Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Com apenas 13 anos, menino brasileiro cria sistema de energia para abastecer a comunidade onde morava

Estamos tão acostumados com os benefícios e as facilidades proporcionados pela energia elétrica que muitas vezes nos esquecemos de que muita gente simplesmente não tem acesso a ela. Mesmo com todos os avanços ocorridos nessa área, estima-se que no Brasil em torno de 1 milhão de pessoas ainda vivam sem acesso à energia.

Mas, o Incrível.club descobriu um menino de apenas 13 anos que não se conformou com a sua realidade nem com a das pessoas que vivem à sua volta, e inventou o seu próprio sistema de captação de energia solar para abastecer sua casa e todas as outras da comunidade. Fique com a gente e não perca essa história inspiradora!

Como tudo começou

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Rogério Gonçalves, hoje com 14 anos, ficou conhecido como o “Gênio da Lâmpada” pelas pessoas da região, quando aos 13 anos de idade teve a ideia de criar um sistema de captação energia depois de sua irmã mais velha, que ele não chegou a conhecer, morrer vítima de um incêndio causado por uma vela. Porém, o empurrão que faltava para ele desenvolver a tecnologia veio após a família se mudar para Sidrolândia (MS), mais especificamente para o assentamento Jatobá.

A família, que até então possuía energia elétrica, se viu sem esse recurso básico. Rogério, preocupado com a própria segurança, com a da família e a dos vizinhos, prometeu para a mãe que instalaria luz na casa. E não demorou muito para que cumprisse a promessa. Só que, aí, veio um desejo maior: ajudar o próximo. O objetivo? Oferecer luz para os quase 200 barracos da comunidade.

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Como funciona o sistema

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Foi a partir de sucata que Rogério conseguiu os materiais para desenvolver o seu sistema: sempre que encontrava lâmpadas jogadas fora, rádios, lanternas, celulares ou qualquer outro item em que pudesse colocar as suas habilidades e o seu potencial criativo em prática, levava para a sua oficina.

No começo, ele trabalhava com ferramentas improvisadas — que ele mesmo criou com raios de bicicleta. Hoje, com o apoio de algumas pessoas da região, já possui materiais um pouco mais sofisticados para pôr em prática suas ideias.

Os sistemas de energia normalmente são feitos com os materiais de que o menino dispõe no momento; por isso algumas das casas do assentamento contam com energia solar. Outras, com energia obtida a partir de baterias de celular ou de carrro/moto.

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Em recente aparição em um programa da Globo, o garoto contou que em torno de 60 casas já contam com a iluminação produzida a partir de seus sistemas. Essencialmente, ele utiliza placas solares, diodos (que são dispositivos simples, seguros e acessíveis que funcionam como condutores de energia) e baterias de celular.

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Rogério é tão inventivo que a partir de um tablet, produziu a sua própria televisão

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Empreendedor, ele ainda desenvolveu uma caixa de som com sucatas que fica acoplada à sua bicicleta e vende anúncios para empresários da cidade

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Ao percorrer as ruas com os anúncios, o pequeno “gênio da lâmpada” utiliza um GPS que ganhou e consertou. Com isso, consegue comprovar aos contratantes aspectos como a distância percorrida e o tempo que ficou parado. Foi assim que o jovem despertou a atenção do empresário Diego Pavei, que ao procurar saber mais sobre sua história, ficou surpreso com a forma criativa e inteligente com que superou todos os desafios. Por isso, Pavei decidiu levá-lo para participar de uma palestra de empreendedores na capital do Estado.

Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club

Desde então, Pavei se tornou amigo da família e um dos maiores incentivadores do rapaz. Com sua ajuda, a família conseguiu se mudar para um imóvel melhor, mas ainda sonha com a casa própria — existe até uma campanha em um site de crowdfunding (“vaquinha virtual”) para ajudar na missão.

Em uma conversa a equipe do Incrível.club, o empresário contou que Rogério recebeu, recentemente, o contato de um engenheiro que tem um projeto para criar um carro autossuficiente, com capacidade de andar a até 40 km/h. O garoto teria sido consultado para ajudar a pensar numa forma de desenvolver o ambicioso projeto. Segundo o Pavei, Rogério ainda não decidiu que carreira irá seguir. Ele já sonhou em ser veterinário (gosta muito de bichos), cientista e engenheiro.

Mas, pouco a pouco, a trajetória do garoto vai ficando conhecida e conquistando simpatizantes e apoiadores. Um dos últimos foi o apresentador Luciano Huck, que contatou a ONG Litro de Luz (focada em levar iluminação pública para lugares que ainda não possuem). Com a ajuda da entidade, Rogério conseguiu realizar um dos seus grandes objetivos: o de iluminar as ruas da comunidade. Juntos, eles instalaram postes de luz pelas ruas do assentamento.

Rogério e o seu irmão ainda ganharam uma bolsa para estudar no Mackenzie, instituição de ensino bastante conhecida e tradicional de São Paulo; porém a família ainda está decidindo o que fazer em relação a isso.

Seja como for, a mente criativa de Rogério vai desbravando fronteiras, abrindo caminhos e, mais importante, ajudando as pessoas com aquilo que muita gente descarta. O jovem já conseguiu conquistar muita coisa e mudar a vida de uma comunidade inteira. Seu espírito altruísta, sua inteligência e perspicácia são riquezas que não podem ser mensuradas, mas que sem dúvida alguma fazem desse menino um tesouro.

De nossa parte, torcemos por um mundo com mais pessoas como o Rogério e com mais oportunidade para gente criativa e generosa como ele.

E o que você achou dessa inspiradora história?

Não deixe de contar para a gente aqui nos comentários qual é a sua opinião. E, se conhece mais casos como o de Rogério, conte para nós!

Imagem de capa Cortesia de Diego Pavei ao Incrível.club