você para procurar uma briga. Então você pensa: eu não preciso passar por essas coisas
", comentou o jogador sobre seu tempo no clube lituano.

Na Lituânia, possivelmente afetado por essas pressão, Paulinho marcou apenas 5 gols em quase 40 partidas. Ele deixou o país e foi jogar em clube polonês, mas também não se adaptou. Entristecido, decidiu deixar o futebol.

De volta ao Brasil, no entanto, ele concordou em jogar pelo Bragantino, que disputava a série B do campeonato brasileiro. Em 2009, chamou a atenção do Corinthians e a partir daí sua sorte mudou: Paulinho tornou-se um dos principais jogadores do clube e conquistou títulos. Na sequência, foi vendido para o Totenham, da Inglaterra, onde ficou dois anos. De lá, foi para a China e, em agosto de 2017, assinou com o Barcelona.

E como se isso não bastasse, tornou-se titular da seleção do Brasil e disputa o mundial da Rússia como um dos titulares do time comandado pelo técnico Tite.

Bônus: Paulinho com sua linda família

Nós, do Incrível.club, estamos contentes que a sua sorte mudou, Paulinho!

Qual sua opinião? O que você diria ao Paulinho se tivesse a oportunidade de conversar com ele? Conte para nós nos comentários!

Imagem de capa paulinhop8 / Instagram
Incrível/Gente/Paulinho, o jogador que quase abandonou o futebol devido aos insultos racistas que recebia
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos