Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Relatos de internautas que precisaram de um tempo a mais para entender o que para outros pode ser óbvio

O óbvio nem sempre é interpretado da mesma forma e com a mesma rapidez por todos. Afinal, para alguns, a sua simplicidade pode aparentar complicada e confusa, demandando um certo tempo para que seja compreendida — que pode ser dias, meses ou até anos. Fatos simples para alguns que podem ser descobertas gigantes para outros são o tema deste post.

Nós, do Incrível.club, adoramos relatos divertidos, e achamos que compartilhar descobertas, por mais simples que sejam, pode ajudar outros que ainda não chegaram à mesma conclusão. Acompanhe!

  • Segue o relato de como descobri o que sou. Uma vez, uma empresa local realizou um serviço para mim. Quando concluído, fui até o escritório da companhia e paguei o seu valor integral. Depois disso, o gerente veio e me disse:
    — Qualquer coisa entre em contato com a gente. Você é uma pessoa normal, podemos fazer o serviço completo por 65% do valor total.
    — Como assim? Vocês vão perder dinheiro, não?
    — Ah, não vamos perder nada. Cobramos 100% do valor do serviço apenas para os bobos.
    Fiquei ali parado olhando o meu recibo pago em mãos e na hora entendi quem eu era para a empresa... © DimaVershinin / Pikabu

  • Eu sempre via os mesmos ideogramas em chinês nas placas e letreiros na frente dos restaurantes na China e ficava me perguntando o seu significado. Semana passada finalmente descobri: eles significam “restaurante”. © TiredOstrich / Reddit

O símbolo que indica “ligar” é um traço vertical, e o que indica “desligar”, um círculo. Mas se há apenas um botão para ambas as funções, então os símbolos se juntam em um só.

  • Eis como tudo aconteceu. Algumas semanas atrás eu toquei na pata de um gato e comecei a rir como se fosse um louco. Acontece que eu finalmente havia entendido que os gatos têm dedinhos. Ah, e os coelhos e muitos outros animais também têm dedos nas patas, mesmo que à sua maneira. © Tinymaffy / Reddit

  • Quando eu era criança, minha mãe me disse que meu coelho Rosie tinha ido morar em uma fazenda. Muito tempo depois, já com 20 e poucos anos, estava assistindo o episódio do seriado Família Soprano onde todos riem de Tony quando ele descobre que seu cachorro, na verdade, nunca tinha ido morar em uma fazenda. E foi assim que eu descobri a verdade sobre o que aconteceu com o meu antigo coelho...© tweak0 / Reddit
  • No meu prédio novo, as pessoas costumam deixar móveis, louça, eletrodomésticos e qualquer objeto que não queiram mais no lobby para que outros moradores interessados possam utilizá-los, em vez de jogá-los diretamente no lixo. Uma vez, peguei um conjunto de pratos, talheres, uma vassoura, pá e uma luminária de chão. No dia seguinte, ao voltar do trabalho, vi que havia coisas novas no lobby e uma mulher em pé ao lado delas:
    — Ontem peguei alguns objetos. Por que você jogou tantas coisas boas fora?
    — Na verdade, estou apenas me mudando.
    — Ah, uma pena que você está indo embora. Espero que goste do seu novo apartamento.
    E fiquei esperando o elevador me sentindo satisfeito e pensando: “Nossa, como eu sou um vizinho agradável”. Mas só depois de um ano que finalmente entendi tudo. A mulher tinha levado suas coisas para o lobby para poder transportá-las na mudança. Digo com sinceridade, fiquei muito envergonhado. © kolakovskijj1 / Pikabu

