Incrível
Incrível

A história da mulher que aprendeu a defender suas opiniões perante o namorado

No começo dos relacionamentos amorosos, geralmente os pombinhos passam pela fase de enxergar mais as qualidades do que os defeitos da cara-metade. Contudo, à medida que o tempo passa e as pessoas vão se conhecendo melhor, muitas vezes notamos que nem tudo é o que parece. Como forma de retratar tal situação, recorremos ao relato de uma internauta. Cansada de ser explorada financeiramente pelo namorado, ela resolveu pedir a outros usuários da web conselhos sobre como lidar com seu caso.

Sabemos que, em determinadas situações, é difícil negar ajuda às pessoas mais queridas, incluindo pais, irmãos e parceiros. Porém, nem sempre dar a ajuda requisitada é a solução para o problema. Caso a outra pessoa já tenha dado sinais de ser irresponsável com dinheiro ou ultrapassado limites financeiros estabelecidos, tal ajuda pode acabar enfraquecendo bastante o relacionamento.

A seguir, continuamos com a história desta mulher:

Nós, do Incrível.club, refletimos sobre a situação apresentada e coletamos algumas ideias que podem ser úteis para quem enfrenta a irresponsabilidade de um parceiro economicamente manipulador.

  • Conheça seus direitos. Além de conhecê-los, você deve ser capaz de identificar quando seus direitos estão sendo violados. Desde que não haja prejuízo a outras pessoas, temos todo o direito de defender a nós mesmos e aos nossos ideais. E entre os nossos direitos estão o de estabelecer nossas próprias prioridades e de dizer “não” sem que isso provoque uma sensação de culpa.
  • Evite a personalização e a tendência de culpar a si mesma. Ter uma sensação de inadequação ou querer se culpar por não satisfazer o outro é normal, desde que aconteça só de vez em quando. Em situações assim, é importante lembrar que você não é o problema. A questão é que podemos estar sendo manipulados para nos sentirmos mal conosco, o que facilita para o manipulador a tarefa de se apossar do nosso poder e dos nossos direitos.
    Para identificar melhor a situação, você pode fazer a si mesma algumas perguntas como: “As expectativas e exigências dessa pessoa ao meu respeito são razoáveis?” ou “Esta relação é realmente uma via de mão dupla?”.
  • Volte as atenções para o outro, fazendo-o refletir. É possível que a outra pessoa faça pedidos (ou exigências) que requerem de você grandes sacrifícios. Por isso, quando alguém te fizer um pedido que pareça irracional, tente voltar as atenções ao seu interlocutor, fazendo perguntas que promovam reflexões e faça-o notar o quanto aquela situação é inoportuna.
  • Leve seu tempo. Muitas vezes, as pessoas esperam de nós uma resposta imediata aos seus pedidos, apostando no aumento da pressão e do controle sobre a situação. Caso sinta incômodo diante do que foi requisitado, não hesite em se distanciar um pouco e levar o tempo necessário pensando se deve ou não atender ao pedido.
  • Aprenda a dizer “não” de forma diplomática, porém firme. Ao fazê-lo, você não só mantém seu posicionamento como também preserva o bom relacionamento com a pessoa que teve o pedido negado.

O que você faria se estivesse na pele desta internauta? Que limites costuma estabelecer em relação a pedidos feitos por outras pessoas?

Imagem de capa Theotrics536 / Reddit
Incrível/Gente/A história da mulher que aprendeu a defender suas opiniões perante o namorado
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos