Incrível
Incrível

20+ Internautas revelam suas experiências mais desastrosas na cozinha

Para algumas pessoas, a cozinha pode parecer um laboratório de pesquisa em que uma mistura errada pode resultar em uma experiência desastrosa. Juntar os ingredientes certos e prepará-los em uma receita coerente pode ser uma aventura para muita gente, gerando pratos intragáveis que assustam até os mais famintos. Assim, com o tempo e muitos erros, a tarefa de cozinhar deixa de ser um transtorno, mas as histórias dos desastres culinários são lembradas para sempre.

Nós, do Incrível.club, adoramos ler e contar histórias engraçadas na cozinha. Por isso, coletamos alguns bons relatos sobre experiências culinárias que deram errado. Veja só!

  • Minha sogra é daquelas que coloca Maizena em qualquer receita. Um dia, foi fazer um pudim e colocou a tal Maizena. Quando ficou pronto, não dava nem para cortar de tanta Maizena que ela socou no pudim. Meu marido inventou de jogar fora direto no ralo do chão que ia para o esgoto. Pois bem, umas duas semanas depois, a água da pia não descia e fomos olhar o que era, e adivinha? O tal pudim era tão duro que ainda estava lá, entupindo o ralo. © Mairi Stumpf / Facebook
  • Meus pais e eu fomos convidados para uma feijoada, que seria às 19h. Chegando ao local, a anfitriã não havia nem colocado o feijão para cozinhar. Quando foi colocar, constatou ter comprado amendoim 😂. A essa altura, os convidados mortos de fome, ela resolveu torrar os amendoins no micro-ondas e eles pegaram fogo. Enquanto isso, o marido dela foi ao mercado comprar feijão. Era quase meia-noite quando finalmente fomos comer a tal da feijoada que, além de tudo, ficou salgada, pois, ela não sabia da necessidade de dessalgar a carne. © Vitória Del Monego / Facebook
  • Quando criança, fiz meu primeiro pudim de leite, que deu errado. Para não deixar vestígios, pois não queria que meu pai visse, resolvi jogar tudo fora. Despejei a calda de caramelo no ralo da pia e abri a torneira. Pude ouvir o crac crac da calda endurecendo no cano. Resultado: tive de chamar meu pai e ele ficou muito bravo. O pior foi que, ao querer ajudá-lo para que não ficasse tão nervoso, coloquei a bacia que usava mais perto dele que, sem perceber, acabou pisando nela e molhou a cozinha toda. © Isa Giolo / Facebook
  • Quando eu tinha uns 14 ou 15 anos, ficava sozinha em casa com meu irmão (ele tinha oito ou nove anos). Uma vez, fiz um macarrão talharim que não deu certo. Para meu irmão comer sem reclamar, inventei que era uma receita francesa chamada “macarrão le grudê”. Resultado: ele adorou e me pedia para fazer o macarrão le grudê todas as vezes que eu ia cozinhar. © Gabriela Belém / Facebook
  • Recém-casada, meu esposo resolve comer salsicha com pão, quando senti cheiro de queimado. Em meio a várias frigideiras antiaderentes, ele escolheu uma de inox e colocou as salsichas sem nenhum tipo de gordura. Levou três dias para limpá-la. © Lucivania Barbosa / Facebook
  • Já fiz muita receita que deu errado, mas acredito que uma das piores foi uma torta de limão. A receita pedia “suco de dois limões” e eu fiz um suco, com água e açúcar 😅. Claro que a musse não firmou. Ainda bem que não desisti, logo aprendi e hoje adoro fazer essa sobremesa, mas que deu vontade de chorar, deu! © Karen Santaren / Facebook
  • A mãe de uma amiga, que tinha uns oito anos, mandou ela cozinhar feijão para o almoço. Ela fez tudo direitinho, lavou o feijão, colocou água suficiente, mas quando cozinhou, ela achou que estava sujo, que não tinha lavado direito porque estava com uma água marrom. Então, ela tirou o feijão da panela e lavou até acabar a “sujeira”. © Moni Carmo / Facebook
  • Uma vez, quando era bem pequena, eu queria fazer um doce, não me lembro qual exatamente. Perguntei para minha mãe como fazia e um dos ingredientes era bolacha de água e sal. Eu, inocentemente, pensei que fosse bolacha, água e sal. Ficou uma gororoba líquida com achocolatado, água, bolacha e sal. © Cristina Martins / Facebook
  • Quando criança, devia ter uns dez anos, eu e uma prima inventamos de fazer um suspiro. Compramos os ovos e seguimos a receita do livro que minha mãe tinha. Colocamos os 12 ovos, 1 kg de açúcar e batemos tudo. Virou uma omelete doce. Colocamos para assar e não virava suspiro (olha a ideia), nunca aquilo ia virar suspiro. Jogamos tudo fora e ficamos decepcionadas por não ter acertado! © Paula Adriana Gagliardi / Facebook
  • Uma vez, minha mãe fez bolo de mandioca e quando tirou aquele bolo lindo do forno, viu as mandiocas em cima da pia. Ela se esqueceu de colocá-las e ainda botou a culpa em mim, porque fiquei falando na cabeça dela e a desconcentrei. © Sandra Vitória / Facebook
  • Quando fui conhecer a família do meu marido, eles marcaram um passeio e a viagem de volta era um pouco longa. Como estava tarde e todo mundo cansado, resolvi fazer um macarrão. Na casa tinha um potinho de tempero baiano. Resolvi colocar um pouco desse tempero no molho, mas peguei o pote errado, que tinha canela em pó, que era igualzinho ao outro, até da mesma cor. Suponho que pelo cansaço nem senti o cheiro da canela. As crianças não comeram o macarrão, tadinhas, preferiram dormir com fome. Meu esposo comeu e depois me disse que pensou ser uma comida diferente, chique. Eu comi umas duas colheradas, estava horrível. © Moni Carmo / Facebook
  • Quando eu tinha 12 anos, fiquei encarregada de fazer o almoço para meu pai e irmãos, então fui fazer pastel. Estava tão nervosa na cozinha que me esqueci de tirar o plástico que vem na massa. Fritei assim mesmo e não comentei o ocorrido. Como não nada aconteceu, uns 20 anos depois, tive coragem de contar. © Janaína Scricco / Facebook
  • Um dia, resolvi fazer um bolo de café, mas não sabia que para esse tipo de bolo se usava café solúvel. Então, fui à cozinha e passei um café bem forte, porque achei que ficaria mais gostoso. Usei tudo o que precisava para fazer o bolo, mas na hora do leite, substitui pelo café e pus para assar. O bolo ficou muito cheiroso e cresceu. Desenformei, estava tudo cooperando para o bem, até eu tentar cortar uma fatia. A faca simplesmente não entrava. Furamos o bolo com a faca e o martelo de bife, mas só conseguimos furar 😂. Eu, com medo da minha avó brigar, joguei o bolo na rua. O cachorro chegou próximo, cheirou e foi embora 😂. Foi um bolo tenso demais. © Lorena Pizzotti / Facebook
  • Uma vez, fiz um bolo de milho e, sinceramente, não percebi que deixei cair algumas cascas de ovo dentro. Depois de pronto, percebi algo diferente no aspecto, mas achei que era milho. O fato é que o bolo estava bom, apenas um pouco crocante. © Calina Ligia / Facebook
  • Uma vez, quando criança, fui tentar fazer um mexidão (arroz e feijão requentados com ovos mexidos). Então, coloquei o arroz e o feijão em uma panela e quebrei quatro ovos no meio. O resultado foi um bloco de comida duro. Eu não sabia que o correto era fazer os ovos mexidos antes e só depois colocar o arroz e o feijão. © Nilton Ribeiro / Facebook
  • Uma vez, fui à casa do crush e resolvi mostrar meus dotes culinários. Fiz uma macarronada, porém, confundi o sal com o açúcar e nem me dei conta. Ele comeu tudo e disse que estava ótimo. Dias depois, quando voltei lá, fui fazer café e perguntei “cadê o açúcar?”, ele me apontou o pote e foi aí que percebi ser o mesmo pote que tinha o sal, no dia anterior. © Yonne Pereira / Facebook

Realmente, tem gente que não se dá bem na cozinha, não é? Você tem alguma história divertida de uma receita que deu errado? Deixe o seu comentário!

Incrível/Gente/20+ Internautas revelam suas experiências mais desastrosas na cozinha
Compartilhar este artigo