  • Como uma criança bastante sociável, tagarela e bastante aberta, eu simplesmente amava cantar. E eu fazia isso sempre que podia, especialmente quando estava no caminho para algum lugar. As músicas podiam ser sobre tudo ao meu redor. Hoje, já adulta, finalmente entendi o porquê que minha mãe sempre comprava 3 pirulitos para mim quando pegávamos um ônibus para algum lugar. Um para ficar chupando e manter minha boca fechada, e os outros para guardar em cada mão e assim mantê-las ocupadas, impedindo que tirasse o pirulito da boca. Eis aí um bom lifehack. © oo0O0oo / Pikabu

  • Estava olhando para a minha esposa através do espelho e perguntei a ela se conseguia me ver. Ela respondeu que sim. Fui um pouco para o lado, olhei novamente para ela no espelho e perguntei: “E agora?” Então, ela disse: "Você sabe que se você pode me ver no espelho então eu também posso te ver, não é? Isso é tão óbvio, mas ainda assim me deixou bastante confuso na hora. © WannieTheSane / Reddit

  • Claro, eu tinha noção de que as histórias dos desenhos da Disney estavam interligadas entre si, mas não a esse ponto. Minha vida nunca mais vai ser a mesma. O Capitão Gancho matou a mãe da Ariel. Os pais de Anna e Elsa morreram no caminho para o casamento da Rapunzel. Jane, da história de Tarzan, é a neta da Bela e da Fera. E o próprio Tarzan é irmão de Anna e Elsa. © loly_holy_ / Twitter
  • Recentemente descobri que tenho alergia à cenoura. Antes, pensava que todo mundo ficava com a boca dormente quando a comia, exatamente como acontece quando comemos amêndoas. E foi assim que percebi que também tenho alergia à amêndoas. © Canwerevolt / Reddit

  • Tudo aconteceu quando eu estava no segundo ano da faculdade. Naquela época, estava conversando com uma garota muito interessante. Uma vez, ela me convidou para ir tomar um chá na casa dela à noite. Ao chegar, como um bom convidado que sou, lhe presenteei com alguns docinhos. Ela então imediatamente me perguntou: “Você veio realmente para beber chá?” Ao que eu respondi com um sorriso envergonhado que sim, e também para jogar conversa fora com ela. Seguimos para a cozinha. A noite foi incrível, ficamos conversando até tarde da madrugada e bebemos várias xícaras de chá. No fim, me despedi dela com o mesmo sorriso envergonhado e fui para casa. E assim seguimos nossa amizade até o fim do curso. Recentemente, analisando minhas memórias, acabei lembrando desse dia e finalmente entendi o que ela tinha me perguntado quando cheguei em sua casa naquela noite... © Tvoi.gospodin19 / Pikabu
  • Quantos anos você tinha quando descobriu que os vampiros não tinham reflexo no espelho porque o responsável por refletir a luz nesse objeto antigamente era uma fina camada de prata em sua superfície? E que nos espelhos modernos seu reflexo é completamente visível? © sti11_gng / Twitter

  • Tinha um senhorzinho que morava no nosso prédio que fazia simplesmente qualquer tipo de serviço que fosse necessário no edifício: lixava aqui, apertava os parafusos ali, desmontava algo acolá. E assim ele seguiu sua vida agitada até falecer. Hoje, depois de recolher os galhos que caíram na frente da entrada do prédio, apertar os ganchos de apoio na parede e tapar os buracos na pintura, percebi que agora eu que sou o novo senhorzinho “faz tudo” do edifício. © shipilev / Twitter
  • Na época, estava viajando com alguns amigos no norte da Rússia. Pela manhã, íamos pescar e voltávamos para o chalé apenas na hora do jantar. Um dia, encontramos uma companhia de amigos sentada ao redor do fogo próximo ao nosso chalé. O grupo era formado por pessoas de mais ou menos a mesma idade que a nossa. Eram dois caras e três mulheres. Os jovens tinham 17 anos e as garotas entre 18 e 19. A gente conversou bastante e acabou fazendo amizade. Até cozinhamos um peixe juntos. E nisso, ficamos lá conversando até o amanhecer. Então, vendo que já estava claro, decidi ir coletar minhocas para pescar mais tarde, e uma das garotas me seguiu e disse:
    — Vou te ajudar a coletar as minhocas. Eu então lhe ensinei a como cortar e enfiar um graveto no chão, balançá-lo usando os joelhos e coletar as minhocas, colocando-as no balde. Só não conseguia entender o porquê de ela sempre pegar na minha mão comemorando toda vez que capturava uma nova isca, como se estivesse me acariciando.
    — Em vez de voltarmos pro chalé, que tal irmos direto para a margem? Podemos pescar um peixe e fazer uma surpresa para todo mundo, ela disse.
    — Mas como vamos pescar? A minha vara de pesca ficou no chalé.
    — Ah, como você é bobo-o-o!
    E só então que eu entendi o que ela quis dizer — ela estava interessada em mim e queria um tempo a sós comigo. Nos falamos até hoje, e já se passaram 30 anos desde então. © Makhmud / Pikabu

“Não tinha a menor ideia de qual era a função desse buraco aleatório na parede da escrivaninha do meu quarto de hotel. Mas, no fim, acho que acabei descobrindo”.

  • Estava andando e reparei em um cara vindo na minha direção. Pensei: “Nossa, como ele é estiloso”. Estava escuro, mas aparentava estar com uma camisa preta longa que ia até o chão e usar alguns colares, eu acho. Mas só depois de um tempo que eu finalmente percebi que ele era, na verdade, um padre. © crmwllwll / Twitter

  • Quando era criança, e sem motivo aparente algum, eu odiava torradas. Na época, minha avó decidiu tentar uma abordagem diferente: ela cortava a torrada em quadradinhos, passava manteiga neles e os chamava de travesseirinhos. Eu simplesmente os comia o tempo todo. Tenho 22 anos e só agora percebi que eles eram nada mais do que torradas. © Cosplaybaby13 / Reddit

  • Quando era pequeno, ficava intrigado para entender o motivo pelo qual Mary, Kate e Ashley eram chamadas de irmãs Olsen, mas apenas duas delas apareciam juntas nos comerciais na televisão. Somente quando tinha 16 anos que descobri que o nome de uma delas era Mary-Kate e então finalmente entendi tudo. © PM_ME__RECIPES / Reddit
  • Um dia, conversando com o meu namorado, contei que achava legal que a escova de dentes elétrica tivesse um temporizador e me alertasse toda vez que passasse do tempo adequado para escovar os dentes. Foi como se tivesse ocorrido um estalo na cabeça do meu namorado — ele entendeu na hora que essas escovas vêm programadas para reduzir a intensidade do movimento automaticamente quando o temporizador marca um tempo determinado. No passado, ele já havia devolvido uma escova de dentes elétrica para a loja por pensar que ela estava com defeito na bateria. © rileyjw90 / Reddit

  • Meu irmão trabalha como taxista. Um dia, ele recebeu um pedido de corrida em um aplicativo e o cliente estava demorando muito para sair de casa. Depois de um tempo, uma mulher na casa dos 30 anos se aproximou e entrou no carro.
    — Eita, o senhor já chegou há muito tempo? Estava esperando na porta, mas aparecia para mim que o senhor estava longe, não estava se mexendo no mapa e o tempo de espera não diminuía. Então, quando decidi verificar na rua, o senhor já estava aqui.
    — Você deveria ter me telefonado para confirmar onde estava.
    — É que não fui eu quem pediu o táxi, mas um colega. Ele apenas capturou a imagem da tela no aplicativo e me enviou.
    Houve uma pausa. Ela finalmente entendeu que havia ficado todo esse tempo olhando para uma foto do mapa do aplicativo, na qual, claro, o carro não se mexia. © IsAlex87 / Pikabu

Que fatos simples do dia a dia acabaram sendo uma grande descoberta para você? Conte para a gente na seção de comentários.

Imagem de capa crmwllwll / twitter